Ciclo de Conferências com Hans Küng discute a ética religiosa global

Hoje, Hans Küng, um dos teólogos católicos de maior  projeção mundial na atualidade, ministrará uma conferência no Museu de Arte Murilo Mendes (MAMM), com o tema "A ética e as religiões mundiais". Às 19h, antes do início da palestra, Hans Küng receberá o título de Doutor Honoris Causa, concedido pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

            O suiço, de 79 anos, que durante sua formação, passou por grandes universidades da Europa como Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma, na Itália; Sorbonne; Instituto Católico de Paris, na França, se dedica, hoje, em difundir a idéia de uma ética global das religiões em favor da paz no mundo.

            A vinda de Küng à Juiz de Fora faz parte do Ciclo de Conferências, denominada "CIÊNCIA E FÉ – POR UMA ÉTICA MUNDIAL", e foi iniciativa conjunta da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS), sob a coordenação do Instituto Humanitas Unisinos (IHU); do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Religião da UFJF; da Universidade Federal do Paraná (UFPR); da Universidade Católica de Brasília; da Universidade Cândido Mendes do Rio de Janeiro; e do Goethe Institut de Porto Alegre . O conferencista passará por cinco cidades do Brasil divulgando seus estudos.

            A professora Cleuza Andreatta, do IHU da UNISINOS, uma das responsáveis pelo Ciclo, comenta as idéias que Hans Küng apresentará ao público brasileiro. "Pessoalmente, o que acho interessante é a perspectiva de Hans sobre as possíveis contribuições das diversas religiões , em um contexto de pluralidade, e como elas podem se engajar, não só nos conflitos religiosos, mas também em questões como a pobreza, meio ambiente e violência. Ele aponta para um diálogo longe do que se refere a dogmas. Olha além disso. Olha para o entorno, voltado para a sobrevivência humana, o que é uma proposta relevante de busca de um 'lugar' de encontro religioso ", comenta.

            O coordenador do Programa de Pós-graduação em Ciências da Religião (PPCIR) da UFJF, Eduardo Gross, tem a mesma opinião e acrescenta que,  "em um mundo complexo como o de hoje, as religiões são um espaço de diálogo importante para elaborar diretrizes para a convivência humana. De um lado, vê-se uma ética puramente secular, do outro se percebe que a força das tradições religiosas, influentes no comportamento de milhões de pessoas, têm em si valores que não podem ser desprezados diante dos conflitos e das relações humanas", explica.

            O evento é destinado à professores, estudantes universitários e à comunidade em geral; a entrada é franca.

            Confira a programação de Hans Küng no Brasil:

CICLO DE CONFERÊNCIAS "CIÊNCIA E FÉ – POR UMA ÉTICA MUNDIAL"

22/10 – As religiões e a ética mundial – 20h – Unisinos – São Leopoldo/RS

23/10 – Religiões e ciência – 10h – Instituto Goethe – Porto Alegre/RS

23/10 – Um novo paradigma para as relações internacionais – 20h – UFPR

24/10 – Religiões mundiais e ética mundial – 20h – Universidade Católica de Brasília

25/10 – Ética mundial, direitos humanos e democracia – 09h – Câmara dos Deputados

25/10 – Religião e ciência – 18h30 – Universidade Cândido Mendes – RJ

26/10 – Religiões mundiais e ética mundial – 20h – MAM-UFJF

            Para ver a biografia do palestrante acesse o site www.ppcir.ufjf.br e para maiores informações ligue 2102-3116.

RB                                                     

Compartilhe: