UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

O projeto: resumo e abstract

Você está em: 17 ODS-ONU > O projeto: resumo e abstract

O projeto do pesquisa DESCOR (2019 a 2021) pretende estudar, verificar e compreender de que forma os brasileiros compreendem os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU).

Como o Brasil é um país membro da ONU, é importante verificar no país se os 17 ODS são conhecidos e se os mesmos são percebidos pelos brasileiros.

Desta forma, um conjunto de pesquisas foi iniciado, considerando o período de 2019 a 2021, como:

 

Resumo e Abstract

 

O brasileiro conhece os 17 objetivos de desenvolvimento sustentável (ODS) das Nações Unidas?

Resumo

Com um território de proporções continentais e uma população de cerca de 210 milhões, o Brasil é um país emergente essencial em termos de desenvolvimento sustentável. Existem vários desafios nos aspectos econômicos, sociais e ambientais que o Brasil apresenta. O objetivo desta pesquisa foi verificar a conscientização dos brasileiros em relação aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) elaborados pelas Nações Unidas. Desde a década de 1970, Kassarjian (1971), Kinnear, Taylor e Ahmed (1974), Webster Jr. (1975), Maloney e Ward (1973) e Maloney, Ward e Braucht (1975) começaram seus estudos sobre comportamento consciente. em relação ao consumo sustentável e outras questões que impactam a vida humana. Algumas pesquisas incluem variáveis ​​como crenças e atitudes, que apontam para uma evolução do comportamento das pessoas em relação aos impactos ambientais do consumo (Roberts, 1996; Straughan e Roberts, 1999; Lages e Vargas Neto, 2002 e Gonçalves-Dias et al., 2009). Além de universidades e centros de estudo, diferentes líderes estaduais e até instituições sem fins lucrativos, como as Nações Unidas, Instituto Akatu, Fundação Ford, Grennpeace, entre outros, estão alertando e desenvolvendo programas para incentivar políticas e conscientização sobre os 17 ODS. das Nações Unidas em favor da Agenda 2030. Pesquisa quantitativa, descritiva-exploratória, com amostra não probabilística, por conveniência e acessibilidade. Uma pesquisa eletrônica foi realizada usando mídias sociais e contatos diretos com brasileiros. Foram utilizadas pesquisas e escalas de pesquisadores que estudam Desenvolvimento Sustentável sob diferentes perspectivas e perspectivas acadêmicas. A estatística descritiva e o teste de comparação de médias foram utilizados para verificar as diferenças entre a conscientização dos brasileiros quanto aos ODS. Preliminarmente, os resultados indicam pouca conscientização e esclarecimento sobre o significado e a importância dos 17 ODS, bem como algumas diferenças no padrão de conscientização em relação a cada objetivo. A pesquisa mostra que existem poucos trabalhos que apresentam os 17 ODS em um único estudo e apontam oportunidades para novas descobertas em termos de educação, para que os brasileiros estejam mais conscientes da importância e aplicação dos 17 ODS das Nações Unidas.

Palavras-chave: objetivos do desenvolvimento sustentável, ONU, Brasil.

 

Is the Brazilian aware of the 17 United Nations Sustainable Development Goals (SDGs)?

Abstract

With a territory of continental proportions and a population of around 210 million, Brazil is a key emerging country in terms of sustainable development. There are several challenges in the economic, social and environmental aspects that Brazil presents. The objective of this research was to verify Brazilians’ awareness regarding the 17 Sustainable Development Goals (SDGs) prepared by the United Nations. Since the 1970s, Kassarjian (1971), Kinnear, Taylor and Ahmed (1974), Webster Jr. (1975), Maloney and Ward (1973) and Maloney, Ward and Braucht (1975), began their studies of conscious behavior. in relation to sustainable consumption and other issues that impact on human life. Some research has included variables such as beliefs and attitudes, which have been pointing to an evolution of people’s behavior in relation to the environmental impacts of consumption (Roberts, 1996; Straughan and Roberts, 1999; Lages and Vargas Neto, 2002 and Gonçalves-Dias et al., 2009). In addition to universities and study centers, different state leaders, and even non-profit institutions such as the United Nations, Akatu Institute, Ford Foundation, Grennpeace, among others, are alerting and developing programs to encourage policy and awareness about the 17 SDGs. of the United Nations in favor of the 2030 Agenda. This was a descriptive-exploratory, quantitative research using a non-probabilistic sample for convenience and accessibility. An electronic survey was conducted using social media and direct contacts with Brazilians. Research and scales of researchers who study Sustainable Development from different perspectives and academic perspectives were used. Descriptive statistics and the means comparison test were used to verify the differences between Brazilians’ awareness of the SDGs. Preliminarily, the findings indicate little awareness and clarification of the meaning and importance of the 17 SDGs, as well as some differences in the pattern of awareness in relation to each objective. The research shows that there are few papers that present the 17 SDGs in a single study, and points to opportunities for new discoveries in terms of education, so that Brazilians are more aware of the importance and application of the 17 United Nations SDGs.

Keywords: sustainable development goals, UN, Brazil.

Grupo de Pesquisa DESCOR


Acessos desde 10/11/2016: 736