UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Plano de Ensino

Disciplina: ESA069 - MÉTODOS NUMÉRICOS EM RECURSOS HÍDRICOS

Créditos: 4

Departamento: DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA SANITARIA AMBIENTAL

Ementa Estudo de modelos conceituais, matemáticos, numéricos e computacionais visando representar fenômenos naturais na área de recursos hídricos/meio ambiente, com ênfase àqueles relacionados aos escoamentos à superfície livre. Introdução aos métodos numéricos, método das diferenças finitas. Aplicação computacional de modelos em redes de água, esgotos e drenagem pluvial. Aplicação de modelo hidrodinâmico unidimensional em rios e áreas de inundação.
Conteúdo PROGRAMA DA DISCIPLINA:
1- Introdução:
1.1. Conceitos gerais sobre modelagem de dados; fases da modelagem: conceitual, matemática, numérica e computacional.
1.2. Considerações gerais sobre cheias em rios e áreas urbanas; cheias em Juiz de Fora.
2- Revisão sobre equações diferenciais.
3- Equações governantes do escoamento não-permanente em rios; equação da continuidade e dinâmica.
4- Método das diferenças finitas:
4.1. Esquema explícito.
4.2. Esquema implícito.
4.3. Esquema implícito de Preissmann.
5- Método iterativo de Newton-Raphson.
6- Aplicações de modelos de água, esgoto e drenagem pluvial.
7- Aplicações de modelo hidrodinâmico:
7.1. Em trechos simples de rio.
7.2. Em trechos de rio com planície de inundação.
7.3. Em trechos de rio incluindo inundações em zonas urbanas com e sem interface com o sistema de drenagem pluvial.

Bibliografia BIBLIOGRAFIA:
1- Métodos Numéricos em recursos Hídricos, Vol. 1, Cap. 1, ABRH, 1989, L.C.Wrobel.
2- Notas de aula.
3- Cunge, J.A., Holly, F.M.Jr., Verwey, A. Pratical aspects of computacional river hydraulics. Pitman Publishing limited, 1980.
4- Silva, R.C., Mascarenhas, F.C., Miguez, M.G. Hidráulica fluvial. COOPPE/UFRJ, 2003.
5- Tucci, C.E. Modelos hidrológicos. Ed. UFRGS, 2005.
Bibliografia (continuação)
Bibliografia complementar
Voltar

Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental