UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Mapas e Projetos

Você está em: Publicações > Mapas e Projetos

Pesquisa: Rafael Laguardia

Dos dízimos à demarcação de terras: geoprocessamento aplicado a módulos rurais (Juiz de Fora, séculos XVIII-XIX)

Resumo

O principal objetivo deste trabalho é discutir em que medida os aspectos físicos e geográficos condicionaram o processo de uso e ocupação do solo no período que compreende o início do século XVIII até a primeira metade do XIX, no antigo território da Freguesia “Caminho Novo”, identificando as vantagens competitivas naturais. O estudo conjuga dados físicos e geográficos com informações retiradas de fontes históricas relacionadas com caminhos, sesmarias, produção agrícola e riqueza. Trata-se, portanto, de um estudo essencialmente interdisciplinar. A metodologia busca georreferenciar as informações das fontes históricas, objetivando entender o condicionamento através do cruzamento com as informações geográficas. Por isso, esta pesquisa pode ser classificada como uma pesquisa de análise espacial. Utiliza-se o Sistema de Informações Geográficas, que contribui para a apresentação de uma abordagem de pesquisa denominada História Georreferenciada. A vantagem deste método é a possibilidade de trabalhar o conjunto de informações de uma única fonte ou a partir de diferentes fontes, utilizando temática específica ou ligando-os a outros temas históricos.

Palavras-chave: História Geo-referenciado; Dízimos; Vantagem Competitiva Natural; Minas Gerais; Século XVIII

 

Compartilhar FB



 

Pesquisa: CHRISTIANE MONTALVÃO

COMPOSIÇÃO SOCIAL E DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DOS HABITANTES DE VILA RICA NA DÉCADA DE 1810

 

 

m1

 

 

 

 

 

 

Resumo

 

O objeto desta dissertação é a distribuição demográfica do maior espaço urbano da capitania de Minas Gerais nos primeiros anos do século XIX – a capital da capitania de Minas Gerais, Vila Rica. As fontes sobre as quais se alicerçam esta pesquisa são principalmente o recenseamento da capitania de Minas Gerais de 1804 e o livro de tombos elaborado a partir de 1809. Quanto à metodologia, trata-se de um projeto que envolve o uso de ferramentas ligado aos Sistemas de Informação Geográfica (SIG), com o objetivo de contribuir para uma biografia do espaço.

Palavras chave: Vila Rica, Ouro Preto, Sistemas de Informação Geográfica, mapas, ruas, população.

 

Compartilhar FB

Grupo de Pesquisa em História Econômica – História Quantitativa e Georreferenciada