UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Linhas de Pesquisa

Você está em: Sobre o Programa > Linhas e Projetos de Pesquisas > Linhas de Pesquisa

LITERATURA, CRÍTICA E CULTURA: A linha reúne investigações voltadas para o estudo da Literatura em suas intersecções com as teorias literárias e as abordagens críticas contemporâneas, e com as múltiplas teorias da cultura, sob uma perspectiva que contemple as diferentes formas de expressão das fronteiras, das margens e dos entre-lugares, de gêneros e sexualidades, nacionalidades e deslocamentos, classes e profissões, assim como das etnias e cidadanias. A produção literária é, assim, entendida como um campo de disputa de poder, tanto no que tange aos diferentes grupos em tensão quanto às diversas formas de prática do que seriam as artes verbais. As pesquisas desenvolvidas nesta Linha enfocam a Literatura enquanto processo inserido em outras práticas culturais de (des)legitimação da alteridade.

 

LITERATURA E TRANSDISCIPLINARIDADE: Considerando que a transdisciplinaridade motiva uma nova compreensão da realidade, articulando discursos e saberes que passam entre, através e além das disciplinas, numa procura de entendimento da complexidade da existência, a presente linha tem como objetivo aprofundar as possíveis articulações transdisciplinares da literatura, visando problematizar de que modo tais articulações podem contribuir para a invenção de novas possibilidades de se compreender a existência. A linha reúne investigações sobre as relações entre Literatura e Tecnologia, bem como Literatura e Filosofia, Literatura e Psicologia, Literatura e Ciência da Religião, Literatura e Turismo, Literatura e Ciências Humanas em geral, dentre outros discursos e saberes.

 

ESTUDOS LITERÁRIOS APLICADOS: ENSINO, TRADUÇÃO E ESCRITA CRIATIVA: A linha de pesquisa denominada “Estudos Literários Aplicados: Ensino, Tradução e Escrita Criativa” abriga estudos que desenvolvem reflexões críticas e metalinguísticas em torno dos processos de ensino/aprendizagem de literatura em geral, das operações de tradução em suas vertentes interlinguística e intersemiótica e da produção de textos criativos originais. Neste sentido, considerando as artes verbais como produtoras de autonomia cidadã, as pesquisas ensejam a articulação entre teorias e práticas voltadas para a inserção da literatura nos campos didático-pedagógico e político-social, para as atividades lato sensu de tradução, recriação e adaptação e para os ofícios inerentes à criação literária em diferentes gêneros e linguagens.