UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Plano de Ensino

Disciplina: 2047038 - REÚSO DE LODOS DE ESGOTO E ÁGUAS RESIDUÁRIAS

Créditos: 3

Departamento: DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA SANITARIA AMBIENTAL

Ementa Geração e composição de lodos de ETE (lodos primário e secundário). Técnicas de tratamento de lodos de ETE (adensamento, desaguamento, digestão, desinfecção, higienização, disposição final ou aproveitamento). Caracterização de biossólidos. Caracterização de efluentes tratados. Contaminantes microbiológicos. Organismos patogênicos e indicadores de contaminação. Uso agrícola de lodo de esgoto e águas residuárias. Fertirrigação. Legislações vigentes. Avaliação
quantitativa de risco microbiológico (AQRM).
Conteúdo A disciplina tem como principal objetivo prover aos alunos uma visão crítica sobre reúso de lodos de esgoto e águas residuárias de forma segura do ponto de vista ambiental e de saúde pública. Para tanto, serão realizadas em sala de aula atividades para o aprofundamento de conhecimentos teóricos sobre processos de gerenciamento de lodos de esgoto (desaguamento, digestão e higielilzação) e produção de biossólidos, bem como na caracterização de biossólidos e efluentes tratados. Em seguida, serão apresentados aos discentes abordagens para a avaliação dos riscos associados ao reúso de lodos de esgoto e águas residuárias. A partir do embasamento teórico, serão realizadas atividades práticas envonvendo discussões sobre artigos científicos publicados no Brasil e no exterior sobre temas relevantes na disciplina
Bibliografia von Sperling, M. Introdução à qualidade das águas e ao tratamento de esgotos (Princípios Básicos do
Tratamento Biológico de Águas Residuárias ¿ Vol. 1). 4ª ed. 452p. 2014.
Andreoli, C.V.; von Sperling, M.; Fernandes, F. Lodo de esgotos: Tratamento e disposição final (Princípios
Básicos do Tratamento Biológico de Águas Residuárias ¿ Vol. 6). 2ª ed. 444p. 2014.
Florencio, L.; Bastos, R. K. X.; Aisse, M. M. (Coordenadores). Tratamento e utilização de esgotos sanitários.
Projeto PROSAB, Rio de Janeiro: ABES. 2006
Bastos, R. K. X. (Coordenador). Utilização de esgotos tratados em fertirrigação, hidroponia e piscicultura.
Projeto PROSAB, Rio de Janeiro: ABES, 2003.
Jordão, E.P; Pessôa, C.A. Tratamento de esgotos domésticos. 8ª ed. 2017.
Metcalf & Eddy. Wastewater Engineering: Treatment, Disposal and Reuse. 5ª ed. 1815p. McGraw Hill, 2014.
Haas, C. N.; Rose, J. B.; Gerba, C. P. Quantitative Microbial Risk Assessment. 2ª ed. 427p. John Willey and
Sons, 2014.
WHO ¿ World Health Organization. Guidelines for the safe use of wastewater, excreta and greywater -
Volume 2 Wastewater use in agriculture. 222p. WHO: Geneva. 2006.
ABNT NBR 12209:2011. Elaboração de projetos hidráulico-sanitários de estações de tratamento de esgotos
sanitários.
BRASIL. Conselho Nacional de Meio Ambiente (CONAMA). Resolução Número 375, de 30 de agosto de
2006.
Bibliografia (continuação)
Bibliografia complementar
Voltar

Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental