UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

FAQ Sucupira

Você está em: Pós-Graduação > Oficina Sucupira > FAQ Sucupira

Está relacionada aqui uma série de instruções enviadas nos últimos dias pela Capes contendo algumas atualizações e demais questões de interesse. Inserimos outras informações e perguntas/respostas surgidas até o presente momento por meio da lista do SOS SUCUPIRA.

O FAQ Sucupira PROPP será regularmente atualizado.

Para buscas sugerimos o comando “Ctrl+F”

 

1) Quais são os prazos da CAPES (improrrogáveis) para envio de dados ao Coleta?

-Exercícios de 2013, 2014 e 2015: 10/02/2017

-Exercício de 2016: 10/03/2016

Mas lembre-se que a data limite para entrega à PROPP é 06/03

2) Quais são os prazos do Cronograma Interno da PROPP?

10/02/2017

Data limite para encaminhamento da Plataforma Sucupira para a PROPP, para os programas que desejam uma revisão

do documento (proposta do programa).

24/02/2017

Data limite para encaminhamento das considerações da PROPP sobre as propostas enviadas pelos programas.

06/03/2017

Data limite – para todos os programas – para encaminhamento da plataforma Sucupira à PROPP

10/03/2017

Data limite para a homologação pela PROPP da Sucupira de TODOS os PPGs.

 

3) Qual o calendário geral do processo de avaliação da Capes de 2017?

Atividade

 Prazo

Correção e atualização dos Coletas 2013-2015

 

Os dados já encaminhados à Capes poderão ser atualizados e enviados novamente

até 10 de fevereiro

(O Coordenador deve entrar em contato com a PROPP com antecedência mínima de 24h para a devida homologação)

 

homologação pelo coordenador do PPG e pelo pró-reitor

 

Conclusão do preenchimento do Coleta 2016

até 10 de março

 

homologação pelo coordenador do PPG e pelo pró-reitor

Indicação das Comissões de avaliação, das comissões para o Qualis e da Consistência dos dados

 

Até 17 de março

Atualização do Qualis periódicos, livros, artístico 2013-2016

02 a 26 de maio

Geração de indicadores e planilhas

29 de maio a 14 de junho

Avaliação Quadrienal

03 de julho a 04 de agosto

Homologação pelo CTC-ES

21 de agosto a 01 de setembro

Resultados da Quadrienal

15 de setembro

Pedidos de reconsideração

18 de setembro a 16 de outubro

Análise dos pedidos de reconsideração

30 de outubro a 17 de novembro

CTC de homologação das reconsiderações

04 a 08 de dezembro

Resultado final da Quadrienal

20 de dezembro

 

 

4) Onde encontrar o Manual de Preenchimento do Coleta de Dados?

O Manual de Preenchimento do Coleta de Dados atualizado já está disponível na consulta pública e no perfil da Coordenação de Programa.

 5) Houve alteração do telefone da Central de Atendimento?

Informamos que o número do telefone da Central de Atendimento ao Usuário (CAU) foi alterado para 0800-616161 opção 7

6) Houve alterações do Menu de Consultas Públicas?

No Menu Consultas >> Portarias Homologadas, o assunto normativo Portaria Trienal foi substituído por “Renovação de Reconhecimento” e o assunto “Portaria de Recomendação” foi substituído por “Reconhecimento“. A consulta não foi alterada. Pode-se fazer o filtro agora pelo Assunto Normativo (reconhecimento ou renovação de reconhecimento) e pelo tipo de ato normativo.

7) As teses/dissertações estão disponíveis para consulta pública?

No Módulo Trabalho de Conclusão pode-se realizar agora o acesso aos trabalhos de conclusão que tiveram sua divulgação permitida pelo autor.

8) Qual o total de bolsas de IC da UFJF no ano de 2016?

9) Qual o número de Bolsistas de produtividade da UFJF no ano de 2016?

10) Quais os programas institucionais de apoio à pós-graduação?

Plano de distribuição de bolsas de Pós-graduação da instituição: a UFJF concede três bolsas de Mestrado e três bolsas de Doutorado para cada Programa de Pós-graduação acadêmico oferecido no âmbito da Instituição, independente da área de concentração e do conceito CAPES, além de ofertar três bolsas de Mestrado aos Programas Profissionais em Ciência e Tecnologia do Leite e Derivados e Educação Matemática. Essas bolsas têm modalidade fixa e são de livre gerência dos Programas quanto ao tempo de concessão, respeitados os limites de 24 meses para Mestrado e 48 meses para Doutorado. Há, ainda, um quantitativo de 35 bolsas de Mestrado e 15 de Doutorado, detidas pela PROPP, que são distribuídas em caráter de rodízio entre os Programas Acadêmicos que apresentam demanda em ocasião oportuna. Ao todo, foram ofertadas 200 bolsas do programa interno da UFJF em 2016.

– Valor total das bolsas concedidas do Programa interno: é variável entre os meses, mas o mais recorrente de 2016 foi R$ 333.800,00, gerando um total de R$ 4.000.000,00 em 2016. 

– Número total de bolsas Capes que instituição tem: 737, sendo 434 de Mestrado e 303 de Doutorado.

11) O que fazer quando o Curso/Programa muda o regime?

Para os casos em que o Programa mude o regime do Curso/Programa, agora é possível salvar o histórico do regime letivo na aba (1) do Menu Dados Cadastrais. Basta selecionar o “tipo de regime letivo”, o “ano de início” e clicar em adicionar.

12) Houve alteração do menu docentes?

Na aba Afastamento Docente (3) do Menu Docentes foram inseridos mais dois tipos de afastamentos:

Visitas para colaboração científica envolvem projetos de pesquisa conjuntos, orientações conjuntas, os quais geram ao menos um produto conjunto. A visita pode se estender por alguns meses.

Visitas técnicas podem ter as seguintes finalidades: finalização de um artigo, participação de discussões em outro(s) grupo(s) de pesquisa(s); aulas na pós-graduação; palestras, etc. São mais breves, geralmente se estendem por dias, semanas ou um mês.

13) Como proceder quando uma área de concentração é alterada ou finalizada?

Para evitar perda do histórico quando uma área de concentração é alterada ou finalizada, e as linhas de pesquisa e os projetos, a ela vinculados, não são finalizados, agora é possível concluir a linha de pesquisa vinculada à área de concentração que será finalizada, e cadastrar novamente essa linha de pesquisa com o mesmo nome e vinculá-la a outra área de concentração, sem a necessidade de mudar o nome da linha de pesquisa.

Para cadastrar novamente a linha de pesquisa vinculada a outra área de concentração, finalize a linha de pesquisa cuja área de concentração será finalizada e cadastre novamente a linha de pesquisa, vinculada a outra área de concentração, conforme mostrado a seguir.

Conforme explicado no Boletim nº 24, de 27 de outubro de 2016, para finalizar uma área de concentração, deve-se anteriormente, finalizar a(s) linha(s) de pesquisa a ela vinculada(s).

14) No menu Projeto de Pesquisa, como proceder para adicionar uma nova linha de pesquisa/área de concentração ao projeto?

Para adicionar uma nova linha de pesquisa/área de concentração ao projeto, basta selecionar a Linha de Pesquisa – Área de Concentração e a data de início e clicar em adicionar.

15) Quanto a verificação de pendências, como proceder quando a mensagem  “A produção encontra-se inconsistente” for exibida para a produção intelectual?

Para a correção da pendência: “A produção encontra-se inconsistente” solicitamos atentar principalmente para a correção das situações citadas a seguir:

  1. a) caso não haja nenhum campo obrigatório sem preenchimento, solicitamos que seja verificado no Lattes do docente (autor do periódico) se o título do periódico confere com o título que está na Plataforma Sucupira. Caso não esteja, o título do periódico deverá ser corrigido. Salientamos que há periódicos que possuem versões impressas e online, com ISSN distintos. Se houver dúvida se o periódico é online ou impresso, recomendamos que seja verificado com o autor principal qual é o ISSN correto, antes de realizar a alteração na Plataforma Sucupira. Caso isso não seja possível, recomendamos que a importação seja realizada novamente, com a substituição do periódico.
  2. b) caso o campo obrigatório ISSN esteja sem preenchimento, solicitamos contatar o docente (autor do periódico) para que ele indique qual é o ISSN correto, antes de solicitar o cadastro do veículo, pois há periódicos com versões impressas e online que possuem ISSN diferentes, e pode ser que apenas uma das versões esteja cadastrada na Plataforma Sucupira.

16) Quanto a verificação de pendências, como proceder quando houver vinculação de uma disciplina a uma área de concentração que tenha sido finalizada?

Caso uma área de concentração tenha sido finalizada e esteja associada a uma disciplina, essa disciplina deverá ser finalizada na data em que a área de concentração foi finalizada e criada uma nova disciplina com o mesmo nome. Ressaltamos que a Plataforma não permite que se cadastre uma mesma disciplina com o mesmo número. Assim, caso não haja nenhuma alteração na disciplina (ementa, docente responsável, carga horária, etc), a disciplina deverá ser cadastrada com um número diferente. O cadastro da turma também deverá estar coerente com essa alteração.

17) Quanto a verificação de pendências, como proceder quando houver criação de um novo curso iniciado posteriormente no Programa?

Caso um novo Curso tenha iniciado posteriormente no Programa, será necessário corrigir a data de início da disciplina ou cadastrar a disciplina apenas para o nível do Curso criado mais recentemente.  As respectivas correções também deverão ser feitas para a turma.

18) Quanto a verificação de pendências, como proceder para corrigir pendências com respeito ao histórico da linha de pesquisa/área de concentração no projeto de pesquisa?

  1. a) se não há uma linha de pesquisa/área de concentração ativa no ano base coletado (2013, 2014, 2015 ou 2016) → insira uma linha de pesquisa/área de concentração para o ano base coletado.
  2. b) se a linha de pesquisa/área de concentração foi finalizada e o projeto continou ativo associado a outra linha de pesquisa/área de concentração → insira uma linha de pesquisa/área de concentração ativa para o ano base coletado.
  3. c) se linha de pesquisa – área de concentração foi cadastrada no projeto com data anterior ao cadastro no Programa → corrija a data de início da linha de pesquisa/área de concentração no projeto.
  4. d) Caso o projeto tenha sido finalizado juntamente com a linha de pesquisa – área de concentração associadas, e o projeto ainda se encontrar em andamento → conclua o projeto na data em que a linha de pesquisa/área de concentração foi finalizada.

19) Quando é possível enviar o relatório de Coleta de Dados?

Após corrigidas as pendências, o Sistema permitirá o envio dos dados e será disponibilizado o comprovante de solicitação de Envio dos Dados do Coleta, do qual constará o número/ano do envio e a data do envio, entre outras informações.

Enquanto os dados estiverem em processamento, a inserção de informações na Plataforma Sucupira, pelo Coordenador do Programa, ficará bloqueada.

20) Como gerar os Relatórios dos Dados Enviados?

A geração do relatório dos Dados enviados, no formato pdf ou xls poderá ser feita tanto pelo caminho Portal do Coordenador >> Coleta Online >> Relatórios >> Dados Enviados do Coleta quanto pelo Menu Dados Enviados do Coleta.

ATENÇÃO!

Após o envio dos dados pelo Coordenador, no Menu Dados Enviados do Coleta, o relatório de envio encaminhado anteriormente será substituído pelo enviado (atual). Dessa maneira, caso haja necessidade de salvamento da informação anterior, ela deverá ser feita antes desse envio.

Na consulta pública, a informação do envio atual, só ficará disponível após a homologação pela Pró-reitoria, mas também haverá substituição dos relatórios anteriores pelos enviados.

21) Como acompanhar o processamento dos dados enviados?

Pode-se acompanhar a situação do envio de dados, clicando-se em Coleta de Dados >> Acompanhamento do Envio de Dados. Após, deve-se selecionar o calendário e clicar em consultar.

Caso a Pró-reitoria tenha retornado o envio, o Coordenador poderá visualizar, também nessa tela, o motivo do retorno, clicando no nome do Programa.

A situação “negada” será de uso exclusivo da Capes para situações excepcionais.

22) Como proceder quando durante o lançamento informações na plataforma em dados cadastrais é exibida a seguinte mensagem: “A data de início da área de concentração deve ser maior ou igual a data de início do programa”?

É possível colocar uma data de término na área antiga e, posteriormente, criar uma nova área iniciando-se um dia após a data estabelecida como término da área anterior.

É necessário alterar, também, o item Linhas de Pesquisa, bem como outros itens que fazem referência à área de concentração.

23) Quanto a inserção de dados da produção intelectual dos egressos, seria necessário inserir dados de todos os egressos e em qualquer tema de produção ou somente os dados de trabalhos relacionados à sua dissertação tese?

A necessidade de acompanhamento dos dados dos egressos será uma exigência a ser implementada a partir do ano de 2017. Por enquanto, é possível elencar apenas as produções vinculadas à dissertação. Caso algum programa tenha maiores informações sobre seus egressos (mercado de trabalho, pesquisa, projetos internacionais, patentes, livros publicados, etc…) deve utilizar, na aba referente a “Proposta”, o item  8 relativo à “Solidariedade, nucleação e visibilidade” para um maior detalhamento.

24) Em relação à produção intelectual, quando a publicação é no ano posterior à defesa do aluno, devo associar o egresso como participante externo ou posso deixá-lo como SEM CATEGORIA? E quando a produção intelectual possui aluno de graduação. Posso deixar a associação com SEM CATEGORIA?

Todo aluno, quando titulado, passa para a categoria Participante Externo. Se um graduado cadastrado previamente na Plataforma Sucupira passa para o mestrado, ele se torna Desligado.

25) Ao discorrer sobre Bibliotecas, o programa deve mencionar apenas os livros adquiridos fisicamente?

Ao discorrer sobre Bibliotecas o programa pode citar tanto os livros já adquiridos fisicamente, como também as diversas bases de dados que a Biblioteca da UFJF detém, tais como o J Store, o Vlex, dentre outras. Sugere-se consultar a página http://www.ufjf.br/biblioteca/. No quadro do lado direito constam todas as bases de dados atualmente disponíveis na UFJF.

 

26) Qualquer alteração feita na Sucupira dos anos 2013-2014-2015 devem ser homologadas pela PROPP?

Sim. Esse procedimento é que formaliza o envio. Sem ele as modificações inseridas ficam sem efeito. Avisem com antecedência mínima de 24 hs, por meio de um email,  para que a pró-reitoria possa proceder à homologação.
 
27) Em qual local devem ser lançadas as informações sobre a organização de periódicos por parte dos docentes?
 
A organização de dossiê em periódicos deve ser inserida na categoria “Produção Técnica”. O coordenador do PPG deve realçar a importância do periódico no item “proposta do programa”.