Dissertação da Faculdade de Economia é vencedora de prêmio do BNDES

Admir Betarelli Junior com a orientadora Suzana Quinet, a quem dedicou o prêmio pelas precisas contribuições com o trabalho

A dissertação de mestrado de Admir Antonio Betarelli Junior, ex-aluno do Programa de Pós-Graduação em Economia Aplicada da UFJF, ganhou o primeiro lugar na categoria do 32º Prêmio do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES). Betarelli recebeu um prêmio em dinheiro e um diploma de reconhecimento do BNDES. Sua dissertação será publicada em uma obra com a finalidade de divulgar os melhores trabalhos do concurso.

Com o título “Análise dos Modais de Transporte pela Ótica dos Blocos Comerciais: uma abordagem Inter-setorial do Insumo-produto”, a dissertação busca identificar as interações ou impactos das exportações nos transportes rodoviário, ferroviário, fluvial, aéreo e marítimo do país em termos de movimentação de carga (toneladas transportadas).

Para isso, foi construída uma matriz híbrida de insumo-produto para cada bloco comercial – Mercosul, União Européia, NAFTA e restante do Mundo. Os resultados mostram que as pressões sofridas pelos modais são distintas de acordo com a atividade e com os diferentes blocos de exportação. A localização geográfica dos blocos comerciais e as peculiaridades de cada transporte também influem nos graus de pressões.

A orientadora do trabalho, professora Suzana Quinet, explica que o alcance prático deste estudo consiste na sua capacidade de nortear políticas de exportação. “Esse trabalho fornece, em particular, informações de demanda que subsidiam as decisões dos planejadores públicos na elaboração de políticas setoriais de exportação direcionadas para o não comprometimento da atual oferta de transporte no Brasil”. Segundo ela, a dissertação também ampara possíveis decisões sobre novos investimentos em infraestrutura de transporte para suportar a expansão do país no mercado internacional.

Ao receber a notícia do prêmio, Betarelli, não esquecendo todos os seus apoiadores, comemorou o sucesso da sua dissertação. “A sensação é maravilhosa, ou melhor, fantástica. Dedico esse resultado à minha família, particularmente ao meu falecido pai, e aos meus eternos orientadores, professores Suzana Quinet Andrade Bastos e Fernando Salgueiro Perobelli. Se estou comemorando hoje este resultado, é porque as orientações deles foram precisas e diferenciais”.

Segundo Betarelli, o Programa de Pós-graduação em Economia Aplicada tem grande potencial para contribuir com a economia do país. ”Esse resultado é só um dos grandes que o programa de mestrado já conquistou. Não sou o primeiro e nem o último premiado. Existem ótimas dissertações desenvolvidas pelo programa entre as quais já receberam ou receberão os seus devidos reconhecimentos. Não tenho dúvidas disso. Pode escrever: premiações como estas serão frequentes na UFJF.”

O tradicional prêmio, iniciado em 1977, por iniciativa do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES), analisa anualmente trabalhos científicos de todo o país na área de economia e busca estimular a pesquisa das questões econômicas nacionais, regionais e setoriais, nos campos da Ciência Econômica Pura e Aplicada.

Leia a dissertação na íntegra aqui.

Outras informações:

http://www.ufjf.br/economia/

(32) 2102-3541/3542 – Secretaria da Faculdade de Economia

 

Compartilhe: