UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Tecnologias no Ens. de Fís.

Você está em: Linhas de pesquisa > Tecnologias no Ens. de Fís.

 

Processos de Ensino e Aprendizagem e Tecnologias de Informação e Comunicação no Ensino de Física

 

em construcaoProfessores:

 

 


_

Início

Professor Bruno Gonçalves

 

bruno 

Uma das formas mais comuns de se motivar uma aula de Física é a utilização de protótipos montados com material de baixo custo. A ideia, em geral, é mostrar um pequeno experimento que demonstre a teoria estudada. Vários desses produtos são confeccionados pelo próprio professor (ou os alunos) e algumas características como acabamento, precisão de medidas é fácil manuseio não são colocadas como foco.

Será feito o estudo dessa tema com duas abordagens diferentes. Uma das linhas de pesquisa será a instrumentação para o ensino montando protótipos inovadores que consigam ser ao mesmo tempo de baixo custo e visualmente atrativos. O processo passará pelo uso de eletrônica básica e montagem mecânica do produto. A segunda forma de pesquisa será o levantamento da aceitação dessa metodologia em sala de aula com os produtos “in loco”. Será realizado um trabalho de extensão e estudo através de questionários avaliativos da abordagem utilizada para verificar a eficácia do método. Depois da análise quantitativa das respostas aos questionários, elabora-se a descrição da interação dos alunos com os aparelhos, que na maioria das vezes foge do resultado esperado. Ambas as linhas (tanto a experimental quanto a teórica) tem mostrado um potencial acadêmico muito forte.

Início

O seu nome (obrigatório)

O seu e-mail (obrigatório)

Assunto

A sua mensagem

Digite o código ao lado. captcha

________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Início

Professora Giovana Trevisan Nogueira

 giovana

 

 Sou professora responsável pelo laboratório de Lasers e Aplicações do departamento de Física da UFJF Tenho uma formação forte na área de Óptica Quântica teórica e em Óptica clássica experimental. Meus objetivos dentro do Mestrado Nacional Profissional de Ensino de Física engloba os seguintes temas:

 Início

 

O seu nome (obrigatório)

O seu e-mail (obrigatório)

Assunto

A sua mensagem

Digite o código ao lado. captcha

 

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Início

Professor Helder Couto

 

 

 

Helder Couto

Helder Couto

 O ensino de física através da elaboração e teste de modelos físicos (Instrução por Modelagem) tem sido um recurso didático em  desenvolvimento desde 1990, principalmente nos EUA, onde existe uma associação de professores – a American Modeling Teachers Association (AMTA) – empenhados  na pesquisa e na aplicação dessa metodologia de ensino. A Instrução por Modelagem organiza o conteúdo programático em um número reduzido de modelos científicos, dando assim coerência ao curso. Aplicam-se técnicas de investigação estruturadas para o desenvolvimento de habilidades e práticas básicas em modelagem matemática, raciocínio proporcional, a estimativa quantitativa e de coleta de dados para uso tecnológico e análise.
O Método de Modelagem: Design Instrucional Centrado no Aluno

 

  1.     A instrução é organizada em ciclos de modelagem que mobilizam os alunos em todas as fases de desenvolvimento do modelo, avaliação e aplicação em situações concretas – promovendo assim uma compreensão integrada dos processos de modelagem e aquisição de habilidades de modelagem.
  2.     O professor prepara os alunos tipicamente com uma demonstração e aula de discussão para estabelecer um entendimento comum de uma pergunta a ser feita. Depois, em pequenos grupos, os alunos colaboram no planejamento e realização de experimentos para responder ou esclarecer a questão.
  3.     Os alunos são induzidos a apresentar e justificar suas conclusões na forma oral e / ou escrita, incluindo a formulação de modelos para os fenômenos em questão e a avaliação dos modelos, por comparação com os dados.
  4.     O professor é  preparado com uma lista de equívocos típicos dos  estudantes, para serem tratados na medida em que os alunos são induzidos a articular, analisar e justificar as suas ideias pessoais.

Início

 

O seu nome (obrigatório)

O seu e-mail (obrigatório)

Assunto

A sua mensagem

Digite o código ao lado. captcha

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Início

Júlio Akashi Hernandes

 

 

Professor Júlio Akashi Hernandes

Professor Júlio Akashi Hernandes

O eletromagnetismo é uma área ampla e que pode ser explorada em diversos aspectos. Procuramos nos concentrar em dois aspectos: primeiro, na área de Instrumentação para o Ensino, ou seja, o desenvolvimento de equipamentos e de técnicas de medidas que evidenciam fenômenos e conceitos básicos do eletromagnetismo, na forma de experimentos interativoss ou demonstrativos; a adaptação e uso de componentes eletrônicos para ensino de eletromagnetismo é um exemplo. A segunda área é a identificação e direcionamento de Concepções Alternativas no eletromagnetismo, na qual explorarmos no aluno o entendimento prévio, e muitas vezes incorreto, de conceitos de eletricidade e magnetismo, e de como corrigir a compreensão destes conceitos, através de contra-exemplos e de experimentos. Permeiam estes dois temas de pesquisa uma abordagem histórico-conceitual do eletromagnetismo, desde seu desenvolvimento inicial, experimentos fundamentais, teorias dos séculos XVIII e XIX e seus desdobramentos modernos, além do desenvolvimento de experimentos de baixo custo que dão suporte a ambos os temas de pesquisa.

  Início

 

O seu nome (obrigatório)

O seu e-mail (obrigatório)

Assunto

A sua mensagem

Digite o código ao lado. captcha

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Início

Thales Costa Soares

 

 

 

 Nossa atuação no MPNEF está dividida em 3 frentes. Formação de Professores e Física Moderna e Contemporânea no Ensino Médio; Popularização e Difusão da Física Contemporânea em ambientes formais e não formais;  Inserção da Física Moderna e Contemporânea no Ensino Médio. Em todas essas frentes, há um tema da Física Contemporânea comum, a Física de Partículas e das Interações Fundamentais.

No que diz respeito a formação de professores, trabalhamos desenvolvendo materiais didáticos e cursos, tanto voltados para as licenciaturas quanto cursos de formação em serviço. Nosso enfoque é voltado para epistemologia e história dessa área de pesquisa em física, e com referenciais teóricos voltados para Transposição Didática e a Epistemologia de Bachelard. Temas de Física Moderna e Contemporânea ligados a essa área também são abordados, como a Mecânica Quântica e Teoria da Relatividade.

A popularização e difusão da Física Contemporânea é realizada como atividade do Centro de Ciências da UFJF. Há uma equipe de trabalho que já realiza atividades dessa natureza, focada em estudantes do Ensino Médio da rede de Juiz de Fora e Região. Nesse programa, nos interessa sobretudo a avaliação dessas atividades, utilizando-se duas técnicas, com diferentes objetivos: a avaliação qualitativa e a avaliação quantitativa.

A inserção da Física Moderna e Contemporânea no Ensino Médio, desenvolveremos pesquisas envolvendo a atualização curricular e a Física de Partículas e das Interações Fundamentais no Ensino Médio, desenvolvendo material didático, segundo o referencial da Transposição Didática e da Epistemologia de Bachelard. Também no âmbito desse programa, a aplicação de módulos de ensino em turmas de Ensino Médio fazendo avaliações qualitativas e quantitativas desses conteúdos.

Nessa pesquisa estão envolvidos diretamente os professores do programa do Polo de Juiz de Fora, Thales Costa Soares e Emanuel Antônio de Freitas, com colaborações de Edson E. Reinehr – UFJF.

Início

 

O seu nome (obrigatório)

O seu e-mail (obrigatório)

Assunto

A sua mensagem

Digite o código ao lado. captcha

23,272 — Últimas 24 horas: 4