UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Campo Religioso Brasileiro

Você está em: Pesquisa > Campo Religioso Brasileiro

DESCRIÇÃO DA LINHA DE PESQUISA:

Visa mapear, tipologizar e conceituar as características e dinâmicas das diversas religiões e religiosidades nas suas interações dentro do chamado campo religioso brasileiro. Busca também investigar numa perspectiva histórica, as transformações ocorridas na interface entre religião, sociedade e cultura, dentro da sociedade brasileira ou na sua comparação com outros contextos.

———————————————————————————————————————————————–

Projetos:

———————————————————————————————————————————————–

Catolicismo e Sociedade

O projeto pretende dentro de um enfoque sociológico e antropológico compreender o catolicismo no país dentro do contexto contemporâneo. Visa analisar as transformações ocorridas no seu seio, através do estudo de suas correntes e movimentos como, as CEB’s, a renovação carismática, etc., assim como a influência de estilos e tecnologias contemporâneas (midia, internet, corporalidade, mercado e consumo religioso, turismo, a ecologia) na sua dinâmica. Visa também examinar os rebatimentos para dentro do catolicismo de idéias e costumes que grassam na modernidade: secularização, subjetivismo, cientificismo, neo-esoterismo, (ou sua contraface fundamentalista), que se expressam nos “novos movimentos religiosos” e pentecostalismos. Este projeto busca também compreender, dentro de uma perspectiva histórica, as diversas correntes do pensamento católico na modernidade e o papel da igreja católica dentro do processo social e político do país. Visa compreender as principais “formas de ser igreja”: padroado, catolicismo popular, reforma tridentina, romanização, igreja pós-conciliar do Vaticano II, teologia da libertação.
EQUIPE:
Pesquisadores:
Prof. Dr. Marcelo Ayres Camurça Lima (responsável)
Profª. Drª. Beatriz Helena Domingues
Prof. Dr. Émerson José Sena da Silveira
Prof. Dr. Faustino Luiz Couto Teixeira
Prof. Dr. Robert Daibert Júnior
Prof. Dr. Rodrigo Portella
Prof. Dr. Volney José Berkenbrock
Alunos:
Maria Goretti Lanna

———————————————————————————————————————————————–

Identidade e tradição no movimento espírita e religiões afro-brasileiras

Este projeto visa estudar o espiritismo/kardecismo e as religiões afro-brasileiras em relação com a sociedade brasileira. Busca detectar questões relativas às cosmologias, imaginário, construção identitária e processos de legitimação social dessas religiões. A perspectiva histórica também é contemplada através da investigação das controvérsias sobre a gênese, as relações institucionais e interinstitucionais, assim como as práticas cotidianas que constituíram a realidade do espiritismo/kardecismo e das religiões afro-brasileiras.

EQUIPE:
Pesquisadores:
Prof. Dr. Robert Daibert Júnior (responsável)
Prof. Dr. Marcelo Ayres Camurça Lima
Prof. Dr. Volney José Berkenbrock
Alunos:

———————————————————————————————————————————————–

Pluralismo Religioso e sociedade contemporânea

Este projeto visa investigar a gênese, a organização e a dinâmica de movimentos religiosos marcados por novos estilos de espiritualidade (new age, movimentos esotéricos, orientalismos, novos xamanismos, etc.), bem como de “novas” religiões no âmbito da tradição religiosa brasileira (islã, budismo,etc.). Essa perspectiva desdobra-se em duas abordagens possíveis: a especificidade dessas novas experiências e identidades religiosas e/ou as suas interfaces com o campo das religiões institucionais.

EQUIPE:
Pesquisadores:
Prof. Dr. Émerson José Sena da Silveira (responsável)
Profª. Drª. Elisa Rodrigues
Prof. Dr. Marcelo Ayres Camurça
Prof. Dr. Rodrigo Portella
Alunos:
Ana Luiza Gouvea Neto
Julio Cesar Tavares Dias

———————————————————————————————————————————————–

Protestantismo e Pentecostalismo – Sociedade e História

Busca levantar numa perspectiva histórica a gênese e o desenvolvimento das correntes protestantes e pentecostais no país. Contempla tanto estudos dos perfis do protestantismo dito histórico (luteranos, metodistas, presbiterianos), quanto os pentecostais mais antigos (Assembléia de Deus) e os chamados neopentecostais (Igreja Universal do Reino de Deus). A abordagem visa tanto a relação destas confissões dentro do contexto cultural e social do país, quanto a inserção delas no campo religioso nacional.

EQUIPE:
Pesquisadores:
Prof. Dr. Zwinglio Mota Dias (responsável)
Prof. Dr. Arnaldo Érico Huff Júnior
Profª. Drª. Beatriz Helena Domingues
Prof. Dr. Faustino Luiz Couto Teixeira
Prof. Dr. Marcelo Ayres Camurça Lima
Alunos:
Élio Roberto Pinto Santiago Filho

Programa de Pós-Graduação em Ciência da Religião