UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Conceitos em Fitoterapia: Uma revisão da literatura. ‎ Abacaxi/Bromelina

Você está em: Atividades > Fitoterapia > Conceitos em Fitoterapia: Uma revisão da literatura. ‎ Abacaxi/Bromelina

Professor doutor João Batista Picinini Teixeira

 

Para quem quer dar ao corpo um impulso na saúde e na cura, o ingrediente é abacaxi.

 

A FRUTA

A fruta fresca é que possui as propriedades de cura. Este fruto tropical tem alta concentração 
da enzima bromelina e antioxidantes da vitamina C, que desempenham um papel importante 
no processo de cura do corpo.  Esta fruta fornece um grande suprimento de vitamina C, um antioxidante conhecido, que protege o corpo contra os danos dos radicais livres e estimula o sistema imunológico. A vitamina  C ajuda a construir e a reparar o tecido corporal e promove a cicatrização de feridas.  O corpo usa-a para ajudar a metabolizar as gorduras e o colesterol, a absorver o ferro, e para a produção de aminoácidos e colágeno. O colágeno é um dos blocos de construção primário da pele,  cartilagens e ossos. Vale citar, ainda, que a vitamina C também diminui a probabilidade de que  se contraia resfriados e infecções. Além disso, devido ao seu alto teor de vitamina C, o abacaxi é bom para a saúde bucal. Um  estudo realizado na Universidade Estadual de Nova York, nos Estados Unidos, verificou que a vitamina C pode reduzir o risco de gengivite e doença periodontal. Além de aumentar a capacidade  do tecido conjuntivo. Também aumenta a capacidade do organismo de combater as bactérias 
invasoras e outras toxinas que contribuem para a doença de goma. Abacaxi enlatado não é bom para a saúde,pois a bromelina é destruída durante o processo  de embalagem. Para escolher um bom fruto não se deve julgar a maturação baseada  exclusivamente na cor. Existem diversas variedades no mercado, que vão do verde ao amarelo  dourado. O fator mais importante na determinação da maturação é o cheiro, deixe o nariz  ajudá-lo a decidir. Os maduros desprendem um cheiro mais doce. Evite os que emitem odor  desagradável, ou tenha algumas partes moles, ou manchas escuras. Em casa deve ser  armazenado em temperatura ambiente para que tanto o sabor, quanto as propriedades sejam  conservados.

 

BROMELINA
Bromelina é uma enzima digestiva natural extraído de abacaxi. O nutriente que rapidamente tomou  o seu lugar de lado muitos dos poderosos agentes naturais na guerra contra o câncer e outras  doenças crônicas. Usos fitofarmacogicos: Mais a maior virtude dessa fruta está na quantidade de bromelina, extraída do talo do abacaxi,  enzima capaz de degradar materiais albuminóides (proteínas solúveis em água) em proteases ou  peptonas, dissolver gorduras, principalmente as das carnes, sendo empregada também para  amaciá-las, para clarificar cerveja e como droga antiinflamatória. A bromelina é encontrada no fruto, no miolo do abacaxi, onde se concentra a maior quantidade de bromelina, ou mesmo na parte central da fatia (parte dura), que muita gente retira na hora de  saborear a fruta. A enzima bromelina age em nosso organismo desempenhando três funções:

1º) tem ação mucolítica, dissolvendo o muco ou catarro dos pulmões, favorecendo uma limpeza geral, como se fosse passada uma esponja, facilitando a expectoração, além de ajudar no trânsito intestinal;

2º) é antiinflamatória, ajudando a desobstruir a circulação, principalmente se houver edema provocado por batida em algum acidente;

3º) é digestiva, sua principal virtude. Age no estômago, pois a bromelina é a enzima que desdobra as proteínas alimentares, facilitando o melhor aproveitamento dos nutrientes, favorecendo e acelerando a digestão pesada. A bromelina é um anti inflamatório natural. 
Segundo o médico americano, Dr. Andrew Weil, a bromelina é muito eficaz no tratamento de contusões, entorses e distensões, reduzindo o inchaço, sensibilidade e dor. Este potente efeito anti inflamatório também pode ajudar a aliviar os sintomas da artrite reumatoide e reduz o inchaço pós-operatório. Além disso, a bromelaína contida no abacaxi pode aliviar a indigestão.
A bromelina é uma mistura de enzimas proteolíticas existente no abacaxi (cascas e hastes 
frutíferas) de alto peso molecular capaz de ser absorvida pelo trato gastrintestinal produzindo 
ações antiinflamatórias e antiexsudativa, podendo apresentar efeitos anticoagulantes e 
inibição na agregação plaquetária. O Brasil, um dos maiores produtores da fruta no mundo, porem importa a bromelina, pois a metodologia utilizada para a sua extração e purificação, a cromatografia é propriedade industrial estrangeira.

Propriedades: Em 1957, a bromelina foi introduzida pela primeira vez como composto terapêutico. A Substância não agride metabolismo humano. Uma das principais vantagens da bromelina emrelação às drogas sintéticas disponíveis nas classes farmacológicas é a sua baixa toxidade.
No caso da bromelina, um produto natural que não é agressivo ao metabolismo humano e é 
classificado como de toxicidade muito baixa. A dose letal que seria necessária para matar 50% 
de um grupo experimental de animais é maior que 10 gramas por quilo.
Na Alemanha, Itália, Japão, Canadá e Estados Unidos a crescente utilização da bromelina 
associada a outros princípios ativos, melhora a absorção de vários medicamentos, o que implica 
em economia na dose terapêutica necessária e no desgaste que o organismo sofre durante um 
tratamento com medicamento. Os principais usos terapêuticos da bromelina são: Inibição da agregação plaquetária, atividade fibrinolítica, ação antiinflamatória, ação antitumoral, modulação de citocinas e da imunidade, propriedade debridande de pele, aumento da absorção de outras drogas, propriedades mucolíticas, facilitador da digestão, acelerador da cicatrização e melhora da circulação e sistema cardiovascular. A bromelina é bem absorvida por via oral e as evidências disponíveis indicam que sua atividade terapêutica aumenta com as doses mais altas. Apesar de todos os seus mecanismos de ação ainda não estarem totalmente esclarecidos, foi demonstrado que é um seguro e efetivo suplemento. A bromelina parece ter tanto ação direta quanto indireta, envolvendo outros sistemas enzimáticos, ao exercer seus efeitos antiinflamatórios (MATTOS, 2005). A Bromelina tem sido muito bem documentada pelos seus efeitos em todas condições inflamatórias, além de ter sua eficácia provada em vários outros problemas de saúde tais como: angina, indigestão e problemas respiratórios (CÉSAR, 2005).

Usos terapêuticos:

Ele reduz a dor, inchaço, danos e trauma (por exemplo, em lesões desportivas) ou cirurgia e a

celera o processo de cura.

Alivia os sintomas de distúrbios gastrointestinais, ajuda na cicatrização de úlceras gástricas

e é usado como uma enzima digestiva da insuficiência pancreática.

Alivia os sintomas de angina e, por isso, inibe a coagulação do sangue e construção remove placas nas artérias, o que é útil para a trombose, tromboflebite, varizes e aterosclerose. 
Reduzir a inflamação articular na artrite reumatóide, osteoartrite, dor ciática, bursite, tendinite e esclerodermia.  Aumenta a ação de drogas da quimioterapia e antibióticos. Ele é útil para tratar a AIDS como um agente antiviral.

Suprime a tosse e diminuir secreções brônquicas, resultando em um aumento na função pulmonar em pacientes com infecções do trato respiratório superior.  Também é eficaz em pacientes com sinusite. Você pode prevenir o endurecimento do tecido conjuntivo fibroso no pênis associada à doença de Peyronie. Ele também é usado para curar queimaduras.

Vários estudos sugerem que o agente use antimetastatico com quimioterapia.

É útil como um digestivo, 500 mg com as refeições é a dose recomendada. Para outros usos,

recomenda doses.

· Lesão – 500 mg quatro vezes ao dia com o estômago vazio
·   Doenças cardiovasculares – 500 a 750 mg três vezes ao dia com o estômago vazio.
·  Inflamação das articulações – 500 a 2.000 mg por dia em duas doses.
.    Antitumoral atividade – 1.000 mg por dia.

Bromelina devem ser consumidos apenas por 8-10 dias, embora mais ser tolerado.

Precauções
Bromelina pode causar náuseas, vômitos, diarreia e fluxo menstrual excessivo, entretanto, 
não relataram efeitos colaterais graves em seres humanos, porém, reações alérgicas, 
incluindo reações de pele e asma, poderiam ser gerados em caso de alergia o abacaxi. 
Experimentos com animais têm mostrado que bromelina pode causar defeitos de nascimento 
ou de câncer, mas tem havido estudos relacionados à bromelina, no período de gravidez. 
Consulte o seu médico se você tem problemas de coagulação do sangue, doença hepática, 
doença renal ou hipertensão.

Possíveis interações

Bromelina pode aumentar o risco de sangramento se ingerido juntamente com anticoagulantes 
(sangue-atenuando). Se estiver a tomar antibióticos como a tetraciclina, bromelina pode 
aumentar o seu efeito.Em caso de pressão arterial elevada pode levar a palpitações aumentado.
Pesquisa publicada em Câncer Letters explica que a enzima apresenta várias ações, incluindo 
a ativação de células anti-inflamatórias eimunológicas que pode desferir um golpe poderoso para o desenvolvimento do câncer. Incluir bromelina em seu regime complementar para beneficiar as potentes propriedades anti-câncer agora atribuído a esta incrível enzima.

Semelhante aos super-nutrientes, bromelina é um potente composto que combate o câncer , 
dissolvendo o tecido desnecessário de todo o corpo. Bromelaina quebra o tecido cicatricial e 
outros detritos criados a partir de processos de estresse e desgaste físico que se desenvolvem 
com a função celular normal. À medida que envelhecemos, o nosso corpo tem uma capacidade 
reduzida para eliminar estes subprodutos do lixo de dentro de nossas células e que sofrem o 
processo de envelhecimento avançado.

Enzimas como a bromelina são fundamentais para quebrar proteínas utilizadas para 
acionar funções metabólicas no organismo. As células cancerosas também usam uma proteína escudo para encobrir a si mesmos e evitar a detecção pelo sistema imunológico.
Enzimas da bromelina ajuda a destruir o vínculo de proteínas em torno de clusters de câncer de 
modo que o corpo pode destruir as estruturas da parede do tumor e frustrar a iniciação do câncer.
Na revista Câncer Terapias Integrativas explica que as enzimas naturais, tais como bromelina e 
papaína (mamão) proporciona uma melhoria significativa no resultado de terapias alternativas para tratar câncer de mama e de cólon. Os autores concluíram que a enzima demonstrou potente antiinflamatório, anti-infecciosos e antitumorais / anti-metastático.

Também encontramos referencia na revista Molecular Carcinogenesis para apoiar a capacidade 
para matar o câncer da bromelina, independente de outras terapias. O câncer é alimentado pela inflamação sistêmica e de atividade dos genes de controle do complexo de proteínas, NF-kappaB (fator nuclear kappa beta).Bromelina inibe a atividade da NF-kappaB, diminuindo significativamente os radicais livres que causam danos as células cancerosas. A investigação continua para descobrir a incrível promoção da saúde benefícios de enzimas naturais, tais como bromelina na luta contra doenças inflamatórias e imunodeficiência como o câncer. Você pode reduzir drasticamente o seu risco, complementando com 50 mg do extrato de bromelina 
diária, com as refeições para auxiliar a digestão de proteínas.

Dor de Cabeça

O abacaxi contém muito mineral como o cobre, que pode acabar com as dores, principalmente de cabeça. O Dr. James G. Penland, PhD. psicólogo do Departamento Norte Americano de Agricultura, após vários estudos com homens e mulheres com dores de cabeça, constatou uma melhora sensível com a aplicação do cobre na alimentação de seus pacientes.
Coagulos Sanguíneos

O abacaxi ajuda a dissolver coágulos sangüíneos, a reduzir inflamações, a acelerar a cicatrização de tecidos e na digestão. Além disso é antiviral, antibacteriano e um bom alimento para prevenir a osteoporose e as fraturas ósseas, devido ao seu alto teor de manganês.

Contém ferro, que se encontra no fígado, ossos e medula óssea;

Contém manganês que mantém os ossos fortes. A professora de Nutrição da Universidade do

Texas, em Austim nos Estados Unidos, Jeanne F. Graves, aconselha as pessoas, sobretudo as 
mulheres, a comer abacaxi ou a tomar do seu suco, pois a fruta é rica em manganês. Este mineral está envolvido no metabolismo ósseo, sem ele as pessoas podem desenvolver osteoporose intensa;

Contém cálcio, vital para a formação dos ossos e dentes, o mineral mais conhecido na prevenção da osteoporose e a coagulação do sangue. Segundo o Dr. Cedric Garlanda, diretor do Centro de Câncer da Universidade da Califórnia em San Diego, homens que consumiram diariamente certa quantidade de cálcio nos alimentos diariamente durante mais de duas décadas tinham 1/3 da propensão ao desenvolvimento de câncer de cólon em relação aos outros que não o consumiram, pois o cálcio suprime a proliferação de células superficiais da parede interna do cólon, prevenindo o rápido crescimento do câncer;

Contém fósforo, que se encontra no corpo dos animais na mesma quantida de aproximadamente que o cálcio, é parte importante dos tecidos cerebrais;

Contém iodo, necessário ao organismo para abastecer a glândula tireoide;

Seu alto teor de fibras ajuda na prisão de ventre, pois age como laxativo suave e natural. Possui

também as vitaminas A e C, que aumentam a imunidade.

A Vitamina A é essencial contra doenças de pele, infecções infantis e distúrbios digestivos. É ótima aliada no tratamento de colite e doença de Crohn. Um estudo de Harvard mostra que homens que consomem altas doses de vitamina A têm risco 54% menor de ter úlcera do que aqueles com nível mais baixo. A recomendação diária é de cinco mil UI. Impede que o colesterol se torne tóxico, além de ser um importante antídoto contra derrame.

A Vitamina C é importante para o corpo celular e para os vasos sanguíneos, combate as infecções e é essencial para a boa saúde dos dentes, das gengivas e dos ossos. Indicação como diurético e para tosse. O suco de abacaxi é um excelente diurético, pois sua polpa é constituída de 93% de água e é laxante suave. E para quem sofre de tosses rebeldes, experimente bater num liquidificador 2 fatias de abacaxi com 2 colheres de sopa de mel. Tomar 2 colheres de chá a cada duas horas. Não há tosse que resista. Outras indicações: doenças circulatórias, artrite, ácido úrico
Não são apenas esses os efeitos benéficos desta fruta. Na terra do Tio San, o nosso abacaxi (hoje “naturalizado” americano) é indicado pelos médicos para as pessoas que sofrem de doenças circulatórias, pois tem a ação de “quebrar” nas artérias as placas de fibrinas, que são as proteínas que formam a parte essencial dos coágulos sanguíneos. Como tem propriedades antiinflamatórias, combate a artrite, que se caracteriza por inflamação ou dor nas juntas, joelhos, cotovelos e dedos Abacaxi em dietas de emagrecimento. Tem ação anorexígena, usado em dietas de emagrecimento, reduz o apetite. Para quem quer perder peso, o abacaxi tem uma ação fora de série. Se você quiser perder um quilo num dia, faça o seguinte: numa segunda- feira, por exemplo, durante o dia todo, só use fatias de abacaxi como alimento e sucos com água, sem ingerir outros alimentos. No final da noite, pese-se e observe que perdeu 2 quilos (depois recupera-se 1 quilo). Repita a dose na outra semana. Até o fim do mês, você perderá com certeza 4 quilos.  O valor calórico em 100g de abacaxi, é de aproximadamente 33 calorias.
Faça um suco excelente com fatia de abacaxi e folhas de hortelã. Bata no liquidificador com gelo.

Benefícios do Abacaxi

Não é por acaso que o Abacaxi é considerado “O Rei dos Frutos”, por ser rico em Vitaminas 
e Minerais, o Abacaxi oferece muitos benefícios a nossa saúde. O Abacaxi é conhecido e adorado no mundo todo, mas poucos conhecem realmente os Benefícios do Abacaxi e suas 
Propriedades Medicinais. O Abacaxi ou Ananás é uma fruta da Família das bromeliáceas.  
O Abacaxi possui em sua composição a enzima bromelina, utilizada em muitos medicamentos 
como antiinflamatórios, digestivos e xaropes expectorantes. A Bromelina está presente em todas as partes do Abacaxi, porém é encontrada em maior quantidade no caule do Abacaxi. Para usufruir dos Benefícios do Abacaxi você deve consumir a fruta regularmente. O consumo pode ser feito in-natura, em forma de sucos, doces e também em receitas culinárias. Um dos sucos mais populares no verão é o Suco de Abacaxi com Hortelã.  Veja abaixo a Composição Nutricional e os Benefícios Medicinais do Abacaxi.

Composição Nutricional do Abacaxi (em 100 gramas)

Calorias: 48 kcal
Proteínas: 0,54 g
Carboidratos: 12,63 g
Fibras: 1,4 g
Cálcio: 13 MG
Magnésio: 12 MG
Manganês: 1,17 MG
Fósforo: 8 MG
Ferro: 0,28 MG
Potássio: 115 MG
Cobre: 0,09 MG
Vitamina A: 56 UI
Vitamina B1: 0,79 MG
Vitamina B6: 0,11 MG
Vitamina C: 36,2 MG
Benefícios
– Fortalece os Ossos
– Reduz os níveis de Colesterol
– Auxilia na Digestão
– Auxilia no Tratamento da Sinusite
– Auxilia no Tratamento da Bronquite
– Auxilia no Tratamento da Tosse
– Reduz os Riscos de Formação de Coágulos Sanguíneos
– Ajuda a Emagrecer
– Acelera a Cicatrização dos Tecidos
– É um excelente Antiinflamatório
– Diurético – Excelente para quem retém muito Liquido
– Combate a Hipertensão Arterial
– Ajuda a eliminar cálculos renais
– Combate a Anemia – Devido sua acidez, O Abacaxi favorece a absorção do ferro
– Ajuda a Normalizar a Flora Intestinal
– Bom para quem tem prisão de ventre.

 

Programa de Plantas Medicinais e Terapias Não-convencionais

Novas instalações no antigo prédio do ICH, primeiro bloco, segundo piso, sala 1703.


Acessos desde 25/06/2010: