UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

ISSN 1519-5759

Volume 9 – N° 1 – jan. – jul. 2007

Você está em: Edições Anteriores > Volume 9 - N° 1 - jan. - jul. 2007 > Volume 9 - N° 1 - jan. - jul. 2007

Urbanização e Poder: Elites políticas e a modernização de Piracicaba na I República

Eliana T. Terci

 

Resumo: O neo-colonialismo decorrente da II Revolução Industrial integra o Brasil, um país escravista e agrário, às correntes do comércio internacional. A conjuntura modernizadora que se inaugura é propícia aos ideais republicanos – o abolicionismo, a descentralização política e o liberalismo – e torna as cidades o locus privilegiado da institucionalização desse fazer histórico. Piracicaba vivencia essa transição: a \”administração modelo\” do PRP nos primeiros decênios e o \”bairrismo piracicabano\”, versão local do nacionalismo dos anos 20, são ilustrativos da estruturação do poder dos republicanos que reordena o espaço urbano, redefine suas funções e segrega a população.

Palavras-chave: Piracicaba, republicanos, cana-de-açúcar, urbanização, modernidade.

 

Abstract: The neo-colonialism as a result of II Industry Revolution includes Brazil, a slavery and agricultural country in international trade. The begining of this modern period promotes the republican idéas such as the abolicionism, the politic descentralization and the liberalism and turn the cities the locus to a institucionalization of historical made. Piracicaba experiences this transition: the \”model administration\” of the PRP in the first decades and the \”bairrismo piracicabano\”, domestic version of the nacionalism wage of the 20 years, ilustrating the formation of the republican power, reordering the public space, defining funtions and people\’s segregation.

Keywords: Piracicaba, republican, sugarcane, urbanization, modernity.

 

TERCI, Eliana T. URBANIZAÇÃO E PODER: Elites políticas e a modernização de Piracicaba na I República. Revista Eletrônica de História do Brasil. Juiz de Fora, volume 9, número 1, jan-jun, 2007.

 

 

« voltar

Revista Eletrônica de História do Brasil – REHB