UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

ISSN 1519-5759

Volume 10 – N° 1 e 2 – jan. – dez. 2008

Você está em: Edições Anteriores > Volume 10 - N° 1 e 2 - jan. - dez. 2008 > Volume 10 - N° 1 e 2 - jan. - dez. 2008

Fiadores, procuradores e testas de ferro: as redes de negociantes nas arrematações de contratos na América Portuguesa no setecentos.

Luiz Antônio Silva Araújo

 

Resumo: Neste artigo procuramos caracterizar as redes de negociantes que arremataram nas décadas de 1730 a 1760 contratos de tributos e direitos régios da América portuguesa. O período em questão foi marcado por uma hegemonia de negociantes lusitanos, especialmente aqueles vinculados à Praça de Lisboa (não exclusivamente), na arrematação dos contratos e por uma centralização no Conselho Ultramarino dos processos de arrematações. Duas características chamam a atenção em relação ao tema: a formação de sociedades temporárias e a articulação destes negociantes em redes. Esta última é o principal foco deste artigo e o objetivo é de apresentar a relevância de pesquisas focadas nos fiadores, procuradores e testas de ferro, e não apenas nos titulares dos contratos, permitindo melhor dimensionar as hierarquias e sociedades na formação de redes que proporcionavam a ampliação de negócios nos tratos mercantis e na cobrança de tributos e direitos régios.

Palavras-chave: Contratos – América Portuguesa – negociantes

 

Abstract: In this article we tried to characterize the merchants’ networks that finished up in the decades from 1730 to 1760 contracts of tributes and royal rights of Portuguese America. The period at issue was marked by a hegemony of Portuguese merchants, especially those linked to the Square of Lisbon (not exclusively), in the auction of the contracts and for a centralization in Foreign Council of the auction processes. Two characteristics get the attention in relation to the theme: the formation of temporary societies and these merchants’ articulation in networks. This last one is the main focus of this article and the objective is to present the relevance of researches focused in the guarantors, attorneys and figureheads, and not just in the title-holders of the contracts, allowing better scale of the hierarchies and societies in the formation of networks that provided the enlargement of businesses in the mercantile deals and in the collection of tributes and royal rights.

Keywords: Contracts – Portuguese America – merchants

 

ARAÚJO, Luiz Antônio Silva. Fiadores, procuradores e testas de ferro: as redes de negociantes nas arrematações de contratos na América Portuguesa no setecentos. Revista Eletrônica de História do Brasil. Juiz de Fora, volume 10, número 1 e 2, jan-dez, 2008.

 

 

« voltar

Revista Eletrônica de História do Brasil – REHB