Comitê avalia instalações para o mundial de dança em cadeira de rodas

professor_konstantin_vasilev_Gabriela_Said_UFJF

Professor Konstantin Vasilev participou da vistoria na UFJF

Juiz de Fora recebeu nesta semana a representante do Comitê Paralímpico Brasileiro, Luciana Scheid, e o membro do Comitê Paralímpico Internacional e presidente do Controle Técnico do Comitê Técnico de Dança Esportiva em Cadeira de Rodas, Konstantin Vasilev,  com o objetivo de vistoriar os espaços físicos da cidade, que está se candidatando como sede do Campeonato Mundial de Dança em Cadeira de Rodas.

Em reunião realizada na última quarta-feira, 16, entre os representantes dos comitês, da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), da Secretarias de Esporte e Lazer e do Núcleo de Turismo da Prefeitura de Juiz de Fora foram discutidas as possibilidades de realização do evento, previsto para novembro deste ano. O campeonato deve reunir cerca de 250 participantes vindos de vários países e necessitará de infraestrutura esportiva, hoteleira e de transportes.

“Para que Juiz de Fora se destaque e consiga atrair pessoas do mundo todo para esse evento, é preciso aliar uma boa estrutura à consciência coletiva da população de que algo desse porte será vital para a economia da cidade”, comenta o professor Vasilev.

A coordenadora de Acessibilidade Educacional Física e Informacional, Eliana Lúcia Ferreira, também apontou a capacidade da cidade de atender as demandas que o campeonato traz consigo como um fator decisivo para a escolha da sede, ressaltando a necessidade de se amadurecer a cooperação entre a Prefeitura de Juiz de Fora com a UFJF para suprir as falhas ainda existentes na acessibilidade urbana local.

Vasilev também apontou que os problemas percebidos na infraestrutura local não são exclusividade de Juiz de Fora. “O país inteiro precisa se adaptar melhor e amenizar problemas cada vez mais comuns nas cidades brasileiras, como a demora na locomoção nas vias urbanas e a pouca disponibilidade de veículos adaptados, ou não será capaz de atender as expectativas dos turistas que virão ao Brasil durante a realização do evento.” A divulgação da escolha dependerá da análise de documentação da cidade, mas há a possibilidade de a decisão ser conhecida até a última semana de fevereiro.

Professor  continua curso sobre danças

A UFJF, em parceria com a Confederação Brasileira de Dança em Cadeira de Rodas (CBDCR) está promovendo cursos ministrados pelo professor Vasilev, realizados na Faculdade de Educação Física (Faefid), no campus da universidade.

curso cadeira de rodas UFJF_Gabriela Said_16012013

Participantes do curso de dança esportiva em cadeira de rodas iniciaram as aulas na última quarta, 16 na Faculdade de Educação Física

As aulas vão até o próximo dia 22 e têm o objetivo de capacitar profissionais de diversas regiões do Brasil para implantarem e desenvolverem a dança esportiva em cadeira de rodas em seus municípios de origem, além de consolidar e fortalecer a prática da atividade no Brasil. Para a pentacampeã na modalidade Viviane Pereira Macedo, a vinda do especialista russo, que também é árbitro, pode ajudar a solucionar as deficiências técnicas do Brasil, pois ele traz uma visão do cenário mundial, enriquecendo o conteúdo do curso.

Ao todo, foram ofertadas 50 vagas nas modalidades práticas duo (um casal de cadeirantes), combi (um casal formado por um cadeirante e um andante) e single (solo), sendo que a última ainda não é praticada como modalidade esportiva.

Também serão ofertados outros dois cursos. “Dança Esportiva em Cadeira de Rodas para atletas brasileiros filiados à CBDCR”, de 23 a 30 de janeiro, e o “Arbitragem de Dança em Cadeira de Rodas” de 31 a 2 de fevereiro.

Outras informações: (32) 2102-3283 (Faculdade de Educação Física)

Coordenação de Acessibilidade Educacional, Física e Informacional (Caefi)

Confederação Brasileira de Dança em Cadeira de Rodas (CBDCR)

Faculdade de Educação Física e Desportos

 

Lucas Guedes, estudante de Jornalismo e bolsista da Secretaria de Comunicação

Compartilhe: