UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

REATORES ELETRÔNICOS DE BAIXO CUSTO E BAIXA POTÊNCIA

Você está em: Produção Bibliográfica > Dissertações > 2003: 13 dissertações > REATORES ELETRÔNICOS DE BAIXO CUSTO E BAIXA POTÊNCIA

Download:

 

Área de Concentração:
Instrumentação e Controle

 

Resumo:
Este trabalho apresenta um estudo sobre reatores eletrônicos de baixo custo e baixa potência. Realiza-se inicialmente uma revisão sobre o reator eletrônico mais comum e mais vendido no mercado nacional. São analisadas e sugeridas metodologias de projeto para todas as suas etapas de funcionamento. São obtidos resultados experimentais da implementação de um protótipo alimentando uma lâmpada fluorescente de 40W. Posteriormente, realiza-se um estudo sobre o filtro valley-fill e algumas das suas principais variações destinadas ao mercado de massa. Estas topologias objetivam possuir alto fator de potência, baixa distorção harmônica e fator de crista dentro do limite recomendado pela norma brasileira. São feitas, quando possível análises matemáticas e sugeridas metodologias de projeto para todos os filtros estudados. Apresentam-se também resultados práticos obtidos da implementação de protótipos dos filtros alimentando uma lâmpada de 40W. Além disso, são realizadas comparações visando eleger uma topologia derivada do filtro valley-fill que seja mais adequada ao mercado de massa de reatores eletrônicos. Por fim, são introduzidos conceitos básicos sobre a integração de estágios de reatores eletrônicos. É feita uma revisão sobre o reator eletrônico com pré-regulador boost integrado a ponte inversora half-bridge e feitas algumas simulações de modo a ilustrar o funcionamento desta técnica