Corredores e ciclistas podem compartilhar mesmo espaço no anel viário

bike

Compartilhamento já ocorria informalmente

Ciclistas e corredores podem dividir o mesmo espaço no anel viário da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). O uso compartilhado da ciclovia do campus foi oficializado ontem, pelo reitor Julio Chebli e pelo vice-reitor Marcos Vinício Chein Feres, que assinaram documento em que a utilização do espaço para corrida, caminhada e ciclismo é tornada oficial.

O compartilhamento da ciclovia já ocorria informalmente, mas sinalizações implantadas por terceiros na pista causavam equívocos e até mesmo conflitos entre atletas. A decisão reforça a ciclovia como espaço democrático para corredores e ciclistas no campus.

Em capitais como São Paulo e Rio de Janeiro, o uso de faixas compartilhadas têm se tornado uma tendência. Em São Paulo, o número de pessoas que usavam essas vias subiu 50% em 2014, comparados aos números 2013, conforme dados do Ibope. No Rio de Janeiro, foram criadas novas sinalizações e placas destinadas ao uso correto das ciclovias compartilhadas. Já em outros países, como a Holanda, 50% da população usa a bicicleta como meio de deslocamento, e calcula-se que de qualquer ponto da cidade, as pessoas estão sempre a 200 metros de uma ciclovia compartilhada.

foto corredor

Corredores e ciclistas podem usar o mesmo espaço

O diretor técnico da Consultoria Esportiva Saúde Performance, Marcos Hallack, que foi uma das partes que reivindicou o compartilhamento, conta ter enfrentado problemas no uso por corredores. “Esse espaço foi criado para o lazer, para ser democrático, com livre acesso a todos. É triste ver que há pessoas que não conseguem compartilhar o mesmo espaço com harmonia”.

No documento assinado pelo reitor e vice, destaca-se que “o campus é um espaço democrático destinado à prática de esporte e lazer para a comunidade, sendo assim, partimos do princípio que ciclistas e pedestres podem compartilhar o mesmo local com bom senso e respeito”.