UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

1992

Você está em: Sobre o Programa > Dissertações e Teses Defendidas > Dissertações Defendidas > Área de Concentração em Teoria da Literatura > 1992

Mestrando(a)

FRANCIS PAULINA LOPES SILVA

Título

“E O VERSO SE FEZ VERSO”

Orientador(a)

Profª. Drª. Nancy Campi de Castro

Ano da defesa

1992

Resumo

Este trabalho procura estudar as várias interferências dos textos da Bíblia nos poemas de Murilo Mendes, publicados entre 1930 e 1941, com base as teorias do intertexto, formuladas por Linda Hutcheon, T. S. Eliot e outros autores. O percurso criador do poeta faz-se à luz dos textos bíblicos, numa complexa teia intertextual, aqui se destacando os aspectos estruturais, os aspectos de gêneros, a visualidade e a ironia. Pela transconstextualização paródica dos textos bíblicos evidenciando os temas do caótico, do messianismo e do dualismo barroco, o poeta aproveita do Livro-Espelho, o grande código estético cultural, para a tessitura de seus versos expressos da poesia da modernidade, que transcende a Palavra bíblica. E o Verbo se fez verso.

 

Mestrando(a)

MARIA LUÍZA VIANA DIAS

Título

“A LINGUAGEM VISUAL EM SIMBÓLICO DE GRANDE ARTE, DE RUBEM FONSECA”

Orientador(a)

Prof. Dr. Pedro Pires Bessa

Ano da defesa

1992

Resumo

Estudo de A grande arte de Rubem Fonseca, no qual se procura destacar o simbólico papel das imagens, associadas a uma linguagem espetacularmente visual. Baseando-se em diversificadas linhas teóricas, ficção cumpre, assim, a sua real tarefa: a representação sacralizante e sacralizada da figura humana… do acontecer do Ser… do homem enquanto instante da História de que é história, com todos os seus desvios… Denunciados, na mais plena sordidez, os fatos, engenhosamente, constituem, enquanto manifestação artística, uma grande esfera de valores específicos, que são e serão sempre o eterno presente – A ARTE.

Voltar