UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Atividade de Pesquisa – Avaliação do grau de conhecimento dos Cirurgiões-Dentistas sobre a implicação legal das radiografias digitais.

Você está em: Atividades > Atividades de Pesquisa > Atividade de Pesquisa – Avaliação do grau de conhecimento dos Cirurgiões-Dentistas sobre a implicação legal das radiografias digitais.

Área da Atividade: Radiologia Odontológica

Professor Orientador: Karina Lopes Devito

Integrantes Relacionados: Israel Moreira Paradela

Justificativa: A radiografia é um dos métodos mais utilizados atualmente em odontologia e sofreu grandes avanços nos últimos tempos. As radiografias digitais tem ganhado espaço hoje em dia e surgiram aliadas ao avanço da microeletrônica e da informática, junto a redução no custo de equipamentos computacionais. Podem ser ser obtidas por método indireto, semi-direto ou direto. Possuem incontestáveis vantagens sobre a radiografia convencional, permitindo menor incidência de radiação, reconhecimento de algumas estruturas e restaurações, visualização imediata da radiografia, dispensa do método químico de revelação, entre outros. O mais relevante é que há uma série de ferramentas para estas radiografias, permitindo sua modificação, o que leva a entraves jurídicos. A área jurídica sofre alguns avanços neste último século, mas ela possui dificuldade em acompanhar outras evoluções, como a digitalização dos documentos. As radiografias constituem documentos que fazem parte do prontuário do CD, sujeitando-se as regras dos documentos eletrônicos. Mecanismos de defesa vêm sendo implementados para evitar imagens fraudulentas, porém estas são difíceis de serem identificadas, inclusive por radiologistas, levando ao problema jurídico das radiografias digitais. A ética e idoneidade do CD são questionadas diante de imagens fraudulentas, devendo-se haver um cuidado maior diante de radiografias digitais. Diante do exposto, o presente estudo apresenta relevância devido a periculosidade dos sistemas de radiografias digitais, por mais que sejam vantajosos. O CD deve estar preparado quando estiver lidando com estes sistemas, porém não se sabe se ele possui conhecimento adequado sobre as radiografias digitais fraudulentas e suas consequências jurídicas. O trabalho, portanto, possui sua importância na avaliação deste conhecimento sobre os sistemas digitais.

Objetivos: O trabalho tem como objetivo avaliar o conhecimento do CD e acadêmicos possuem conhecimento adequado sobre as radiografias digitais e sua implicação legal e se ambos possuem capacidade de se esquivar de manipulações fraudulentas, reconhecendo imagens alteradas digitalmente.

Metodologia: O trabalho pretende abordar de maneira quantitativa os dados a serem avaliados. Os materiais utilizados para tal serão um questionário e dezesseis radiografias (oito originais e oito modificadas). A população abordada compõe-se de quatro grupos distintos: acadêmicos que recentemente cursaram aulas de radiologia, acadêmicos no final do curso e profissionais atuantes há pelo menos cinco anos, sendo especialistas em radiologia e especialistas em outras áreas. Os quatro grupos submeter-se-ão ao questionário e a avaliação das radiografias. O questionário aplicado procura avaliar o conhecimento tanto do acadêmico como do CD sobre as implicações legais das radiografias digitais. A primeira parte do questionário busca avaliar a qualificação do entrevistado. Se graduado, deverá ser avaliado o tempo de formação e especialidade e se em graduação, deverá ser avaliado se está no último período de graduação ou se cursou recentemente a disciplina de radiologia. A segunda parte do questionário permite avaliar o grau de conhecimento sobre as implicações legais que cercam as radiografias. A população amostral será, ainda, submetida a exame radiográfico para verificar se CD e acadêmicos possuem conhecimento para diferenciar a imagem original da imagem manipulada. Estas imagens serão montadas em apresentação do programa Microsoft Powerpoint e apresentadas em oito grupos de duas, cada grupo conterá a imagem original e a imagem fraudulenta, dando um tempo de dois minutos para cada grupo de radiografias. Ao final do exame, o acadêmico, sem o conhecimento do indivíduo avaliado, contará o número de acertos.

Resultados Alcançados com a Atividade: Através da análise dos dados pretende-se descobrir que apesar do conhecimento gerado na graduação e na vida prática, o acadêmico e o CD não possui as ferramentas necessárias para diferenciar a imagem original da imagem modificada. Além disso, pretende-se descobrir que o Cirurgião-Dentista e o acadêmico possuem conhecimento limitado sobre a legalidade que circunda as radiografias digitais. Apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso.

Outras Atividades Relacionadas: Apresentação de Painéis: Impactos Legais da Radiologia Digital e Treinamento Profissional em Radiologia Odontológica e Aspectos Legais das Radiografias Digitais: Extensão e Pesquisa; Extensão: Treinamento Profissional em Radiologia Odontológica.

Opinião do PET: “A pesquisa permitiu aliar duas áreas que são aparentemente distantes, o Direito e a Odontologia. Este estudo deve permitir maior seriedade na manipulação de documentos relacionados a pacientes, caso das radiografias digitais”.

PET Odonto