Exposição no MAMM rememora vida e obra de Nívea Bracher


Estação, Óleo sobre tela - 1961

 

Mesmo que Nívea Bracher seja considerada uma importante retratista em tela do país, a exposição que a homenageia não nega os outros traços da artista e abre ao público uma mostra de paisagens, retratos e naturezas, revelando seu perfil criativo e repleto de movimento por trás dos esboços da pintora. A partir do dia 1º de setembro, o Museu de Arte Murilo Mendes (MAMM), da Universidade Federal de Juiz de Fora, expõe a artista que se destacou não somente na cidade, mas alçou seu trabalho para todo o cenário nacional. A abertura acontece às 20h.

A narrativa de Nívea Bracher: paisagens, retratos, naturezas conta a história da artista, que tem sua própria evolução registrada em alguns dos espaços de maior influência na arte produzida na cidade, como a Galeria Celina e a Sociedade de Belas Artes Antônio Parreiras. Provinda de uma família de devotados à arte – e não somente à pintura–, Nívea exibe através de suas telas suas inquietações e ideais, mas também expõe a memória de sua geração e dos movimentos dos quais participou.

Retrato de Roberto Gil, Acríica sobre tela - Sem data

 

Figuras que não retratam apenas o físico do retratado, olhares críticos sobre tradicionais espaços da cidade e uma visão ímpar das paisagens de Juiz de Fora estão entre os trabalhos que compõem a exposição e que evidenciam um olhar sobre a trajetória da vida artística de Nívea Bracher. Fugindo à tradicional forma de representação, seus retratos captam os sentimentos e emoções dos indivíduos. Aos olhos da própria Nívea, tudo começou ainda muito cedo. “O meu natural foi se tornando para a pintura. Eu gostava muito de desenhar os artistas do cinema, mas não essas figuras já ‘glamourizadas’, gostava de pegar detalhezinhos de jornal, pois ali que eu sentia a essência da pessoa”. A exposição traz retratos de personalidades e pessoas próximas à artista como os irmãos Décio e Carlos Bracher, além de Frederico Bracher, Roberto Gil e Roberto Vieira.

A exposição pode ser visitada de terça a sexta-feira, das 10h às 18h, e aos sábados, domingos e feriados, das 13h às 18h.

O Mamm fica localizado na Rua Benjamin Constant 790, região central da cidade.

Outras informações: (32) 3229-9070 (Mamm)

 

Compartilhe: