UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Projeto ECOS

Você está em: Inicial > Histórico > Projeto ECOS

ECOS DO RIO DOCE – Educação, Comunicação e Sustentabilidade 

 COORDENAÇÃO: Braulio de Magalhães Santos

O projeto se alinha a partir de focos temáticos destacáveis na educação e saúde ambiental, saúde coletiva, direitos humanos e cidadania e se organiza em parceria com o Centro de Informação e Assessoria Técnica – CIAAT, organização não governamental que desde 2006 atua para melhoria de capital social e humano em agrupamentos urbanos e rurais, em uma perspectiva de desenvolvimento comunitário sustentável, especialmente na região leste do Estado de Minas Gerais. Alinha-se pela Política Nacional de Educação Ambiental – Lei n.º 9.795/1999, assim como ao Programa Nacional de Educação Ambiental (ProNEA), notadamente na linha de ação de comunicação para a Educação Ambiental e conecta-se com as diretrizes da Agenda das Nações Unidas (2015-2030) para os ODS – Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Tem a Educomunicação como política educacional pela perspectiva dialógica, popular, autonomista e democrática. Adota-se a perspectiva Freiriana de que “a leitura do mundo precede a leitura da palavra” e, como isso, pretende atuar em espaços didático-pedagógicos formal, informal e não-formal, evidentemente com suporte em metodologias participativas (ativas) de promoção da cidadania, com recursos e dispositivos pautados no protagonismo, na diversidade de saberes, nas percepções, sensibilidades e significantes de todas(os) envolvidas(os). Nos espaços de ação do CIAAT com seus projetos em curso e adequado aos públicos atendidos: agricultores, assentados e suas famílias, estudantes, educadores e servidores, colaboradores e consumidores instalados nas cidades, distritos, comunidades, vilarejos e serão inseridos espaços integrados com a UFJF-GV visando qualificar o processo educomunicador para uma ação comunicativa integradora e transformadora para um fluxo mobilizador e formador permanente pela comunicação e informação ambiental, com espaços pedagógicos de vivências, experiência aprendiz, diálogos interativos, criação e produção comunicacional, rodas de conversa, enfim, na promoção dos ecossistemas comunicativos, ou seja, espaços educativos baseados em encontros, fortalecimento de relações, vivências interculturais, comunidades interpretativas e de informação/formação. Espera-se o alcance nos objetivos previstos pelo CIAAT, como a difusão do conhecimento sobre a Agenda ONU 2015-2030 sobre os ODS e a implementação destes nas práticas e atividades em curso, assim como o desenvolvimento de habilidades e competências pelas(os) estudantes nesse processo interativo – (trans)formativo com os públicos externos à academia, e que esta absorva o máximo pelos vários processos educativos gerados nessa parceria.

Projeto encerrado em 2021

Programa Ambiente-se