UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

por aí – Viajar é viver!

Você está em: Memória > Revista Giro > Edições Anteriores ''Informativo Giro'' > Giro 10 – Setembro 2007 > por aí - Viajar é viver!

Por Ananda Rivelli
Aluna do 7ºP de Turismo UFJF

Sempre ouvi dizer que sonhos são pra quem sonhar, e por acreditar nisso sempre sonhei bem alto, diga-se de passagem. Recém chegada de uma cidade do interior, a nova vida em Juiz de Fora já me fascinava por si só, mas meus pensamentos foram ainda mais longe quando uma conhecida me contou que iria passar uma temporada fora do país para aperfeiçoar o inglês. Daquele dia em diante a possibilidade de um mundo totalmente novo se abriu diante dos meus olhos, ou melhor dizendo, na minha imaginação, já que não podia ter uma idéia real de como seria a possível viagem. Foi um ano de preparativos, desde convencer meus pais a financiar a viagem até a escolha do país e, finalmente, em 3 de fevereiro de 2003, embarquei no vôo São Paulo/Toronto. Sim, Canadá foi a minha escolha!!! E não poderia ter sido melhor, só tenho coisas boas a falar sobre um país que se tornou minha segunda pátria.

O destino final foi a pequena cidade de Truro, na província da Nova Scotia, costa leste do Canadá. No aeroporto me esperavam ansiosos minha “host family”, com cartazes e sorrisos tão acolhedores que até perdi a vergonha de “arranhar” o meu inglês, que na época não era nada bom. Era tudo novo para uma menina de 17 anos que nunca havia ficado longe dos pais por mais do que alguns dias. Era inverno, a neve caindo lá fora e os termômetros marcando 20 graus negativos.

A família Parker, tinha ainda uma outra intercambista da Coréia do Sul o que enriqueceu ainda mais o meu intercâmbio, pois pude aprender um pouco da belíssima cultura oriental.

Foram cinco meses maravilhosos nos quais eu freqüentei uma típica escola Canadense, esquiei pela primeira vez, fiz meu primeiro boneco de neve, pude melhorar, pra não dizer aprender inglês e muitas outras coisas, dentre elas, ser mais tolerante com as diferenças entre os povos. Cinco anos depois ainda mantenho contato com minha “host family” e alguns amigos. Também guardo com carinho as belas recordações de um país tão lindo e com um povo tão acolhedor.

Gostei tanto desse intercâmbio que resolvi no ano passado repetir a experiência, um pouco diferente dessa vez. A finalidade da viagem não era estudo, mas trabalho, o que, na minha opinião, tem tornado esse tipo de experiência mais acessível a todos pelos baixos custos dos programas. Enfim, dessa vez o destino escolhido foi Califórnia, Estados Unidos. A região se chama Lake Tahoe e possui características completamente diferentes do resto do estado, por se tratar de uma região de montanhas e frio. Após entrevista, que ocorreu no Rio de Janeiro, fui contratada para trabalhar como “retail assistant” nas lojas de um luxuoso Ski Resort, chamado Resort at Squaw Creek.

A experiência não podia ter sido melhor, pois lidava diretamente com o público e pude aprimorar ainda mais o meu inglês. Nos dois primeiros meses dividi uma casa com outros brasileiros, mas no último mês tive a oportunidade de morar com Americanos e Australianos, podendo assim praticar inglês também em casa, além, é claro, da troca de experiências.

Também viajei, conheci a bela São Francisco e antes de retornar ao Brasil realizei mais um de meus sonhos assistindo à peça “O Fantasma da Ópera”, na Broadway.

É muito difícil resumir essas experiências em tão poucas palavras, mas meu recado é muito simples: VIAJE, para perto, para longe, por um dia, um mês, um ano…não importa. Com certeza encontrará lugares incríveis e pessoas inesquecíveis!!!

 

Compartilhe:

    Graduação em Turismo


    Acessos desde 22/04/2015: