UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Palestrantes

Você está em: II Seminário Internacional > Palestrantes

Gérard Bensussan (Université de Strasbourg)

Professor de Filosofia da Universidade de Estrasburgo. Especialista no idealismo clássico alemão e na filosofia judaica, teve a iniciativa de fundar o Parlamento dos Filósofos de Estrasburgo. Membro de vários centros de pesquisa na França e no exterior, seus campos de trabalho e pesquisa são a filosofia alemã e suas relações com o pensamento judeu de língua alemã, por um lado, e, por outro, com a filosofia contemporânea, especialmente francesa. Traduziu para o francês obras de Friedrich Wilhelm Schelling, Franz Rosenzweig, Ludwig Feuerbach e Moses Hess. É autor de várias centenas de artigos publicados em jornais franceses e internacionais, além de muitos livros, alguns traduzidos para alemão, japonês, italiano, português e espanhol.

 

Dilip Loundo (UFJF)

Doutor em Filosofia Indiana pela Universidade de Mumbai (Índia), pós-doutor em Filosofia Indiana pela UFRJ, mestre em Filosofia da Ciência e da Técnica pela UFRJ, pós-graduado lato sensu em Sânscrito pela Universidade de Mumbai (Índia), bacharel em Ciências Sociais pela UFRJ e bacharel em Ciências Econômicas pela UERJ. É professor adjunto do Departamento de Ciência da Religião da UFJF e coordenador do Núcleo de Estudos em Religiões e Filosofias da Índia (Nerfi-CNPq) do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Religião da UFJF. Foi professor visitante (Shivdasani Fellow) do Oxford Centre for Hindu Studies da Universidade de Oxford (Reino Unido) e da Faculdade de Línguas, Literatura e Estudos Culturais da Universidade Jawaharlal Nehru de Nova Delhi (Índia). É ex-professor de Filosofia da UFRJ e ex-ocupante da Cátedra do Itamaraty de Estudos Indo-Brasileiros (Leitorado) na Universidade de Goa (Índia). Atua nas áreas de Filosofia e Religião da Índia, Literatura Sânscrita e Diálogo Intelectual Brasil-Índia, com ênfase nas seguintes temáticas: (i) Upanisads e Advaita Vedanta; (ii) Brahmanas e Mimamsa; (iii) Budismo Mahayana; (iv) tradição estética na literatura sânscrita; (v) presença da Índia na literatura brasileira.

 

Joaquim Monteiro (UFPB)

Tem bacharelado em Psicologia pela Universidade Santa Úrsula (1983), mestrado em Budismo Chinês pela Universidade de Komazawa (1997) e doutorado em Budismo Chinês pela mesma universidade (2001). Pesquisa na área de Teologia, subárea Budismo, atuando principalmente nos seguintes temas: Budismo Chinês (traduções de Kumarajiva, Satyasiddhisastra, Escola dos Três Tratados, Abhidharma, Yogacara), Budismo da Terra Pura (China e Japão), Filosofia Japonesa Moderna e Contemporânea (Escola de Quioto, Budismo Crítico) e Pensamento Extremo Oriental Moderno e Contemporâneo (Yin-shun, Escola Chinesa de Estudos Internos). Atuou como professor do Programa de Pós-Graduação em Ciências das Religiões da Universidade Federal da Paraíba entre 2013 e 2017. Dedica-se à tradução de textos da filosofia japonesa moderna e contemporânea, assim como à literatura do Abhidharma Sarvãstivãda em Mandarim.

 

Ana Matoso (Universidade de Lisboa)

Ana Matoso é professora assistente da Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa e membro do Centro de Pesquisa da Universidade para Comunicação e Cultura (Cecc). Após a licenciatura em Línguas e Literaturas Modernas, Português e Inglês (1998), obteve o mestrado em Teoria da Literatura em 2005 e o doutorado em 2012 (pela Universidade de Lisboa), com uma dissertação sobre Tolstói e Wittgenstein. Seu principal interesse de pesquisa diz respeito, em geral, às relações entre literatura, filosofia e religião e, em particular, à produção literária de Tolstói, bem como à sua filosofia de arte e filosofia moral. É membro da BSA (Sociedade Britânica de Estética). Traduziu autores como Robert Louis Stevenson, Jonathan Lethem, Eudora Welty, David Leavitt, George Steiner, Rachel Cusk, Sergei Eisenstein e atualmente está traduzindo, em colaboração, as memórias de Nadejda Mandelshtam.

 

Aurora Bernadini (Universidade de São Paulo)

Tem graduação em Língua e Literatura Inglesa pela Universidade de São Paulo (1963), graduação em Curso livre de língua russa pela Universidade de São Paulo (1966), mestrado em Letras (Língua e Literatura Italiana) pela Universidade de São Paulo (1970), doutorado em Letras (Literatura Brasileira) pela Universidade de São Paulo (1973). É professora titular do DLO-FFLCH da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Teoria e Crítica Literárias, atuando principalmente nos seguintes temas: Teoria e Crítica Literárias, Literatura Russa, Literatura Italiana, Literatura Comparada e Teoria da Narrativa, Semiótica Russa.

 

Susan McReynolds (Northwestern University)

Doutora em Literatura Comparada pela Harvard University. Professora de Literatura Russa no Departamento de Línguas e Literaturas Eslavas da Northwestern University. Seus principais temas de pesquisas são Tolstói e Dostoiévski, literatura russa e filosofia russa e alemã; nacionalismo, antissemitismo e religião nos séculos XIX e XX. Autora de Redemption and the Merchant God: Dostoevsky’s Economy of Salvation and Antisemitism (Northwestern UP, 2008). Editou e revisou a tradução de Os Irmãos Karamazov (Norton Critical Edition, 2011). http://www.slavic.northwestern.edu/people/faculty/mcreynolds-susan.html.

 

Priscila Nascimento Marques (Universidade de São Paulo)

Realiza estágio pós-doutoral na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH-USP), com pesquisa sobre a obra inicial de L. S. Vygótski. Bacharel e licenciada em Psicologia pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (2006), mestre e doutora em Literatura e Cultura Russa pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH-USP). Realiza pesquisas na área de Literatura e Cultura Russa, com ênfase na Psicologia da Arte de L. Vygótski e traduções de literatura russa.

 

Jimmy Sudário Cabral (UFJF)

Professor no Departamento de Ciência da Religião e no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Religião da Universidade Federal de Juiz de Fora. Doutor em Teologia pela PUC-Rio e Université de Strasbourg (2012), sua tese versa sobre religião e tragédia no pensamento de Dostoiévski. Coordenador do Núcleo de Estudos da Religião em Dostoiévski e Tolstói (Nerdt). Atuou como visiting scholar no Department of Slavic Languages and Literatures, Northwestern University (dezembro/2016 a março/2017; no Department of Slavic Languages and Literatures, Boston College (janeiro/2018 a junho/2018. Realizou estágio de pós-doutorado no Institute of Russian Literature (Pushkinskij Dom), Russian Academy of Sciences (S. Petersburgo, Rússia). http://www. pushkinskijdom.ru/. (junho/2018 a março/2019). Atua principalmente nos seguintes temas: Religião, Filosofia e Arte em Dostoiévski e Tolstói; Niilismo e Literatura Moderna. É autor de Bíblia e Teologia Política (Mauad, 2009) e organizador da obra Finitude e Mistério – Mística e Literatura Moderna (PUC-Rio-Mauad, 2014).

 

Alexandre Marques Cabral (UERJ)

Professor no Departamento de Filosofia da UERJ. Graduou-se em Filosofia e Teologia. Concluiu o mestrado em filosofia na UFRJ/IFCS em 2005, e doutorado em Filosofia, na UERJ, em 2011. Desde 2010 é professor do Departamento de Filosofia do Colégio Pedro II e, desde 2012, professor adjunto do Departamento de Filosofia da UERJ. Até o momento, publicou 11 livros de Filosofia e Teologia e diversos artigos em revistas especializadas. Desenvolve pesquisas na área de Filosofia da Religião, com ênfase em Santo Agostinho, Mestre Eckhart, Lutero, Nietzsche, Heidegger e Lévinas.

 

Alex Villas Boas (Universidade Católica Portuguesa)

Investigador Principal, membro da Diretoria e responsável pela coordenação científica do CITER – Centro de Investigação em Teologia e Estudos de Religião da Universidade Católica Portuguesa (UCP), em Lisboa (2019-2024). Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Teologia da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC PR), dos anos de 2017-2019. Bolsista Produtividade da Fundação Araucária de Apoio e Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Paraná. Professor Livre Docente na área de Teologia do Programa de Pós-Graduação em Teologia (PPGT) e do Programa de Pós-Graduação em Direitos Humanos e Políticas Públicas (PPGDH) na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC PR). Professor visitante: Doutorado em Estudos Literários da Universidade de Aveiro (Portugal), Faculté de théologie et sciences religieuses – Université Laval (Canadá), Doutorado em Humanidades da Universidade Católica de Moçambique (UCM), Programa de História e Teoria Literária da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Livre Docente em Ética Teológica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC SP). Pós-doutorado em Teologia pela Pontificia Università Gregoriana de Roma (PUG), com a pesquisa sobre Exercícios Espirituais de Santo Inácio de Loyola entre Karl Rahner e Hans Urs von Balthasar. Doutor em Teologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC Rio). Mestre em Teologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC SP). Líder do Grupo de Pesquisa Teopatodiceia: Espiritualidade, Cultura e Práxis (CNPq). Editor da Teoliterária Revista Brasileira de Literaturas e Teologias. Membro da Diretoria da Sociedade Brasileira de Teologia e Ciências da Religião (SOTER). Presidente da ALALITE – Associação Latino Americana de Literatura e Teologia (Seção Brasil). 

Núcleo de Estudos da Religião em Dostoiévski e Tolstói