UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

  • ISSN 1980-8518

Apresentação

A palavra Libertas, que hoje dá título à revista da Faculdade de Serviço Social da Universidade de Juiz de Fora, representa para todos nós a certeza de que estamos comprometidos com a garantia do pluralismo e da liberdade de expressão e crítica que marcaram o desenvolvimento do Serviço Social nos anos 90 e que nos desafiam neste novo século que está por chegar. A revista nasce então, em um momento muito especial, como um espaço aberto e livre para a expressão de idéias e propostas que fortalecerão o projeto ético-político de nossa profissão, reafirmando nosso compromisso com a democracia plena, a cidadania e a justiça social, elementos que só se desenvolvem em um cenário de real liberdade. Acompanha-nos a esperança de que estejam livres nossas idéias, nossas práticas, nossas mais diversas relações sociais, aceitando novos desafios e reafirmando históricos princípios de nossa profissão.

 

Como nos ensina Drummond: “… aprendi novas palavras e tornei outras mais belas.” Libertas é um chamado, uma evocação (liberta representa o imperativo do verbo libertar). Nesse sentido, é um chamado para a adesão de profissionais das mais diversas áreas ao projeto que nossa Faculdade vem historicamente construindo ao se articular com os organismos da sociedade civil na região, em busca de uma verdadeira liberdade, que nos dias atuais, vem sendo constantemente confundida com liberalismo, neoliberalismo, liberdade de mercado, globalização, etc.

 

Ao escolhermos a palavra Libertas para dar nome à nossa revista, lembramos que ela se refere justamente ao ideal de liberdade, que alimentou os mais antigos movimentos de nossa região, chegando a compor a expressão da bandeira de Minas Gerais e a ser cantada em prosa e verso por poetas como Carlos Drummond de Andrade e Murilo Mendes. Libertas vem agora recuperar este ideal, para que não nos deixemos iludir por aqueles que, em nome da liberdade, nos aprisionam ainda mais.

 

Profª Cristina S. Bezerra
Profª Rosângela M. Lage

 

_____________________________________________________________________________________

TOPO DA PÁGINA

 



Libertas – Revista da Faculdade de Serviço Social – Programa de Pós-graduação em Serviço Social – UFJF