UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Perfil Profissional

Você está em: Curso > Perfil Profissional

O tipo de saber envolvido nas Ciências Sociais possibilita um amplo campo de desenvolvimento de instrumentos conceituais aplicáveis à interpretação e intervenção na realidade social. Nesse sentido, permite articular criticamente três paradigmas do saber social – Ciência Política, Antropologia e Sociologia – com vistas não apenas ao seu aprofundamento teórico, mas, sobretudo, à experiência de implementar pesquisas e ações que possam ter resultados práticos como, por exemplo: diagnósticos sobre desenvolvimento humano, criminalidade, cultura, comportamento político, mobilidade das classes sociais, entre tantos outros campos que não são compreensíveis sem um adequado delineamento em termos de teoria social. Como função central, o Curso de graduação em Ciências Sociais pretende formar profissionais com espírito crítico para a análise das questões societárias, além de dotar esses agentes de habilidades para intervenção prática nos diversos problemas que reclamam a conjugação de ciência com o discernimento ético, promovendo valores que sustentam a noção de um bem comum compartilhado pelos membros da sociedade brasileira.

A formação de todo cientista depende crucialmente de seu aparelhamento metodológico. Essa proposição requer ênfase no aprendizado e na correta aplicação da teoria social, tendo como meta o aprofundamento do estudo e prática de métodos e técnicas de pesquisa sob um novo ângulo. Daí, a atitude de renovação da prática metodológica através do diálogo crítico entre os enquadramentos dos três paradigmas das Ciências Sociais. Se de um lado temos bem desenvolvido pela Sociologia e pela Ciência Política a manipulação de surveys quantitativos, que envolvem procedimentos amostrais e permitem, em alguns casos, uma relativa generalização das conclusões, de outro, na Antropologia, a dedicação a procedimentos de observação direta e próxima dos fatos relevantes. A observação etnográfica, aliada a técnicas de entrevista, traz um aporte capaz de alterar e adensar a compreensão dos fenômenos sociais. Contra antigos preconceitos de um abismo epistemológico entre estudos quantitativos e qualitativos, a proposta do Curso busca envolver os distintos olhares sobre objetos comuns.