UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

JULIANA CLARA PINTON

Você está em: Equipe > Corpo Discente > Mestrandos(as) > JULIANA CLARA PINTON

email: juclarajf@hotmail.com)

Currículo resumido:

Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Realizou estágio na prefeitura de Juiz de Fora, no Curso Pré-Vestibular Comunitário, na área de coordenação pedagógica. Possui experiência na área de Alfabetização, por meio da participação em um projeto de extensão- “Alfabetização e Letramento nas Séries Inicias” (UFJF). Atualmente é bolsista de Iniciação Cientifica, realiza pesquisa cujo foco investigativo é o léxico escrito encontrado em produções textuais de alunos do Ensino Fundamental. Suas áreas de interesse são: Alfabetização e Letramento, Livros Didáticos de Alfabetização e Língua Portuguesa e Formação de Professores Alfabetizadores.

Resumo do projeto de pesquisa:

OS LIVROS DIDÁTICOS NA PERSPECTIVA DO “ALFABETIZAR LETRANDO”

Profª. Orientadora: Luciane Manera Magalhães

A dinâmica do cenário educacional hoje implica constantes mudanças, seja nas políticas, nas concepções de ensino/aprendizagem, na escola, etc. Isto não é diferente nos livros didáticos. Neste sentido, esta pesquisa tem como foco os livros de alfabetização, visto que este material, com o decorrer dos anos, tem sido alvo de grandes críticas e consequentemente, reformulações. Um exemplo recente é a implantação do Ensino Fundamental de nove anos. A inserção da criança de seis anos no Ensino Fundamental refletiu na configuração dos editais do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD).

Considerando as reformulações ocorridas nas coleções didáticas, atendendo ao edital lançado pelo PNLD 2010, embasado pela implantação do Ensino Fundamental de nove anos, direciona-se esta investigação para os livros didáticos de Letramento e Alfabetização destinados às turmas de 2º ano (E.F.). Visto que estes livros chegaram às salas de aula no início de 2010. Portanto, neste novo contexto, cabe exaltar a importância desse material que busca tratar a alfabetização na perspectiva do letramento. Dessa forma, se faz pertinente a seguinte questão: Em que medida o “novo” livro didático de Letramento e Alfabetização destinado ao 2º ano do Ensino Fundamental tem contribuído  para a prática pedagógica do professor na perspectiva do alfabetizar letrando?

Este estudo é relevante uma vez que informações a respeito do material didático adotado constituem um importante artefato para que o professor possa conhecer o livro didático disponível, e usá-lo a favor de sua prática alfabetizadora. Tal aspecto também pode oferecer subsídio para que este professor possa com propriedade eleger o material com o qual realizará seu trabalho, pensando na alfabetização e no letramento numa perspectiva indissociável e nas várias possibilidades de aprendizagem que o livro pode oportunizar.

Programa de Pós-Graduação em Educação