UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Há quase duas décadas, peças teatrais fazem parte da rotina do Colégio João XXIII com grupo TIL

Data: 26 de setembro de 2014

TIL 2014

Anualmente 20 vagas são oferecidas aos alunos para comporem o grupo TIL

Desde 1995, o Grupo Teatro Ilimitado (TIL) vem incentivando alunos do Colégio de Aplicação João XXIII, a participarem de uma atividade extracurricular que consegue reunir, no mesmo espaço, estudantes de várias séries, permitindo uma vivência escolar mais dinâmica. Nesses momentos, os participantes têm oportunidades para se expressarem em linguagem corporal por meio de peças teatrais.

A mais recente apresentação do TIL foi “Atravessando a Ponte”, de Nati Borba, com temporada realizada durante a Semana do Estudante do Colégio de Aplicação, no mês de agosto de 2014. Está prevista, para o final do ano, a montagem da peça infantil “O Rapto das Cebolinhas”, de Maria Clara Machado.

“O teatro, como outras manifestações artísticas, é uma atividade que desenvolve as potencialidades humanas. Entendemos que é um processo com objetivo de acarretar transformações no ser humano, socializando-o e tornando-o apto para enfrentar as situações dadas pela vida, tendo como estímulo a invenção,” afirma a gestora do projeto TIL, a professora de Artes, Maria da Natividade.

IMG_3485

A última montagem, “Atravessando a Ponte”, aconteceu em agosto; para o fim do ano, eles apresentarão “O Rapto das Cebolinhas”

Dessa forma, o projeto Teatro Ilimitado trabalha com questões humanas e ambientais, com peças destinadas ao público escolar. O grupo já se apresentou em diversas instituições de ensino, palcos e espaços culturais da cidade. “O teatro na educação não é sinônimo simplesmente de ‘arte de representar’, mas significa cultura, problematização e conhecimento de si próprio, do outro e das coisas e acontecimentos do mundo,” aponta a docente.

 

Antes de abrir as cortinas

A coordenadora, Maria da Natividade, explica como é a metodologia do grupo. “Com o grupo consolidado, passa-se, então, imediatamente para a segunda etapa do trabalho, que é a de escolher e montar textos teatrais. Esta escolha, assim como a distribuição dos papéis, é sempre feita coletivamente, num processo em que todos têm voz. Trabalha-se com peças de autores diversos, além de textos escritos para o grupo e de criações coletivas.”

Anualmente são abertas 20 vagas para alunos e alunas a partir do 8º ano do Colégio de Aplicação João XXIII. A entrada do aluno é opcional e está relacionada diretamente com a existência de vaga. O grupo se reúne às segundas e às quartas-feiras, das 14 às 16 horas na Oficina Literária do próprio colégio.

 

Outras informações: (32) 3229 – 7607 (Departamento de Letras e Artes do Colégio de Aplicação João XXIII)

 

Siga a Proex nas redes sociais: FacebookTwitter