UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Ano VI :: Volume 11 :: Novembro 2010

Você está em: Volumes publicados > Ano VI :: Volume 11 :: Novembro 2010

Editorial

 

O número 11 da revista eletrônica GATILHO apresenta seis artigos de alunos envolvidos em pesquisa acadêmica: dois de doutorandos em Estudos Linguísticos de Programas de Pós-Graduação de outras instituições nacionais; dois de mestrandas vinculadas ao Programa de Pós-Graduação em Linguística da UFJF; um de alunas do curso de Especialização em Ensino de Língua Portuguesa da UFJF, e um de uma graduanda em Letras da UFJF.

 

Abrindo esta edição, Priscila Brasil Gonçalves Lacerda, em seu artigo intitulado “Sobre a constituição do objeto de estudos em sintaxe: considerando alguns princípios de Saussure”, desenvolve algumas reflexões a partir das formulações de Ferdinand de Saussure, em seu Curso de Linguística Geral (1916), com vistas a promover uma discussão acerca da abordagem da macrossintaxe, tal como foi definida por Alain Berrendonner, em 1990.

 

Em seguida, Marcos Luiz Wiedemer trata da “Influência das variáveis sociais sobre o uso das preposições no complemento locativo do verbo ir na fala catarinense”, focalizando os diferentes usos das preposições “a/para/em” no complemento locativo desse verbo, com base em dados de amostras da fala catarinense do Projeto VARSUL (Variação Linguística Urbana no Sul do Brasil).

 

No artigo “Implicações de uma análise linguística variacionista a partir de uma perspectiva discursivo-pragmática: um estudo inicial sobre o futuro no português brasileiro”, Priscila Teixeira Matos e Rogéria Tarocco dos Santos investigam a expressão de futuridade no Português Brasileiro e, a partir de um confronto teórico entre as postulações de Labov (1972) e Lavandera (1978), analisam dados de fala que compõem o corpus do Projeto NURC/RJ.

 

As autoras Nathália Felix de Oliveira e Tatiana Lima Campos, em seu artigo “A relevância do treinamento da consciência fonológica e da consciência morfológica no processamento da escrita”, ressaltam a importância de se combinarem os princípios fonográfico e semiográfico da escrita, defendendo a necessidade de uma abordagem reflexiva da ortografia em sala de aula.

 

O artigo escrito por Daniele de Souza Leite Molina – “Empréstimos linguísticos no campo lexical: a contribuição do português para o léxico da língua inglesa” – insere-se no escopo teórico da Sociolinguística Variacionista e focaliza as situações de contato linguístico e suas consequências, ressaltando um significativo conjunto de vocábulos de origem portuguesa na língua inglesa em suas variedades britânica e americana.

 

Por fim, o artigo de Michele Monteiro de Souza, intitulado “Análise lexicográfica na FrameNet Brasil”, é resultado de sua pesquisa como bolsista de Iniciação Científica no Projeto FrameNet Brasil, e representa uma contribuição para a construção de um dicionário de frames da Língua Portuguesa, acessível on line.

 

A Comissão Editorial agradece aos nossos colaboradores por seu excelente trabalho.

 

Artigos

 

 

Revista Gatilho