UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Núcleos de Estudo & Grupos de Pesquisa

Você está em: Pesquisa > Núcleos de Estudo & Grupos de Pesquisa

NERELPSI – Núcleo de Estudos Religião e Psique

O grupo se autocompreende como espaço para o desenvolvimento de pesquisas que relacionam a busca pelo conhecimento acerca da religião (Ciência da Religião) com a busca do conhecimento acerca da psique humana (Psicologia), através da área do saber denominada de Psicologia da Religião. Subentende-se que se trata de uma relação recíproca, onde o enfoque pode privilegiar tanto os aspectos concernentes à repercussão sobre a psique humana de elementos da religião, quanto, em sentido inverso, à influência de fatores da psique humana sobre a religião. A história do estudo acadêmico desta relação, apesar de já ter mais de um século de existência, desde as pesquisas dos pioneiros, W. James no contexto americano, e W. Wundt, no alemão, ainda é bastante incipiente no Brasil. Isto é uma oportunidade para o fomento de pesquisas que, ao mesmo tempo em que resgatam o legado científico acumulado pelas diferentes tradições europeias e norte-americanas, focam o desenvolvimento de um viés próprio voltado à riqueza do fenômeno religioso brasileiro. Significa, portanto, o incentivo a pesquisas de caráter interdisciplinar, que, ao fazerem uma discussão dos aspectos conceituais e substantivos que relacionam o estudo da religião com a psique humana e vice-versa, perguntam pela pertinência destes para a abordagem das multifacetadas manifestações religiosas no Brasil. Além da apresentação e discussão destas pesquisas no grupo, este também se ocupa com o estudo de temas transversais, que perpassam as diferentes pesquisas desenvolvidas pelos integrantes do grupo e também com o estudo de autores e obras de referência na área. E, não por último, o grupo de pesquisa incentiva à participação dos integrantes, seja através de intercâmbio ou participação em eventos, tanto em nível nacional ou internacional, em atividades que promovam a recepção da pesquisa realizada em outros centros de referência na área e que possibilitem, por outro lado, a disseminação da pesquisa realizada junto ao PPCIR da UFJF.

Professores Pesquisadores:

Dr. Sidnei Vilmar Noé

Dr.ª Tatiene Ciribelli Santos Almeida

———————————————————————————————————————————————–

NEFIR – Núcleo de Estudos em Filosofia da Religião

O grupo se entende como aglutinador de estudos na área da filosofia da religião, e espera que suas pesquisas sejam acompanhadas com interesse e divulgadas na área da filosofia e afins. No caso da filosofia da religião, por razões diversas, trata-se de uma área relativamente pouco desenvolvida no Brasil. Este é o caso não só em instituições e centros de estudos de filosofia, mas também nos de teologia.
Os membros do grupo consideram, portanto, haver aí um déficit, por exemplo na comparação com redes de ensino e pesquisa em países da Europa (sobretudo na Alemanha e Reino Unido, mas também nos países escandinavos e na Itália). A fim de contribuir para a diminuição deste déficit, o grupo pretende criar condições, num sentido amplo (e com abertura para diversas tendências filosóficas, mas também teológicas no sentido acadêmico do termo), para a familiarização e aprofundamento de debates conceituais e substantivos sobre a religião e temas a ela relacionados, como por exemplo os temas de Deus, da definição do fenômeno religioso e do estatuto da experiência religiosa.
Professores Membros:
Dr. Eduardo Gross
Dr. Frederico Pieper Pires
Dr. Luís Henrique Dreher
Dr. Jonas Roos
Dr. Paulo Afonso de Araújo
Dr. Sidnei Vilmar Noé

———————————————————————————————————————————————–

NEMIC – Núcleo de Estudos em Religião e Mística Comparada

Este grupo de pesquisa visa o estudo das religiões privilegiando a relação de proximidade e diferença entre elas, através de distintas perspectivas metodológicas. São igualmente enfatizados os estudos de mística comparada, tendo em vista sua importância no âmbito do diálogo inter-religioso.
Professores Membros:
Dr. Dilip Loundo
Dr. Faustino Luiz Couto Teixeira
Dr. Volney José Berkenbrock
Dr. Wilmar do Valle Barbosa
Dr. Zwinglio Mota Dias

———————————————————————————————————————————————–

NEPROTES – Núcleo de Estudos em Protestantismos e Teologias

———————————————————————————————————————————————–

NERFI – Núcleo de Estudos “Religiões e Filosofias da Índia”

O Grupo de Pesquisa RELIGIÕES E FILOSOFIAS DA ÍNDIA tem por objetivo a investigação sistemática da pluralidade de tradições religiosas e filosóficas que se desenvolveram no subcontinente indiano ao longo de mais de quatro mil anos. Tal investigação compreende, por um lado, (i) o estudo de práticas rituais e devocionais, narrativas mitológicas, sistemas de moralidade, e produções artísticas; (ii) e, por outro, a reflexão em torno dos princípios metafísicos, ontológicos, lógicos, éticos e estéticos que caracterizam a especulação filosófica, de caráter cognitivo e soteriológico, das principais escolas de pensamento, viz., Vedanta, Samkhya, Nyaya, Vaisesika, Yoga, Mimamsa, Jainismo, Budismo, Charvaka e Vyakarana. Dentre as fontes de investigação, destacam-se as narrativas originalmente escritas em sânscrito tais como (i) os Veda(s), Dharma-Sastras, Mahabharata e Ramayana, a literatura erótico-devocional, as fábulas do Pancatantra, as peças de teatro (natakas); (ii) e os Upanisads, sutras budistas e jainistas, e todas a literatura comentarial. Além destas, destacam-se, ainda, as fontes textuais modernas e contemporâneas de caráter sócio-antropológico, histórico e literário. São três as vertentes básicas de orientação metodológica: (i) hermenêutica, que fundamenta a leitura intertextual das obras em sânscrito; comparativa, que traz à tona as correlações com outras tradições religiosas e filosóficas, em especial, a européia e a latino-americana (brasileira); e histórico-crítica, que empreende a revisão crítica dos fatores coloniais e neo-coloniais (orientalistas) que condicionam as produções modernas e contemporâneas de caráter acadêmico e não-acadêmico. 
Professores Membros:
Dr. Dilip Loundo

———————————————————————————————————————————————–

NERCS – Núcleo de Estudos em Religião, Cultura e Sociedade

O núcleo de pesquisa tem como objetivo a investigação das características e dinâmica dos fenômenos religiosos no Brasil. Considerando a importância da religião para a compreensão dos processos sociais, busca-se analisar as interfaces entre religião e sociedade brasileira na contemporaneidade e no contexto dos processos históricos de formação das diversas tradições religiosas.
Professores Membros:
Dr. Arnaldo Érico Huff Júnior
Dr. Émerson José Sena da Silveira
Dr. Marcelo Ayres Camurça Lima
Dr. Robert Daibert Júnior

———————————————————————————————————————————————–

REDUGE – Grupo de Pesquisa em Religião, Educação e Gênero

Coordenadora: Profª. Drª. Elisa Rodrigues

O Grupo de Pesquisa REDUGE reúne professores, pesquisadores e estudantes interessados nos temas RELIGIÃO, EDUCAÇÃO E GÊNERO, em nível de pós-graduação e graduação (bacharelado e licenciatura). O objetivo desse grupo é propor e desenvolver pesquisas que investiguem a relação entre religião, educação e gênero enquanto linguagens que resultam em ações sociais, com efeitos na e para a sociedade brasileira. Parte-se do pressuposto que tanto as teorias de religião como as teorias de gênero constituem importantes aparatos teóricos e metodológicos para a compreensão do fenômeno religioso no campo empírico. Isto, no que tange ao seu movimento no sentido de interpelar a sociedade (esfera pública) fornecendo-lhe, de um lado, símbolos, imagens e noções que resultarão efeitos para a política, as artes, o mercado, o consumo, etc. e, de outro lado, códigos de usos e costumes que substanciarão a construção das cosmovisões e das corporalidades dos sujeitos (esfera privada), sejam religiosos ou não. Postula-se inicialmente que entre o fenômeno religioso e as questões de gênero, os limites sejam demarcados pela educação, aqui entendida tanto como um processo formativo, quanto como uma instituição. Neste sentido, são questões que importam a esse coletivo de estudos as que orbitam em torno da relação entre religião, educação e gênero, especialmente, em razão dos recentes problemas envolvendo sujeitos religiosos no espaço público contestando direitos da população LGBTT. Especificamente, perguntamo-nos a respeito dos discursos religiosos que tem sustentado ações de rejeição, hostilidade e intolerâncias em relação à população LGBTT: quais são os fundamentos religiosos que sustentam tais práticas? Em que medida tais fundamentos influem sobre o entendimento de tais sujeitos religiosos sobre o uso de seus próprios corpos e de outros não-religiosos? Que conjunto de preceitos religiosos sustenta a construção de suas identidades de gênero e por quais motivos tal construção se impõe como padrão inegociável? Tendo em vista essa problematização, por fim, interessa-nos debater ainda como tais questões se espraiam ao ponto de chegarem aos sistemas públicos de educação, seja por meio da comunidade escolar, seja por meio da administração escolar, classe docente e ou a discente. As questões de gênero tanto quanto as diversidades étnico-religiosas constituem temas sensíveis sobre os quais comunidade escolar e classe docente evitam tratamento. A ausência de tratamento específico é identificável nos currículos e na própria formação docente, razões que são reivindicadas para justificar o não debate de temas como: diferenças socioeconômicas no ambiente escolar, preconceito racial, invisibilização das religiões afro-brasileiras, das espíritas, das esotéricas, das multi-pertenças religiosas e ou agnosticismos e ateísmos. Considerando que está prevista a oferta do componente curricular Ensino Religioso (ER), propomos situar essa discussão no âmbito dessa disciplina tomando como perspectiva sua recente aproximação dos estudos de religião realizados na academia brasileira de Ciência(s) da Religião (CRE), cujo conjunto de instrumentos teóricos e metodológicos tem sido tomado como área de referência para a discussão sobre a natureza de um ER não confessional e, portanto, escolar, em conformidade com o que indica a Lei (artigo 210, da Constituição/1988; artigo 33, da LDB/1997).

-Professores membros:

Elisa Rodrigues

Sandra Duarte

Roney Polatto

-Doutores e Doutorandos: 

Marcela Máximo

Ana Beatriz Vilhena

Ana Luíza Gouvêa Neto

Tania Alice de Oliveira

Nathália Martins

-Mestres e Mestrandos:

Paulo Victor Zaquieu Higino 

Iuri Nunes
Renan da Cruz Maciel 

Programa de Pós-Graduação em Ciência da Religião