Faculdade de Medicina traz inovação no currículo do curso em aula inaugural

faculdade de medicina (Foto: Alexandre Dornelas)

Novo prédio da Faculdade de Medicina (Foto: Alexandre Dornelas)

A Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) será a primeira da América Latina a incorporar a ultrassonografia clínica ao currículo do curso. A aula que inaugura o semestre letivo da faculdade traz o professor da University of South Carolina School of Medicina, Richard Hoppmann, pioneiro na implantação do ultrassom no ensino médico. A aula inaugural acontece na próxima segunda-feira, dia 13, a partir das 10h, no auditório 1 do edifício Engenheiro Itamar Franco da Faculdade de Engenharia, no campus, e contará com tradução simultânea.

A visita de Richard Hoppmann tem por objetivo além de demonstrar o modelo de currículo implantado nos Estados Unidos, a sensiilização e a motivação dos profissionais da Universidade para esta novidade.

O chefe do Departamento de Clínica Médica da UFJF, Marcos Bastos, que responde pela organização da visita, explica que no método proposto por Richard, o ultrassom é utilizado já na consulta e não como um exame complementar feito por um outro profissional, como é o usual até agora. “Surgem cada vez mais rápido aparelhos de ultrassom mais baratos e mais compactos, o que facilita a utilização do método.”

A fala de Hoppmann também abordará a experiência que está em andamento no Norte de Minas Gerais em que as ambulâncias de resgate são equipadas com o ultrassom e o aparelho é utilizado no atendimento de emergências. Bastos comenta que este exemplo que será comentado pelo professor norte-americano é o primeiro programa do mundo a utilizar esta forma de atendimento no sistema público de saúde. Além disso, a inovação, segundo Bastos, atende a outras especialidades, como a fisioterapia e a educação física.

Mudança no currículo

Do contato com as pesquisas e com o método proposto por Hoppmann, em uma visita à University of South Carolina School of Medicina feita por Bastos, surgiu a proposta de implantar uma disciplina para ensinar os acadêmicos a lidarem com a ultrassonografia no atendimento médico.

A partir do segundo período letivo de 2013, que terá início no final do mês de setembro, os alunos do quarto período do curso de Medicina já terão acesso a disciplina Ultrassonografia Clínica. O reitor da Universidade, Henrique Duque, já liberou a verba de cerca de R$ 450 mil para a compra de três aparelhos de ultrassom portáteis e para bonecos de simulação importados para iniciar o ensino do método. “A intenção é causar uma revolução no ensino e na pesquisa por causa da potencialidade deste instrumento pedagógico”, explica o proponente da disciplina, Marcos Bastos.

Os aparelhos são de alta tecnologia e além de ser de fácil portabilidade pelo formato compacto, trazem possibilidade de gravar as imagens geradas para que os alunos possam discutir e comentar cada um dos casos com os professores, fatores que garantem um diferencial no ensino, conclui Bastos.

Outras informações: (32) 2102-3845 (Faculdade de Medicina)

Compartilhe: