UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

ISSN 1519-5759

Volume 7 – N° 2 – jul. – dez. 2005

Você está em: Edições Anteriores > Volume 7 - N° 2 - jul. - dez. 2005 > Volume 7 – N° 2 – jul. – dez. 2005

Câmaras municipais e poder local: o “avesso do desejo” metropolitano

Michelle Cardoso Brandão

 

Resumo: Este artigo tem como objetivo pautar as características gerais da burocracia camarária colonial, relacionando-a com sua “genitora” metropolitana no espaço de Minas Colonial. Ele faz parte de uma série de pesquisas sobre a Câmara Municipal marianense (1711-1800) cujo objetivo é estudar a autonomia local e como se estabelecia a rede de relacionamentos entre coroa e elite mineira no período em questão. Além disso, o artigo busca ratificar como mecanismos metropolitanos foram capazes de potencializar o poder local, constituindo numa contradição no devir das câmaras municipais em relação ao desejo reinol.

Palavras-chave: Poder, Império, colônia, Câmara municipal.

 

Abstract: This paper has a purpose to rule the basic colonial counsel bureaucracy’s characteristics, relating to its “metropolitan progenitor” at the region of Colonial Minas. It is part of a series of researches about the Marianense’s City counsel (1711-1800) whose goal is to study the local autonomy and how did the network between the crowd and Minas’ mining elite worked on the time period in question. And more, this article seeks to ratify about how did metropolitan mechanisms wore able to potentiate the local power, which build itself in contradiction to the city counsel’s duty as it relates to the King’s will.

Key words: Power, Empire, Colony, City counsil

 

BRANDÃO, Michelle Cardoso. Câmaras municipais e poder local: o “avesso do desejo” metropolitano. Revista Eletrônica de História do Brasil. Juiz de Fora, volume 7, número 2, jul-dez, 2005.

 

« voltar

Revista Eletrônica de História do Brasil – REHB