Investimentos em 2012 resultarão em infraestrutura, recursos humanos e conhecimento

Recursos investidos ao longo de 2012 irão resultar em melhorias nos materiais de estudo e pesquisa da instituição (Foto: Rizza)

2012 foi o ano em que a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) realizou o maior investimento de sua história, divulgado no fim do ano, com valores em torno de R$ 530 milhões. Tal montante deve impactar a vida acadêmica da universidade, com melhorias no ensino, pesquisa e extensão, mas também trará benefícios para toda a cidade e região.

Segundo o pró-reitor de Planejamento e Gestão da UFJF, Alexandre Zanini, apesar de a maior parte dos investimentos ser destinada à construção do campus de Governador Valadares, do Parque Científico e Tecnológico, do Planetário e do Jardim Botânico, uma parte significativa resultará em melhorias nos materiais de estudo e pesquisa da instituição. Ele afirma que R$ 48 milhões serão destinados a equipamentos, softwares, móveis, veículos e livros. “Num contexto de uma expansão planejada, estamos criando as condições objetivas para que nossa comunidade acadêmica possa desenvolver da melhor forma possível seu trabalho.”

Tal melhoria é sentida, por exemplo, pelos usuários e funcionários da biblioteca. Segundo a Coordenadora do Centro de Difusão de Conhecimentos (CDC – órgão que gerencia as bibliotecas da UFJF), Adriana Aparecida de Oliveira, houve um ganho quantitativo e qualitativo para as bibliotecas. “Do pequeno acervo que tínhamos há poucos anos, nós, em 2012, já conseguimos praticamente completar a bibliografia básica e complementar dos cursos de graduação. O acervo da pós-graduação também cresceu muito.”

Segundo Adriana, outra novidade foi o investimento em bases digitais, que são livros adquiridos em formato digital por um preço acessível, podendo ser consultados em leitores digitais portáteis, como um tablets. “Esse é um diferencial em relação a outras universidades. Democratiza o acesso à informação, além de servir a estudantes dos campi de Juiz de Fora e Governador Valadares.”

Qualidade de ensino em Valadares

Campus de Valadares foi outra unidade que recebeu investimentos.

De acordo com o pró-reitor de Planejamento da UFJF, Carlos Elizio Barral Ferreira, prover estrutura material para os estudantes de Governador Valadares foi outra tarefa que demandou investimentos. “Tivemos de investir para realizar o vestibular e para começar o período letivo. Providenciamos equipamentos, materiais de consumo, livros, tudo o que era necessário para oferecer aos estudantes do campus de Valadares a mesma qualidade da sede.”

Para que as aulas já começassem nesse ano, a Pró-reitoria de Planejamento, vinculada à de Planejamento de Gestão, também arcou com a negociação para conseguir laboratórios e salas de aula junto às instituições locais. “Fizemos parcerias com universidades particulares da cidade para conseguirmos salas de aula e laboratórios, enquanto não temos o novo campus avançado.”

Novos equipamentos beneficiam servidores

Outro setor beneficiado foi o de Recursos Humanos. Para acompanhar sua expansão nos últimos anos, a Universidade Federal de Juiz de Fora está investindo fortemente em seus quadros. Somente na categoria de docentes do Ensino Superior, estão sendo criadas 218 novas vagas de professores efetivos. A previsão é de que o número de docentes efetivos na instituição dobre em oito anos (desde 2006), chegando a mais de 1.500 em 2014.

Segundo a pró-reitora Jackeline Fayer, os recursos da instituição também resultaram na compra de equipamentos que potencializam o trabalho dos servidores. “Ao longo de 2012, a Pró-reitoria de Recursos Humanos adquiriu novos materiais permanentes, sendo inúmeros equipamentos de informática, como impressoras e computadores, condizentes com as necessidades da instituição.”

Para Jackeline, uma das principais conquistas foi a consolidação da liberação, pelo Ministério da Educação (MEC), dos códigos de vagas do banco de professor equivalente, bem como da liberação dos códigos de vaga do Reuni. “Foi um ano que também trouxe grandes ganhos para os servidores, como o Programa de Apoio à Qualificação dos Servidores (Proquali), que contemplou com bolsas centenas de servidores durante o ano”.

De acordo com a pró-reitora, o desafio para 2013 é prover recursos humanos para o campus avançado de Governador Valadares e continuar construindo parcerias com os demais setores da UFJF, para desenvolver e melhorar a gestão de pessoas.

Mais investimentos em 2013

Quanto às expectativas para 2013, Zanini afirma que será um ano de consolidação das ações implementadas nos últimos anos. O pró-reitor explica que, em 2013, além de iniciar as obras anunciadas no fim desse ano, novos investimentos devem ser feitos. Entre eles estão o lançamento das licitações da construção do prédio da nova reitoria, do novo complexo esportivo da Faculdade de Educação Física e Desportos (Faefid) e do Colégio de Aplicação João XXIII, do novo prédio da Faculdade de Comunicação e das reformas na Faculdade de Administração, de Direito e de Serviço Social. “Será um ano de muito trabalho. Hoje, para administrar uma universidade como a nossa, é preciso vivê-la intensamente a todo instante.”

Mais informações: (32) 2102-3918 (Pró-Reitoria de Planejamento e Gestão)

(32) 2102-3930 (Pró-reitoria de Recursos Humanos)

(32) 2102-3761 (Biblioteca Universitária)

Compartilhe: