UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

RNR – Juiz de Fora – 2002

Você está em: Eventos > RNR - Juiz de Fora - 2002

O ano de 2002 se iniciou com o pensamento na organização da Reunião Nacional de Ramos (RNR). Mesmo já formado e fazendo Mestrado na UFJF, Erick foi o coordenador do evento. Juiz de Fora foi o palco do 1º RNR do IEEE – Conselho Brasil, o que fez com que o nome do Ramo se tornasse muito respeitado pelos outros Ramos do país.
No desenvolvimento do projeto do RNR surgiram diversas ideias de incentivo e divulgação do IEEE na Universidade, como concurso de logotipos e grupo de discussões. Mas as ideias não se restringiram somente na preparação do evento, já que a criatividade e a motivação dos participantes foram decisivas para o sucesso do mesmo.
O 1º RNR – Juiz de Fora contou com a participação de mais ou menos 100 pessoas, entre elas muitos alunos da própria universidade que buscavam saber um pouco mais sobre as atividades desenvolvidas pelo Ramo Estudantil e o IEEE. O apoio financeiro foi uma junção de fundos do IEEE, da Seção Minas, patrocinadores e da própria faculdade. No evento aconteceram palestras sobre o IEEE e de patrocinadores, visita técnica à Usina de Sobragi, eventos sociais como churrascos, jantares e a tradicional Feira Regional, que reúne cultura e comidas típicas das regiões envolvidas em uma grande festa de descontração e entretenimento. Com a Feira Regional os organizadores tentaram seguir o formato das Feiras das Nações que era característica dos RRR’s. A ideia de se valorizar a parte social do encontro foi muito gratificante, uma vez que as pessoas envolvidas tiveram um maior prazer na participação, houve incentivo para a criação de novos ramos, além dos participantes poderem conhecer um pouco mais sobre a cidade sede do evento.
Porém, o ano de 2002 não se resumiu somente na execução do RNR. Alguns eventos importantes da época foram a realização do I SPAC, Student Professional Awareness Conference, em julho, com a palestra de engenheiros contando sobre as dificuldades de suas vidas profissionais; e o II Seminário de Eficiência Energética em outubro, com a mesma ideia do evento anterior de difundir o pensamento de economia de energia e novas fontes de energia em pesquisa. Vale ressaltar que palestras e minicursos também foram realizados com o apoio dos capítulos estudantis e como sempre da Seção Minas Gerais.
Destacam-se também as palestras de divulgação do IEEE em outras instituições ocorridas no período. Junto da Seção Minas o Ramo visitou outras universidades em Minas Gerais, universidades na própria cidade e outros cursos da UFJF.
Neste ano, Bruno Dias, vice-presidente do Ramo Estudantil, foi premiado com a viagem para Colômbia para a participação no RRR.