Engenharia Elétrica de Telecomunicações recebe nota 4 do Inep

Faculdade de Engenharia (Foto: Gabi Müler)

A nota estabelecida pelo Inep atesta o curso como apto para a emissão de diplomas e formação de profissionais (Foto: Gabi Müler)

O curso de Engenharia Elétrica de Telecomunicações da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) recebeu conceito 4 na avaliação realizada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), orgão ligado ao Ministério da Educação (MEC), com a função de organizar e manter o sistema de informações e estatísticas educacionais. O conceito máximo que pode ser emitido por esta avaliação é 5. Todos os requisitos avaliados relativos ao curso foram considerados de boa qualidade.

O conceito emitido pelo Inep atesta o reconhecimento do curso de Engenharia Elétrica de Telecomunicações como apto para a emissão de diplomas e formação de profissionais. O corpo docente, infraestrutura e organização didática receberam conceitos 4,2; 4; e 3,4 respectivamente. O MEC não reconhece faculdades avaliadas com conceitos 1 e 2.

Em 2010, a Engenharia Elétrica criou cinco novas habilitações, sendo elas em telecomunicações, automoção, energia, sistema de potência e sistema eletrônico. As quatro últimas ainda serão avaliadas.

Para o diretor da Faculdade de Engenharia, Hélio Antônio da Silva, o reconhecimento veio em um momento único para a instituição: “No ano em que completamos cem anos de existência enquanto unidade acadêmica e o mercado apresente uma demanda tão grande por engenheiros cada vez mais qualificados, a avaliação de um curso recente com um conceito tão alto é memorável”. Ele destaca também que isso só foi possível graças ao comprometimento de todas na busca pelo fortalecimento do curso, sobretudo técnico-administrativos em educação (TAEs) e docentes, que, “cada vez mais capacitados, têm demostrado um empenho inigualável em suas funções”.

O secretário de Avaliação Institucional da UFJF, Vanderli Fava de Oliveira, ressalta que todos os requisitos legais foram cumpridos. “Atingimos um conceito superior ao exigido. A avaliação 5 é raríssima para reconhecimento de curso.” O estudo do Inep ainda passará pela vistoria da Secretaria de Regulamentação do MEC para a emissão de portaria.

Segundo o coordenador da Engenharia Elétrica de Telecomunicações, Daniel Discini Silveira, os membros da faculdade são empenhados em aprimorar cada vez mais o curso. “Estamos trabalhando forte para isso. Tanto para melhorar a infraestrutura, quanto o corpo docente e as condições de trabalho.”

Silveira também aponta a recente reformulação do Projeto Pedagógico de Curso (PPC). “Foi preciso inseri-lo no contexto regional e também para acompanhar o crescimento do mercado em Juiz de Fora, que demanda cada vez mais profissionais da área de Engenharia Elétrica de Telecomunicações. A partir da avaliação obtida pela consultoria realizada pelo MEC, que aponta defeitos e ressalta melhorias, já estamos elaborando e trabalhando em um plano de trabalho para melhorar a organização didática do curso. Estamos muito satisfeitos com a avaliação, principalmente por sermos um curso recente, Agora, a meta é atingir o conceito 5 na próxima avaliação.”

O coordenador também destaca a entrada de profissionais do curso em programas de pós-graduação. “Hoje, temos professores levando o campo da Engenharia de Telecomunicação para a pós-graduação, o que era inédito na UFJF.”

Outras informações: (32) 2102-3401 (Faculdade de Engenharia-UFJF)

Acompanhe a UFJF nas mídias sociais: Facebook | Twitter | Instagram | YouTube | Soundcloud