UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Grupos de Pesquisa

Você está em: Sobre o Programa > Grupos de Pesquisa

Óptica Aplicada: Interferometria aplicada; Holografia; Espalhamento de ondas eletromagnéticas por micropartículas e suas aplicações na área biológica; Depleção de Vidros Polarizados; Espalhamento de ondas evanescentes e microondas. Desenvolvimento de equipamentos na área médica, pinça óptica aplicada a área biológica.

Laboratório de Física Aplicada

Laboratório de Física Aplicada

Propriedades Térmicas de Materiais: Objetiva determinar as propriedades térmicas como, por exemplo, difusividade e condutividade térmica, calor específico de materiais sólidos (semicondutores e vidros) usando a técnica de lente térmica.

 

Propriedades Ópticas e Espectroscopia da Matéria Condensada, Outras Interações da Matéria com a Radiação: Estudo das propriedades ópticas de sistemas vítreos topados com íons Terra-Raras e materiais semicondutores. São utilizadas técnicas de absorção visível e infra-vermelha, luminescência e espectroscopia Raman.

 

Propriedades ópticas e espectroscópicas do Leite: Estudo que tem por objetivo o uso de técnicas físicas e espectroscópicas no desenvolvimento de novos produtos e processos aplicados à cadeia do leite e derivados.

 

Laboratório de Espectroscopia Óptica de materiais

Laboratório de Espectroscopia Óptica de materiais

Relatividade e Gravitação: Aplica-se a interpretação causal de de Broglie-Bohm da mecânica quântica ao estudo de sistemas cosmológicos. Investiga-se possíveis trajetórias quântica em modelos de mini- e midi-superespaços.

Teoria Geral de Partículas e Campos: Estudo de vários aspectos de teoria quântica de campos em espaço-tempo curvo e gravitação quântica, com aplicações a cosmologia e física de buracos negros. As teorias de calibre são sistemas com vínculos de primeira classe. Investiga-se a obtenção dessas.

Física da Matéria Condensada: Estrutura eletrônica de moléculas orgânicas;. Investigam-se as propiedades eletrônicas de moléculas que possuem aplicações tecnológicas e biológicas. São empregados métodos ab initio, semi-empíricos e mecânica molecular. São investigados sistemas moleculares com alto grau de deslocação.Propriedades mecânicas não usuais tais como: razão de Poisson negativa, coeficiente de expansão térmica negativo,…. Os principais sistemas estudados são nanotubos de carbono e novas fases de carbono. Estudo, via simulação computacional (Dinâmica molecular de Spins e técnicas de Monte Carlo), de sistemas magnéticos de baixa dimensionalidade tanto no conteúdo de transição de fase quanto no contexto de spin. Simulação computacional de superfícies utilizando simulação computacional.

Laboratório de Simulação Computacional

Laboratório de Simulação Computacional

Teoria Quântica de Campos: Teoria Quântica de Campos Aplicada à Matéria Condensada; Quantização de excitações topológicas em teoria de campos – Estudo de excitações topológicas (kinks, vórtices, monopolos magnéticos, etc) através do formalismo de dualidade ordem-desordem; Aplicação de teoria de campos na física da matéria condensada – Estudam-se sistemas de matéria condensada tais como pólarons, polímeros, fenômenos turbulentos que possam ser descritos convenientemente por teorias quânticas de campo; Simulações numéricas em fluidos turbulentos via DNS (Direct Numerical Simulation); Teoria Quântica de Campos Fora do Equilíbrio – Estudam-se fenômenos que tenham que ser tratados em situações de não equilíbrio, como no caso da difusão de sólitons na presença de mésons, irradiação de partículas aceleradas, sistemas quânticos dissipativos.

Espalhamento de Elétrons por Moléculas: Estuda a interação de elétrons na região de energia do UV de vácuo com alvos gasosos; objetiva a obtenção de dados espectroscópicos e valores de seções de choque totais e diferenciais do espalhamento de elétrons por álcoois, moléculas da gasolina e outros poluentes ambientais. Gera dados necessários, por exemplo, para se aperfeiçoar os parâmetros de preparação da mistura ar-combustível e dos sistemas de ignição durante a partida de um motor abastecido com um álcool ou gasolina e seu funcionamento, desde que estes sistemas são governados por processos colisionais.

Laboratório de Física Atômica e Molecular

Laboratório de Física Atômica e Molecular

Impacto de Pósitrons em alvos Atômicos: Desenvolvimento de instrumentação envolvida em experimentos de impacto de pósitrons com a matéria. Objetiva o estudo da interação matéria-antimatéria, mais especificamente da interação pósitron-matéria.

 

Colisões Atômicas e Física de Superfícies: Estudo de processos de colisão de íons e elétrons com átomos e moléculas; Construção de um equipamento destinado a acelerar projéteis que irão colidir com alvos gasosos ou sólidos. Encontra-se em fase inicial a construção de um acelerador de baixa energia (até 30 KeV) destinado a acelerar íons pesados, tais como lítio, potássio, cálcio e sódio. Feixes de lítio, por exemplo, são também muito usados em sistemas de diagnóstico de plasmas, em pesquisas relacionadas com fusão baseadas em confinamento de plasmas em alta temperatura e também em técnicas de modificação (implantação iônica) e de análise de superfícies.