UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Livro de aluno do João XXIII participa de Feira de Autores Mirins na Itália

Data: 24 de junho de 2020

O livro de história em quadrinhos “Memento Mori” publicado pelo aluno German dos Santos Bezerra  foi escolhido pela editora Guismofews para participar da Feira de Autores Mirins de Bologna, Itália,  uma das mais prestigiadas do setor.

A “Bologna Children’s Book Fair” é considerada o principal evento profissional dedicado à indústria de publicações infantis, atraindo cerca de trinta mil visitantes de mais de 80 países.

O livro conta a história de Jorbim e Joana, habitantes de Ancelã, um mundo onde seres diferentes vivem com humanos, e a magia flui em todos os seres vivos. Joana é uma garota humana de 13 anos que acompanha Jorbim, o filho de um demônio e de uma guerreira humana. Esses dois errantes vivem aventuras em que suas vidas são colocadas em risco todos os dias, mas o real perigo que têm de lidar é o preconceito e a ignorância dos habitantes.

WhatsApp Image 2020-05-20 at 17.13.37 (1)German explica que começou a história sem um roteiro pré-definido, em 2017, mas depois de ter o volume zero pronto, começou a pensar no que queria para a história e os temas que ela abordaria. Sobre a formação artística que recebe, destaca a qualidade dos professores: “O Colégio de Aplicação João XXIII tem professoras e professores muito bons, que estimulam os alunos a se expressarem artisticamente de maneira livre e real, sou muito agradecido por ter tido a chance de ser aluno deles”.

 

A mãe de German, e professora do Colégio de Aplicação João XXII, Carolina Bezerra, explica que o pré-lançamento do livro aconteceu durante a feira, mas o lançamento deverá ocorrer na escola, quando retomar as atividades. “Eu considero uma conquista coletiva de muitas pessoas, não temos dúvida de que o German é muito talentoso, mas acredito que todas as crianças podem se desenvolver plenamente de acordo com todos os seus talentos e todas as suas possibilidades de crescimento intelectual, emotivo, cognitivo, lógico-matemático, artístico, estético, etc. A forma como sempre estimulei e incentivei os meus filhos a se expressarem por meio das diferentes linguagens, é a mesma que utilizo no meu trabalho cotidiano com os meus educandos, partindo do universo e da compreensão de mundo deles e ao mesmo tempo ampliando as suas referências simbólico-culturais, potencializando que cada um se encontre e descubra os seus interesses e a maneira como se realiza e se expressa através das diversas linguagens. É nessa educação que eu acredito.”, afirma Carolina.

 

Para a equipe de docentes das disciplinas de Artes do João XXIII, as qualidades artísticas do aluno do 8° ano já eram conhecidas e reconhecidas desde o primeiro ano do Ensino Fundamental.

German 1“German é um aluno interessado na produção artística desde o 1° Ano Fundamental, na verdade até antes disso, já que já em suas primeiras aulas já demonstrava um repertório obtido em suas próprias experiências. Nas aulas de Artes sempre foi um aluno muito interessado em todas as modalidades vivenciadas. Por compartilhar com ele o interesse por Histórias em Quadrinhos, tive o prazer de ser sempre procurado por ele para avaliar suas criações. Essa conquista do aluno é motivo de muito orgulho não só para toda equipe de Artes mas para toda escola”, afirma o professor Frederico Crochet.

“Eu fui professora dele no 2° e 3° ano do Ensino Fundamental. Desde muito novinho ele já manifestava o interesse não somente pelo desenho, mas pelas manifestações artísticas em geral. Fico muito feliz com essa conquista, sigo a evolução dele de perto ao acompanhar sua página no Instagram. O mérito de uma conquista dessa para um garoto tão jovem é total dele e da família que o incentivou desde sempre”, destaca a professora Renata Caetano.

 “O ensino de arte que praticamos é aquele que todas as crianças são protagonistas de seus processos de criação. Sendo autores e autoras nas mais diferentes experiências artísticas, explorando diversas materialidades, inspirados por hábitos de artistas, nossos estudantes têm a oportunidade de descobrir suas próprias habilidades e daí, nascem projetos incríveis como o de German. Ele demonstrou, desde muito pequeno, um amor pela arte, um encantamento pela caneta nanquim. Um desenhista inquieto, criativo e observador do mundo”, reconhece a professora Andréa Senra.

“O German é um menino de alma artista. Desde pequeno mostrou sua criatividade e sua percepção aguçada das coisas que o cercam. A arte o levou a se expressar lindamente criando um mundo paralelo onde pudesse entender e questionar o mundo real”, entende a professora de artes visuais, Nati borba.

Para a Diretora Geral do João XXIII, Eliete Verbena, “experiências como estas são diferenciais na formação de nossos estudantes que são estimulados ao crescimento, à criatividade e à criticidade”.

O livro de German já está disponível no catálogo da editora, em:

 https://guismofews.com.br/

https://www.pubmatch.com/bcbf/ebookReader/lookinside/344411.html#page/1