UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Histórico

Você está em: Sobre o curso > Histórico

A Área de Ciências Biológicas no Brasil, teve sua regulamentação em 1962, quando o Conselho Federal de Educação (CFE) fixou o Currículo Mínimo e a duração dos cursos de História Natural no País (Parecer nº 325/62). Esses cursos destinavam-se à formação de profissionais que atendiam as demandas de pesquisa e ensino no 3º grau, ao ensino da Biologia no 2º grau e de Ciências Físicas e Biológicas no 1º grau. Dois anos depois (1964) o CFE fixou o Currículo Mínimo para o Curso de Ciências Biológicas (Licenciatura), adequando o antigo curso de História Natural às exigências da especialização e da demanda referente à separação das Áreas Biológicas e Geológica.

A Universidade Federal de Juiz de Fora, implantou no ano de 1968, na então Faculdade de Filosofia e Letras de Juiz de Fora (FAFILE-JF), o Curso de Licenciatura em Ciências Físicas e Biológicas. Tal curso, com duração de três anos, concedia aos licenciados permissão para lecionar: Biologia, Física, Química e História Natural.

Em 03/12/69, em reunião extraordinário do Egrégio Conselho Universitário (CONSU) foi proposta pela FAFILE a criação do Curso de Licenciatura Plena em Ciências Biológicas, que foi aprovada pela resolução nº 56/69 (UFJF, 1969).

Para que o curso pudesse funcionar, o Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão (CEPE) da UFJF, aprovou pela Resolução nº 33/70 (UFJF, 1970), a reformulação curricular de forma a atender ao novo curso de licenciatura estruturado para quatro anos. Atendendo às resoluções da CFE, o curso de Ciências Biológicas da UFJF previa uma duração de 2.625 horas, com estágios curriculares I e II, que se referiam a especializações às quais o aluno deveria se dedicar, realizando trabalho relacionado a uma das áreas: Biologia, Zoologia e Botânica. Essas alterações curriculares previstas , apesar de implantadas, só foram legalmente aprovadas pelo CEPE/UFJF em abril de 1971, e estão previstas nas Resoluções nº 73 /71 e 74/71 (UFJF, 1971). Para este curso foram transferidos os alunos ingressos na FAFILE.

Em 1970, a Universidade Federal de Juiz de Fora passou a funcionar no Campus Universitário de Martelos, e os cursos existentes na antiga FAFILE foram alocados em diferentes Institutos e Faculdades, de acordo com as áreas afins. Por decisão do Colegiado de Biologia criado nesta ocasião, o Curso de Ciências Biológicas deveria ser vinculado ao Instituto de Ciências Biológico e de Geociências (ICBG) por conveniência tanto didática quanto administrativa, pela natureza dos conhecimentos ministrados e pelos fins a que se destinava o Curso.

Ainda em 1969, o Conselho Federal de Educação estabeleceu a organização dos cursos de Ciências Biológicas prevendo duas modalidades: Licenciatura e Bacharelado, sendo a última na modalidade biomédica. A partir de então a denominação do curso deveria ser Curso de Ciências Biológicas.

Em 1973, a necessidade de se reconhecer o curso era premente. Os licenciados interessados procuravam a administração superior insistindo na urgência do reconhecimento do curso, uma vez que alguns alunos do 1º curso de Ciências ( ingressos na FAFILE ), já haviam integralizado seu curso em 1971 e o curso de Ciências Biológicas diplomaria sua primeira turma em 1974.

O reconhecimento do curso veio acontecer em março de 1975 através do Decreto nº 75.512 (Brasil, Congresso Nacional, 1975), tendo o curso sofrido algumas alterações curriculares constantes da resolução nº 26/75 (UFJF, 1975) do CEPE que lhe definiu o currículo.

Com a Lei de Diretrizes e Bases do Ensino de 1º e 2º graus, nº5.692 de 11 de agosto de 1971, o CFE foi obrigado a repensar sobre os cursos de Licenciaturas das Universidades. Pela Resolução nº 30/74 (CFE, 1974), tornou obrigatória a unificação das Licenciaturas da área de Ciências Físicas e Biológicas e de Matemática , convertendo-as em uma única Licenciatura de Ciências com habilitação específica para o 1ºgrau ou para o 1º e 2º graus. Em 1975 (CFE 37/75), determinou que o prazo final para esta conversão, seria o início do ano letivo de 1978, onde a Estrutura Unificada das Licenciaturas deveria substituir as Licenciaturas Plenas de Matemática, Física, Química e Ciências Biológicas.

Fora estabelecidas comissões na UFJF, de forma a estudar o problema e elaborar um anteprojeto para implantação no novo curso de Ciências. Houve uma proposta em 1977 (Resoluções 43/77, 44/77e 75/77) onde haveria uma parte comum a todas as licenciaturas existentes , suficiente em termos de conteúdo para a Licenciatura de 1º grau.,não sendo entretanto atribuído o caráter de terminalidade a esse nível de ensino. Em seguida continuariam na forma de Licenciatura Plena no campo das habilitações específicas: Matemática, Física, Química e Biologia, para o nível de 2º grau Foi estabelecida a efetiva criação dos Bacharelados .

Houve grande polêmica e resistência a implantação da Unificação , dentro da Universidade . Por outro lado, não houve aceitação da proposta por parte do Conselho Federal de Educação, já que a mesma não tinha o caráter de terminalidade no 1º grau.

Em agosto de 1980, o CEPE baixou a Resolução nº 33/80 sustando a conversão dos cursos de Ciências. O Curso então implantado pela Universidade Federal de Juiz de Fora a partir de 1978 durou até 1980, e os alunos tiveram suas situações examinadas e adaptadas a nova estrutura proposta pelo colegiado em fins de 1980.

O antigo Curso de Ciências Biológicas/UFJF foi reimplantado em 1981 destinando-se na modalidade Licenciatura, a “habilitar o profissional para o ensino de 1º grau e de Biologia em escolas de 2º grau” e na modalidade Bacharelado, “habilitar o profissional investigador e estudioso de problemas relacionados com os seres vivos”.

Desde então, o curso de Ciências Biológicas da Universidade federal de Juiz de Fora vem funcionando em horário integral, pela manhã e a tarde, tendo seu ingresso através de concurso vestibular, com duas entradas por ano, com 25 vagas semestrais. Tem duração de 4 anos e forma profissionais (o Biólogo) em nível de Licenciatura Plena e bacharelado, de acordo com a opção feita pelo aluno. Entretanto, a grade curricular do curso é estruturada de forma a possibilitar ao aluno cursar, concomitantemente a modalidade de Licenciatura e de bacharelado.

Em dezembro de 1977, o MEC através da Secretaria de Ensino Superior- SESU (edital 04/97) inicia um estudo para definir as diretrizes curriculares de forma a atender o que trata a LDB (Lei 9.394/96).

Foram feitas consultas pelo MEC a Instituições de Ensino Superior e a Conselhos Regionais de Biologia de todo o País. Várias sugestões foram enviadas e analisadas por comissão de Especialistas em Ciências Biológicas definidas e estruturadas pelo próprio Ministério. Em meados do ano 2.000, foi disponibilizado via internet a proposta da Comissão de Especialistas, estabelecendo as Diretrizes Curriculares para o Curso de Ciências Biológicas.

Tomando-se por base as sugestões e os debates ocorridos no Estado de Minas gerais, seminários ocorridos na Universidade e consultorias externas , o Curso de Ciências Biológicas da UFJF teve sua Estrutura alterada , com Resoluções expedidas no período compreendido entre 1978 e 2000 , visando entre outros pontos, contemplar as exigências do Perfil do Profissional Biólogo e possibilitar a flexibilização curricular estabelecida pela LDB / 1996 , de maneira a contemplar interesses e necessidades específicas dos alunos.

Com as alterações ocorreram criações de Disciplinas optativas, reestruturação da formação profissionalizante no campo da Licenciatura e Bacharelado, diminuição da carga horária da formação básica, além do aproveitamento das atividades acadêmicas de ensino, pesquisa e extensão com a formação complementar. A nova estrutura global encontra-se divulgada pela Pró-Reitoria de Ensino em Resolução ………/2000.

 

Desde a sua criação o curso de Ciências Biológicas teve os seguintes Coordenadores e Vice-Coordenadores:

PERÍODO

1971-1975

Coordenador: Prof. Ivanzir Vieira (Depto Biologia)

Vice-Coordenador: Prof. Erivan Aloysio Ferreira (Depto. Biologia)

1975-1977

Coordenador: Profa. Dra Marta de Oliveira Guerra (Depto. Biologia)

Vice-coordenador: Prof. Ivanzir Vieira (Depto. Biologia)

1977-1979

Coordenador: Prof. José Roque Raposo Filho (Depto. Biologia)

Vice-coordenador: Profa. Márcia Gonçalves de Castro

1979-1981

Coordenador: Profa. Sueli de Souza Lima (Depto. Biologia)

Vice-coordenador: Profa. Márcia de Castro Pontes (Depto. Morfologia)

1981 – 1983

Prof. Walter Machado Couto (Depto. Biologia)

Vice-coordenador: Prof. Antônio Elísio de Meneses Lobo (Depto. Geociências)

1983 – 1985

Coordenador: Prof. Ivanzir Vieira (Depto. Biologia)

Vice-coordenador: Prof. Antonio Elisio de Meneses Lobo (Depto Geociências)

1985 – 1987

Coordenador: Profa. Marta d’Agosto Bara (Depto. Biologia)

Vice-coordenador: Profa. Terezinha Noemides M. Alves (Depto. Bioquímica)

1987-1989

Coordenador: Prof. José Roque Raposo Filho (Depto. Biologia)

Vice-coordenador: Profa. Márcia de Castro Pontes (Depto Morfologia)

1989-1991

Coordenador: Prof. José Roque Raposo Filho (Depto Zoologia)

Vice-coordenador: Profa. Terezinha Noemides M. Alves (Depto. Bioquímica)

1991-1993

Coordenador: Prof. Gilson Alexandre de Castro (Depto. Zoologia)

Vice-coordenador: Profa. Raquel de Fátima Novelino (Depto. Botânica)

1993-1994

Coordenador: Profa. Fátima Regina Salimena Pires (Depto. Botânica)

Vice-coordenadora: Profa. Rose Marie  Hoffmann de Carvalho (Depto. Zoologia)

1994-1995

Coordenador: Profa. Rose Marie  Hoffmann de Carvalho (Depto. Zoologia)

1996-1998

Coordenador: Profa. Vera Maria Peters (Depto. Biologia)

Vice-coordenador: Profa. Sonia Sin Singer Brugiolo (Depto. Zoologia)

1998-2000

Coordenador: Profa. Vera Maria Peters (Depto. Biologia)

Vice-coordenador: Profa. Sonia Sin Singer Brugiolo (Depto. Zoologia)

2001-2003

Coordenador: Profa. Bernadete Maria de Sousa (Depto. Zoologia)

Vice-coordenador: Profa. Sonia Sin Singer Brugiolo (Depto. Zoologia)

2004-2006

Coordenador: Profa. Patrícia Carneiro Lobo Faria (Depto. Botânica)

Vice-coordenador: Profa. Sueli de Souza Lima (Depto. Zoologia)

2006-2009

Coordenador: Prof. Gilson Alexandre de Castro (Depto. Zoologia)

Vice-coordenador: Prof. Marcelo de Oliveira Santos (Depto. Biologia)

2009-2012

Coordenador: Prof. Marcelo de Oliveira Santos (Depto. Biologia)

Vice-coordenadora: Profa. Dionéia  Evangelista Cesar (Depto. Biologia)

2012-2013

Coordenador: Prof. Marcelo de Oliveira Santos (Depto. Biologia)

Vice-coordenadora: Prof.ª Dionéia  Evangelista Cesar (Depto. Biologia)

2013- 2016

Coordenadora: Prof.ª Jacy Gameiro (Depto. Parasitologia, Microbiologia e Imunologia)

Vice-coordenador: Prof. Marcelo de Oliveira Santos (Depto. Biologia)

 

2016- 2018

Coordenador pro tempore: Prof. Prof. Marcelo de Oliveira Santos (Depto. Biologia)

 

2018- 2021

Coordenadora: Prof.ª Dionéia  Evangelista Cesar (Depto. Biologia)

Vice-coordenadora: Prof.ª Aline Cristina Sant’Anna (Depto. Zoologia)

 

 

Graduação em Ciências Biológicas