UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Corpo Docente

Você está em: Curso > Corpo Docente

Nome – Email Curriculum Lattes Regime de trabalho SIAPE

 André Carvalho Mol Silva

(andre.mol@design.ufjf.br)


Lattes-300x282
DEDICAÇÃO EXCLUSIVA 2331201 

Ivan Mota Santos 

(ivan.santos@design.ufjf.br)

Lattes-300x282 DEDICAÇÃO EXCLUSIVA  2022900

Lia Paletta Benatti 

(lia.paletta@ufjf.br)

Lattes-300x282 DEDICAÇÃO EXCLUSIVA 2103519 

Luis Claudio Costa Fajardo 

(clafajardo@gmail.com)

Lattes-300x282 DEDICAÇÃO EXCLUSIVA  2857462

 Marcelo Viana Lacerda de Almeida

(marcelo_design_lacerda@hotmail.com)

Lattes-300x282 DEDICAÇÃO EXCLUSIVA 1885306

 Myrtes Raposo

(myrtes.raposo@ufjf.edu.br)

Lattes-300x282 DEDICAÇÃO EXCLUSIVA  2290170

 Paulo Miranda de Oliveira

(miranda.paulo@design.ufjf.br)

Lattes-300x282 DEDICAÇÃO EXCLUSIVA

2332351

Róber Dias Botelho

(rober.botelho@design.ufjf.br)

Lattes-300x282 DEDICAÇÃO EXCLUSIVA  2290170

 Sílvia Resende Xavier

(silvia.xavier@ufjf.br)

Lattes-300x282 DEDICAÇÃO EXCLUSIVA

1373372

 

Professor(es) Temporário(ios):

 

 Nome – Email Curriculum Lattes Regime de trabalho SIAPE

 Clara de Melo Trindade

(claramtrindade@gmail.com)

Luís Eduardo Campos Morici

(luis.morici@design.ufjf.br)


Lattes-300x282

 

Lattes-300x282

40 HORAS SEMANAIS

 

40 HORAS SEMANAIS

3099211

 

3151493

 

Nossos professores:

 

profs_IVANIvan Mota Santos

“Sou graduado em Design de Produto pela Escola de Design da UEMG, onde desenvolvi uma prancha de wakeskate no TCC, além de participar de projetos de extensão e pesquisa ao longo do bacharelado. Na mesma instituição, fiz mestrado e doutorado. Enquanto na dissertação trabalhei um modelo para avaliar percepção dos usuários sobre a comunicação da sustentabilidade em produtos, no doutorado elaborei um modelo instrucional para treinamento e desenvolvimento de expertise em design. 
Desenvolvi projetos para MPE´s mineiras em parceria com o SEBRAE, Quantum Design Integrado e Miho Design. Venci do Prêmio SEBRAE Minas Design por duas vezes, na edição do ano de 2008 e 2012 e fui finalista do iF Concept Design Awards para estudantes em 2008, com projeto exposto na forma de pôster na Feira de Tecnologia de Hannover.
Ingressei no IAD em 2013 e, além de coordenar o curso atualmente, venho lecionando principalmente disciplinas ligadas à modelagem 3D e práticas projetuais de design de produto. No currículo 2020, também sou responsável pela disciplina Design Studio e Planejamento Profissional. Sou o Idealizador do NUVEN (Núcleo de Virtualidades e Ensaios de Design), e desenvolvi projetos de inovação junto ao CRITT e ao SEBRAETEC JF. Minha principal linha de pesquisa está ligada a investigações sobre a percepção no design. Atualmente, meus projetos abordam o ensino do design e aplicações de tecnologias educacionais na melhoria da pedagogia na área”.

INSTAGRAM_icon50X50 
@prof.ivan.design

 

Róber Dias Botelho

profs_ROBER

Me graduei em Desenho Industrial, Projeto de Produto, pela Escola de Design da UEMG, ao desenvolver um produto voltado ao setor rural, momento em que pude recobrar e aplicar a vivência da terra natal no Vale do Jequitinhonha. Em paralelo, iniciei ao pensamento científico, primeiramente como voluntário e, posteriormente, como bolsista. Através do voluntariado em outros projetos, participei em duas ocasiões de competição em design automotivo internacional. Mais importante que um dos prêmios obtido, a primeira experiência internacional, especialmente quando das visitas acadêmica e a espaços culturais, foi decisiva para direcionar minha carreira. Realizei mestrado em engenharia de materiais junto à REDEMAT que, como desdobramento, marcou o início de minhas atividades como professor e pesquisador em design. Posteriormente realizei doutoramento em ciências políticas e design junto à Université de Cergy-Pontoise – UCP/França. Recentemente concluí o pós-doutorado em design.
Enquanto no mestrado foquei no design e na seleção de materiais aplicados ao setor automotivo, no doutoramento eu centrei a temática no design automotivo face aos múltiplos desafios impostos pela globalização e pelo desenvolvimento sustentável. As políticas e estratégias que envolvem a construção e condução de programas de pós-graduação em design, em nível stricto sensu, compreendeu o universo do pós-doutorado. Além das temáticas destacadas, pude orientar diversos projetos voltados à produção científica e à participação de discentes em concursos em design, sobretudo em mobilidade, ergonomia e sustentabilidade, com prêmios em nível nacional e internacional.
Em 2018 ingressei ao corpo docente do IAD. Nesse curto período, porém intenso, realizei projetos teóricos e práticos, atuei e atuo em funções administrativas, como a vice coordenação e coordenação de cursos e colaboro na estruturação da pesquisa em design junto à UFJF. Nas disciplinas, atuo em um rico e dinâmico leque de assuntos: metodologia da pesquisa; representação manual bidimensional e tridimensional; metodologia e prática de projeto e trabalho de conclusão de curso. Ressalto a relevância de participar ativamente da estruturação e implementação do currículo 2020 do Bacharelado em Design. Além
disso, realizo ações junto ao NUVEN Design Lab, onde tenho a oportunidade de aproximar mais intensamente do alunato através de discussões sempre ricas, diversificadas e, claro, empolgantes”.

INSTAGRAM_icon50X50
@roberrubim

 

Sílvia Xavier

profs_SILVIA

“Fiz graduação em Design de Produto na UEMG e mestrado em Design e Ecologias Urbanas na Parsons School of Design. Ainda na graduação participei de projetos de atendimento a empresas, fui bolsista de Iniciação Científica e me inscrevi em vários concursos de design – fui premiada no Prêmio Alcoa 2009, no Prêmio House&Gift 2010 e integrei a exposição Jovens Designers 2011. No meu TCC desenvolvi um móvel produzido em bambu laminado. Depois de formada, trabalhei no Núcleo de Design do SENAI CEDETEM prestando consultoria para indústrias de móveis. Já no mestrado, desenvolvi projetos de visualização de dados e mapeamento para visibilizar demandas sociais e ambientais. A pesquisa da minha dissertação foi focada em ações de design para melhoria das condições de trabalho dos catadores de materiais recicláveis em centros urbanos.
Ingressei no IAD em 2017 como professora substituta e retornei em 2019 como professora efetiva. As disciplinas que leciono agora são relacionadas a técnicas de representação gráfica manual utilizadas em projetos de design, como sketch e render. No currículo 2020 também sou responsável por uma disciplina de Prática de Produto, além das eletivas focadas em Sustentabilidade e Autoprodução. Atualmente integro a Comissão Orientadora de Estágios do Bacharelado em Design. Meus principais temas de interesse estão relacionados ao papel do design, como prática e pesquisa, na resposta a questões sociais e ambientais. Alguns assuntos específicos que trato nos meus estudos e projetos são: o uso do bambu como matéria-prima para o design de produtos; as relações entre indivíduos, equipamentos e políticas públicas envolvidos na coleta de resíduos urbanos; e o entendimento das perspectivas e práticas relacionadas a design e sustentabilidade”.   

 

André Mol

profs_MOL

“Finalizei minha graduação em Desenho Industrial com habilitação em Programação Visual (Design Gráfico) desenvolvendo um planejamento visual para feiras públicas. Na especialização em Gestão do Design nas Micro e Pequenas Empresas, trabalhei o planejamento e inserção de embalagens para micro e pequenas empresas. Já no mestrado, pesquisei a Economia Criativa, em particular as iniciativas de autoprodução como modelo de atuação profissional para designers. Fiz todo meu percurso formativo na Escola de Design da UEMG, onde atualmente desenvolvo meu doutorado, pesquisando os materiais empregados na cadeia de consumo do café. 
Fui sócio-fundador dos escritórios Quantum Design e Gabbo Design, empresas desenvolvidas no sistema de incubação, fazendo projetos de design integrado (marcas, embalagens, produtos) para empresas, pequenos produtores rurais e artesãos de todo o estado de MG. Atuei por oito anos como consultor em design no Programa Sebraetec, do Sebrae-MG. Ingressei na carreira docente em 2008, na UEMG e em 2016 e 2017 fui professor no curso de Design de Interiores do CES-JF. 
Acredito que poder somar as experiências profissional e acadêmica, me permitiu ingressar na UFJF em 2016, onde venho trabalhando para ampliar as possibilidades de inserção profissional dos alunos através de projetos que incentivem o profissionalismo e a visão empreendedora. Coordenei o Bacharelado em Design buscando consolidar a Mostra de Design como evento fundamental para o curso e trabalhando fortemente para a implementação do currículo 2020. Atuei em disciplinas diversas, além de orientar trabalhos de conclusão de curso e dois projetos de Treinamento Profissional.
 
Tenho interesse em temas ligados ao empreendedorismo, ao território mineiro, às embalagens e produtos alimentícios, além de me empenhar na divulgação de concursos de design. Também destaco a Extensão universitária, condição constate no meu caminho da graduação à pós-graduação, como tema que me atrai profundamente, e será, sem dúvida, foco da minha atenção ao retornar do doutorado“.

INSTAGRAM_icon50X50 @ac.mol

 

Paulo Miranda

 

profs_paulo“Nascido e criado no berço da antiga FUMA, posteriormente Escola de Design da Universidade do Estado de Minas Gerais – ed.UEMG, graduei-me em Design Industrial com habilitação em projeto de produtos em 1999. Iniciei minha vida acadêmica e tornei-me estudante de iniciação científica no Centro de pesquisa em Ergonomia e Design – CPqD da ed.UEMG em 1995, dedicando-me ao Projeto URBITRANS, que investigava as Relações Ergonômicas do Metrô de Belo Horizonte. Dois anos mais tarde tive meu primeiro contato profissional com o Design, fazia meu primeiro estágio, oportunidade a qual tive o contato com a indústria de transformação e seus processos, além de envolver-me com o design voltado para áreas de tecnologia, eletroeletrônica e biomédica. Com um TCC de Projeto de Produto médico – Grampeador para Sutura Cutânea – graduei-me, um ano depois, em 2000, dedicava-me ao meu escritório de design e consultoria. Iniciei minha carreira acadêmica em 2001, tornando-me mestre em Engenharia de Materiais pela REDEMAT | UFOP |UEMG em 2005, com estudos avançados na criação de biocompósito para o setor biomédico e posteriormente, em 2013, realizei meu doutorado em Sistemas de Produção e Design Industrial junto ao Politecnico di Torino – Itália, com estudos relacionados à Metodologia do Design Sistêmico. 
Em 2016 ingressei na UFJF como docente na área do design junto ao IAD, nesse período me envolvi com disciplinas do Bacharelado Interdisciplinar em Artes e Design, contemporaneamente, orientando projetos de TCC, TPA, Monitorias e Iniciação Científica. Assumi a coordenação do Núcleo de Ensaios e Virtualidades – NUVEN Design Lab, sucedendo seu fundador, Prof. Ivan Mota, envolvendo-me também, na restruturação e criação do Laboratório de Práticas em Processos e Manufatura – LabDESIGN, além de compor a equipe de professores que idealizaram o atual Curso de Bacharelado em Design onde sou vice coordenador. Atuo como pesquisador e orientador de projetos, vocacionados para sistemas de desenvolvimentos de produtos, nos setores de tecnologia, eletroeletrônicos, automotivo embarcado, biomédicos e indústria do mobiliário, além de dedicar-me a tecnologia, análise, seleção e aplicação de materiais e ao estudos e aplicação da metodologia do Design Sistêmico e seus desdobramentos”.

 

INSTAGRAM_icon50X50 @prof.paulominda | @nuvendesignlab | @labdesign6

 

Lia Paletta

 

profs_LiaSou graduada em Design de Produto pela UEMG e, durante a graduação, me formei no curso de ourivesaria do SENAI, quando também estagiei em um escritório de design para a moda. Atuei com o design de joias durante o início de minha vida profissional tendo feito projetos e participado de concursos nesta área. Em meu TCC fiz uma linha de joias que representavam a união de casais.
Fui sócia do escritório Gabbo Design, onde trabalhava com o desenvolvimento de projetos de design integrado, design de joias e acessórios de moda, atendimentos a artesãos, entre outras atividades. Nesta época trabalhava também como consultora do SEBRAE/MG, fazendo atendimento de projetos e consultorias de Design em todo o estado de Minas Gerais. Por um tempo, eu e meus sócios criamos a marca Ciranda, de produtos em acrílico, desde bijuterias até bloquinhos de rascunho. Em 2011 iniciei meu mestrado na UEMG com uma pesquisa sobre Design e Biojoias. Este trabalho gerou muitos resultados como a publicação de um livro impresso, livro digital, peças finalistas em concurso e uma Biojoia que faz parte de uma publicação de pulseiras da editora Lark Crafts – NY/EUA.  Assim que terminei o mestrado trabalhei no SENAC/MG como orientadora do curso de Vitrinista, onde aplicava a metodologia do Design para a exposição e disposição dos produtos em espaços comerciais (vitrine e visual merchandising). Também ministrei cursos de técnicas artesanais das mais diversas, de pintura em lenços de seda, cestaria de canutilhos de jornal e até a produção de fantoches.
Também dei aulas na Escola de Design da UEMG, lecionando disciplinas de desenho e representação, orientando pesquisas de iniciação científica, projetos de extensão e fui encarregada de coordenar o estágio do curso de Design de Produto. Em 2014 entrei para o Instituto de Artes e Design onde lecionei diversas disciplinas do BI e do Bacharelado em Design. Orientei projetos da empresa júnior Acesso (do curso de Comunicação), iniciação científica, treinamento profissional e monitorias. Atualmente curso o Doutorado em Design, na UEMG, desta vez pesquisando a aplicação de design nas práticas do cultivo de plantas nos espaços urbanos“.

INSTAGRAM_icon50X50
 @liapaletta  

 

Cláudio Fajardo

profs_fajardo Quando me graduei pela Universidade Federal de Juiz de Fora não havia um curso de Design. Optei portanto pela Licenciatura em Artes. Diversas oportunidades de estágios nas áreas gráficas e experiências nas artes visuais formaram uma área de interesse muito próxima do design gráfico. Nos anos finais da graduação, motivado pelo impacto da Internet comercial no Brasil e pelas mudanças que o Desktop Publishing trazia para o setor gráfico, fui contemplado com uma bolsa do CNpQ para criar, através do Programa Gênesis, o escritório de design “Cabaret Voltaire Design e Multimídia” juntamente com uma colega de faculdade. O escritório oferecia projetos em design gráfico, interfaces para websites e títulos multimídia para a região e estados vizinhas.
Após concluir a pós-graduação em “Computação Gráfica aplicada às Artes Visuais” realizada no Rio de Janeiro me desliguei do escritório de Design e ingressei como ilustrador no jornal “Tribuna de Minas” sendo transferido posteriormente, para a Esdeva Empresa Gráfica como gerente de pré-impressão digital graças um processo de seleção interno. A experiência no ambiente de pré-impressão permitiu o conhecimento de técnicas e processos da indústria gráfica em Offset completando uma formação profissional no design gráfico ainda hoje pouco oferecida nas instituições de ensino. Do setor gráfico e editorial surgiram as oportunidades como docente nos cursos de Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Design Gráfico em instituições de ensino particulares.  Paralelamente à docência, atuei como designer gráfico em agências de publicidade locais conquistando alguns prêmios na área. A necessidade de uma formação contínua para a prática docente fez com que me tornasse bolsista CAPES no mestrado em Tecnologias da Inteligência e Design Digital da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo com um projeto de pesquisa em Linguagens Estéticas Digitais tendo como tema, a poesia visual em meios digitais. Um ano após a defesa do mestrado, o objeto de pesquisa ganharia continuidade no doutorado pelo PPG Letras – Estudos Literários da UFJF. Minha formação interdisciplinar permitiu uma perspectiva ampla do design que vai além da questão projetual e se envereda por suas vertentes estéticas e históricas.
Em 2011, ingressei no Instituto de Artes e Design como professor substituto ministrando as disciplinas de História da Arte, Análise das linguagens contemporâneas e Artes Gráficas. Em 2013 retornei ao IAD como professor efetivo para atuar no Bacharelado em Design ministrando disciplinas relacionados ao projeto gráfico e digital assumindo posteriormente, em 2018, as disciplinas de História do Design. Atualmente, além da docência, oriento atividades da Aspecto Empresa Júnior do IAD,  integro a Comissão Orientadora de Estágios do Design e sou professor colaborador do Grupo de Educação Tutorial-GET JOGOS. Na pesquisa e extensão, meu interesse está dividido em duas áreas: o design gráfico e digital, orientando projetos de identidade visual, design editorial, design de interfaces e design de jogos de tabuleiro e, mais recentemente, a história do design com interesses em memória gráfica
“.

INSTAGRAM_icon50X50
 @claudiofajardo  

 

Marcelo de Almeida Lacerda

profs_MARCELO

 Sou graduado em Design Gráfico e de Produto pela ESDI, a Escola Superior de Desenho Industrial da UERJ. Fiz estágio em escritórios de Design e, especialmente em Design de Produto no Instituto Nacional de Tecnologia, do Ministério da Indústria e Comércio. Trabalhei como Designer Gráfico, executando projetos gráficos de publicações, identidades visuais e estruturas de eventos, para o Sistema Sicomercio e Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, além de prestar consultorias nas áreas de embalagens e identidades visuais para empresas no Rio de Janeiro.
Doutorado em Design pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio. Nesse período de formação, pesquisei as implicações da imagem na prática do Design Gráfico, bem como o modo como o Design é produzido socialmente, isto é, como instâncias decampos de produção simbólica cooperam para realizar essa atividade projetual na sociedade.
Ingressei no IAD em 2011 e venho lecionando disciplinas ligadas ao Design Gráfico, como Semiótica do Design e Design de Identidades Corporativas. No currículo 2020, sou responsável por disciplinas ligadas às experimentações em representação gráfica e relações entre Design Gráfico e cultura visual. Participo de grupos de pesquisa, como líder do Grupo de Pesquisa Design e Imagem, e também do Grupo de Pesquisa Design e Artesanato (Grudar) da PUC-Rio. Minha principal linha de pesquisa está ligada ainvestigações sobre as imagens a partir do seu uso social, cujo entendimento é o de que o Design Gráfico é um fato da cultura“.

INSTAGRAM_icon50X50
 @marcelodealmeidalacerda   

 

Myrtes Raposo

profs_MYRTESMinha formação na área técnica do curso de Educação Artística (UFJF), proporcionou-me  oportunidades multidisciplinares:  De início,atuei  como  designer de móveis e de interiores para três empresas do ramo de decoração na cidade de Juiz de Fora, também atuei como desenhista-projetista de mecânica para Siderúrgica Mendes Junior (JF/MG). Alguns anos após, atuei como professora de Geometria Descritiva dentre outras disciplinas do eixo técnico no Depto. de Desenho Técnico e Projetivo da UFJF. Nesse momento, investi em minha capacitação profissional: Especializei-me em ERGONOMIA pelo Núcleo de Ergonomia e Segurança do Trabalho – (NEST/ UFJF), momento em que me familiarizei com os conceitos e aplicações da metodologia de Intervenção Ergonomizadora  e sua relação com o Design, nesse estudo, o enfoque foi a demanda de questões físicas de um determinado posto de trabalho,  (anatomia humana, antropometria, fisiologia e biomecânica na interação homem-tarefa-máquina durante a atividade de trabalho). Dando continuidade, ingressei no mestrado em Artes e Design (PUC/Rio), aprofundando minhas pesquisas na área de ergonomia, através da aplicação da AET (Analise Ergonômica do Trabalho) cujo enfoque foram as demandas físicas e organizacionais  de dois postos de trabalho, através de análises de demandas antropométricas, biomecânicas e cognitivas através de um estudo pormenorizado das tarefas e das atividades dos trabalhadores envolvidos nas tarefas. Em função dessa etapa de capacitação, atuei por um período como ergonomista da Prefeitura Municipal de Juiz de Fora, analisando postos de trabalhos internos, inclusive de trabalhadoras/cuidadoras de creches municipais. Foram realizadas análises posturais, ambientais, aspectos acidentários, acessibilidade entre outros que culminaram em pareceres e diagnósticos ergonômicos. Nesse mesmo período, lecionei a disciplina Ergonomia na pós-graduação de Engenharia de Produção da Faculdade Machado Sobrinho e  Geometria aplicada ao design de interiores  no Curso de Design de Interiores do Centro de Ensino Superior (CES/JF). Posteriormente, ingressei para o quadro docente do Instituto de Artes e Design – IAD/UFJF , onde me envolvi e continuo, até os dias atuais, com pesquisas em outra vertente da ergonomia: Acessibilidade em Ambiente Construído. Foram desenvolvidas pesquisas acerca da acessibilidade e mobilidade no campus da UFJF, com o Grupo de Pesquisa LEAUD – (LABORATÓRIO DE ESTUDOS DAS LINGUAGENS E EXPRESSÕES NA ARQUITETURA, NO URBANISMO E NO DESIGN). Por esse envolvimento com a acessibilidade no ambiente construído, lecionei a disciplina Ergonomia no Curso de Pós-Graduação Lato Sensu (Especialização) em Arquitetura de Interiores da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da FAU/UFJF, onde atuei também,como orientadora de monografias. Ministrei mini-cursos à distância para capacitação profissional de iniciantes no quadro de efetivos da UFJF, junto à PROGEPE/UFJF. Com tema: “O papel da ergonomia no ambiente de trabalho”. Atuei na comissão organizadora do 13º Congresso Internacional de Ergonomia (2013), realizado na UFJF (evento criado a partir de parceria entre o IAD/IFSUDESTE). Ingressei no doutorado no curso de História (PPGHIS/UFJF), com o tema alinhado à Ergonomia  Organizacional e Cognitiva e sob uma perspectiva histórica e sociológica, analisei o controle exercido em organizações produtivas de inspirações toyotistas e seu impacto na saúde mental dos trabalhadores. (Utilizei, para tanto, um estudo de caso da inserção de Programas de Qualidade Total  na Siderúrgica Mendes Junior- JF/MG ). No pós-doutoramento, venho desenvolvendo no Programa de Pós-graduação em Ambiente Construído (PROAC/UFJF) pesquisas relacionadas à Ergonomia Informacional, que possibilitam a análise e verificação de variáveis existentes em peças  gráficas, tanto como prevenção ao erro (projeto ainda em fase de desenvolvimento) como correção (projeto após aplicação final), viabilizando – através da categorização de itens ergonômicos –  a verificação do projeto gráfico nas fases de criação do mesmo, contribuindo para o êxito e minimizando ao máximo adaptações ou mesmo um  retrabalho”.

Professores Temporários

Clara Trindade

 

profs_CLARA“Sou formada em Design de Produto pela Escola de Design (2016) da Universidade do Estado de Minas Gerais (ED/UEMG), com formação generalista, e durante minha graduação tive oportunidades e adquiri experiências teóricas-práticas sobre ferramentas e metodologias de projeto, dentro do Centro Design Empresa, atuando com Design Estratégico para Empresas de Pequeno Porte, Projetos de Embalagem relacionados à Design e Materiais, e Fabricação Digital, conhecimentos que me acompanham a cada projeto em desenvolvimento, principalmente na área de projetos de calçados.

Em sequência, complementei minha formação na área da Moda com a Especialização em Design de Produtos de Moda pelo Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil – SENAI CETIQT/RJ (2017-2018) e paralelamente ingressei ao Mestrado em Design pelo Programa de Pós-Graduação em Design, também pela ED/UEMG, com linha de pesquisa em Design, Materiais, Tecnologias e Processos (2017-2019), onde finalizei minha pesquisa combinando as áreas de Design e Materiais com foco em têxtil e polímeros para aplicação desse material desenvolvido como componente de calçados. No ano de 2019, junto ao término do Mestrado, ingressei ao Instituto de Artes e Design (IAD) como professora auxiliar substituta no curso de Bacharelado Interdisciplinar em Artes e Design e em Design, onde tem me gerado grandes experiências acadêmicas e profissionais. Minhas linhas de interesse são voltadas para a prática e pesquisa do Design voltadas ao Design Industrial, Métodos e Ferramentas de Projeto, Design de Moda – particularmente calçados e acessórios, Design e Materiais – polímeros e têxtil e Fabricação Digital.”

INSTAGRAM_icon50X50

  
@caramelot | @caramelot.design

 

 

 

 

Bacharelado em Design