26 técnicos integram quadro da universidade em Juiz de Fora e Valadares

Reitor agradeceu os novos servidores por escolherem a universidade (Foto: Alexandre Dornelas)

Vinte e seis novos técnico-administrativos em educação (TAE’s) passaram a fazer parte do quadro de funcionários da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Seis deles atuarão em Governador Valadares e os demais em Juiz de Fora. A cerimônia de posse foi conduzida nesta segunda-feira, dia 8, no Anfiteatro das Pró-reitorias, pelo reitor Henrique Duque.

Aos novos servidores do campus avançado, Duque enfatizou que “não há dicotomia entre os campi. A única coisa que nos separa é a distância física. Nós acreditamos no trabalho de cada um e esperamos que o esforço de todos resulte no êxito e no crescimento com qualidade da nossa universidade”. A pró-reitora de Recursos Humanos, Jackeline Fayer, lembrou sobre o desafio que os novos TAEs terão pela frente durante a implantação de toda estrutura administrativa em Governador Valadares.

Já para o pró-reitor adjunto de Recursos Humanos, Sebastião Girardi, as novas contratações mostram que a universidade fez a escolha certa ao entrar no Reuni. “Vocês são a prova disso. Nós apostamos anos atrás na escolha pelo Reuni e, em momentos como este, empossando tantos novos servidores, vimos que nossa aposta valeu a pena.”

Estudar e trabalhar na Universidade

Alguns dos novos servidores já mantinham vínculos antigos com a UFJF. Aluno do mestrado em Engenharia Elétrica, Guilherme Márcio Soares, assumiu o cargo de técnico de Laboratório na área de Eletrotécnica. Bolsista do laboratório, ele participou do projeto de instalação da iluminação de LED na Faculdade de Engenharia, e ressalta como é gratificante poder atuar como servidor concursado na instituição onde já desenvolvia pesquisas. “Trabalhar com pessoas que eu já conheço e no lugar onde eu estudo é muito bom, além de facilitar bastante o cumprimento das minhas funções”.

Quem também agora faz parte do quadro de funcionários da UFJF é a aluna do 6º período de Enfermagem, Rubiany de Novaes Toledo, empossada como técnica em Enfermagem. Rubiany está ansiosa para começar a trabalhar no Hospital Universitário (HU). “Quero começar logo e espero conseguir conciliar os horários e atividades no HU com os meus compromissos do curso”.

Campus em Governador Valadares gera expectativas

A inauguração do campus avançado da UFJF significa novo começo para alguns dos servidores que irão assumir seus cargos em Governador Valadares. Formada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), a administradora Eunice Maria Rocha de Moraes, que vive atualmente em Belo Horizonte, já foi professora, trabalhou em uma estatal e está disposta a começar uma nova vida ao se mudar para Valadares. Para ela, o cargo trará realização profissional, mesmo que ainda não conheça bem a cidade. “Estou muito animada para começar a trabalhar. A princípio vou me instalar em um hotel e depois talvez eu alugue um lugar definitivo para me estabelecer.”

Quem também está esperançosa com a nova atividade é Ana Maria dos Santos Moreira, técnica de Laboratório na área de Química. Formada em uma universidade particular da cidade, ela afirma que a chegada do campus avançado gerou grandes expectativas não só em quem vai participar diretamente de sua implantação, mas em toda população. “Todo mundo está muito animado. Em Valadares temos faculdades particulares e um polo da UFMG, mas esta é a primeira vez que uma universidade federal se instala lá, trazendo cursos que antes não existiam na cidade. É um momento muito importante”.

 

 

Compartilhe: