UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Análise do gradiente de lagos da América do Sul

Data: 24 de julho de 2015

   Lagos rasos são os recursos naturais de maior importância social e econômica para inúmeras populações do mundo inteiro, incluindo grandes partes da América do Sul. Uma propriedade marcante destes ecossistemas é a tendência de estarem em um dos dois estados contrastantes: estado claro, dominado por vegetação aquática submersa, ou estado túrbido, dominado pelo fitoplâncton. Este último estado tem reduzido a diversidade biológica, além de gerar vários problemas de qualidade da água.

   Uma importante questão ainda não resolvida é o impacto potencial de um clima mais cálido sobre as chances de que lagos rasos passem para o estado túrbido. Existem razões para esperar um grande impacto climático sobre estes ecossistemas. Sabe-se, por exemplo, que condições mais cálidas têm um grande efeito sobre a cascata trófica a partir de peixes para fitoplâncton.

   O objetivo do projeto de pesquisa é estudar os efeitos da temperatura média e de extremos climáticos sobre o risco de lagos rasos tornarem-se túrbidos. A América do Sul oferece uma excelente oportunidade para estudar uma séries de lagos rasos comparáveis ao longo de um extenso gradiente climático, estando exposta, ainda, a flutuações climáticas extremas, frequentemente relacionadas com o evento El Niño.

   A fim de verificar as hipóteses relacionadas ao objetivo do projeto, são coletadas informações sobre o estado atual e a história de 100 lagos ao longo de um gradiente latitudinal na costa leste da América do Sul, bem como as condições climáticas de cada região.

 

Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

 

Integrantes:

 Raquel Fernandes Mendonça | Coordenadora

Fábio Roland

Sarian Kosten

Gissell Lacerot

Nestor Mazzeo

Vera Huszar

Marten Schefer


Financiador(es):

Banco de Seguros del Estado – Auxílio financeiro

Kosten Watersport bv. – Auxílio financeiro

NWO – WOTRO Science for Global Development – Auxílio financeiro

Schure-Beijerinck-Popping Fund – Auxílio financeiro

The National Geographic Society – Auxílio financeiro

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – Auxílio financeiro