UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

RAFAEL MARQUES GONÇALVES

Você está em: Equipe > Corpo Discente > Mestrandos(as) > RAFAEL MARQUES GONÇALVES

(rmgoncalves@ymail.com)

Currículo Resumido

Mestrando em Educação do Programa de Pós-Graduação da UFJF. Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2007). Atualmente é Tutor à Distância do curso de Pedagogia UAB/UFJF. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação e Diversidade, atuando principalmente nos seguintes temas: educação e diversidade, educação em tempo integral, currículo e estudos da pós-modernidade.

Título do projeto de pesquisa:

PRÁTICAS COTIDIANAS NA/DA EDUCAÇÃO INTEGRAL: alternativas e potencialidades emancipatórias


Orientadora: Profª Drª Luciana Pacheco

O momento de crise e perplexidade paradigmática que a situação educacional na atualidade perpassa incita-nos a refletir sobre algumas questões. Entre elas, destaco as seguintes: Quais alternativas emancipatórias emergem, ou não, das práticas curriculares deste cotidiano? Qual o papel da escola de educação em tempo integral na construção do conhecimento histórico-social? Como fazer com que a diversidade de experiências de aprendizagem nos leve à contramão de políticas estandardizadas e homogêneas? Como o clima de colaboração e compreensão, nos espaços escolares e não escolares, pode levar a discussões, ou não, de nossas diferentes vivências e modos particulares de olhar o cotidiano?

Tais questionamentos trazem para o cenário da discussão educacional a seguinte questão: Quais as potencialidades emancipatórias nas/das práticas cotidianas no/do/com o cotidiano de uma escola em tempo integral?

Esta é a questão que trago para compor uma das minhas múltiplas redes, bem como minha pesquisa de mestrado, cujo objetivo é desinvisibilizar nas/das práticas cotidianas de uma escola de educação em tempo integral da Rede Municipal de Ensino de Juiz de Fora/MG, as possibilidades e ampliar a visibilidade dos conhecimentos produzidos pela escola, legitimando-os enquanto alternativas e potencialidades emancipatórias de educação integral.

Ver/rever o/no cotidiano de uma escola de educação em tempo integral como a questão da emancipação e suas nuances será tecida nos conhecimentos praticados, requer necessariamente um mergulho no/do/com cotidiano, tendo como centralidade os fenômenos, enigmas e revelações da(s) vida(s) cotidiana dos sujeitos e suas instituições, entre as imagens e as narrativas imagéticas, para ser possível desinvisibilizar as alternativas e potencialidades emancipatórias nas/das práticas cotidianas de uma escola em tempo integral do município de Juiz de Fora/MG

 

Programa de Pós-Graduação em Educação