Seminário debate implementação de políticas voltadas à saúde mental

A Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) realiza, no dia 22 de novembro, o "Seminário Redes de Atenção em Saúde Mental". O evento acontece no Anfiteatro do Centro de Ciências da Saúde, a partir das 8h, e contará com a participação do psiquiatra e Ccoordenador Nacional de Saúde Mental, Pedro Gabriel Godinho Delgado.

O Seminário será composto por duas mesas-redondas, uma marcada para as 9h; outra, para as 14h. Os debates serão mediados, respectivamente, pela psicóloga e coordenadora estadual de saúde mental de Minas Gerais, Marta Elizabeth Souza, e pelo psiquiatra e professor da Faculdade de Medicina da UFJF, Jairo de Almeida Gama.

A importância da construção de redes de atenção para atender à política de saúde mental e a necessidade de organizar e de gerir redes de atendimento locais, com base em experiências de cidades brasileiras, estão entre os temas abordados.

Segundo a coordenadora do Curso de Especialização em Saúde Mental da Faculdade de Medicina, Arlete Amaral, a estruturação de redes de atenção é importante para superar a lógica da internação como única forma de tratar portadores de transtornos mentais. "A reforma psiquiátrica deve facilitar à população, o acesso aos serviços de saúde mental, bem como criar um modelo substitutivo ao dos manicômios, com ênfase na atenção psicossocial", explica.

Quanto à realidade de Juiz de Fora, a professora é incisiva. "A cidade ainda não tem propriamente uma Rede de Atenção em Saúde Mental. São poucos os serviços substitutivos, em conformidade com as atuais políticas de saúde mental." Para ela, a maior parte dos serviços segue a lógica de um modelo hierarquizado, com vários níveis de atenção, de modo que o usuário faz um longo percurso até chegar ao serviço onde poderia receber tratamento e atender as suas necessidades.

Além da participação do coordenador nacional de saúde mental, participam do evento representantes dos municípios de Belo Horizonte e de Campinas, Kelly Nilo e Deivisson Viana, respectivamente, e o ex-coordenador de saúde mental da cidade de Sobral, no Ceará, Alexandre de Araújo Pereira.  

Podem participar do Seminário gestores, profissionais, familiares e usuários dos serviços de saúde mental, além de estudantes, de membros da comunidade e de profissionais de outras áreas do conhecimento interessados no assunto.

As inscrições podem ser realizadas, antecipadamente, no Núcleo de Assessoria, Treinamento e Estudos em Saúde (Nates) ou no dia e no local do evento, às 8h.

            Confira, abaixo, a programação do evento.

Horário

Atividade

8h – 8h30

Credenciamento

8h30 – 9h

Abertura

9h – 12h

Mesa redonda

Mediador:

- Marta Elizabeth Souza (psicóloga e coordenadora estadual de Saúde Mental de Minas Gerais)

Componentes:

- Pedro Gabriel Godinho Delgado (psiquiatra, professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro e coordenador nacional de Saúde Mental);

- Deivisson Viana (psiquiatra e representante da Coordenação de Saúde Mental de Campinas).

14h – 17h

Mesa redonda

Mediador:

- Jairo Gama (psiquiatra e professor da Faculdade de Medicina da UFJF)

Componentes:

- Alexandre de Araújo Pereira (psiquiatra, professor de Medicina da Unifenas/BH e ex-coordenador de Saúde Mental de Sobral/CE);

- Kelly Nilo (psicóloga e representante da Coordenação de Saúde Mental de Belo Horizonte).

17h

Encerramento

Outras informações: (32) 2102-3830 / (32) 2102-3832

Compartilhe: