UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

BANCO DE NOTICIAS: Categoria – Outros

Você está em: Bancos de dados > Dinâmicas urbana e regional em cidades médias > Habitação em Juiz de Fora > BANCO DE NOTICIAS: Categoria - Outros

Categoria: Outros
Publicação Local do Evento RU Atores envolvidos Título Fonte Resumo
14/01/05 Juiz de Fora _ Faculdade de Economia e Administração da UFJF; Sindicato das Indústrias da Construção Civil Construir fica 12,6 % mais caro na cidade Jornal Tribuna de Minas; Economia 5 O Custo Unitário Básico (CUB) e, JF fechou o ano de 2004 cotado a R$ 662,58 por metro quadrado. O valor representa alta de R$ 12,6 % nos últimos 12 meses.
05/03/05 Juiz de Fora _ Emcasa; Diretoria de Política Social; Fundação João Pinheiro 60 mil juizforanos vivem abaixo da linha da pobreza Jornal Tribuna de Minas; Geral 3 Segundo dados da Emcasa, 10.229 famílias vivem em total precariedade, enquanto outras 9.625 habitam casas que necessitam de reformas urgentes. A cidade conta com um déficit habitacional de cerca de 20 mil moradias.
04/01/07 Milho Branco Francisco Bernardino Secretaria de Política Urbana (SPU); Emcasa Ruas ficam intransitáveis no período de chuva Jornal Tribuna de Minas; Serviços 6 Todo ano moradores do milho branco, convivem com a lama, lixo e mau cheiro na porta da casa. As vias sem pavimentação e rede de captação de água pluvial ficam intransitáveis nesse período chuvoso. Segundo um morador, “se chove o problema é lama, e quando seca é a poeira.” Há dois anos eles pedem providencias, mas a comunidade ainda não foi atendida. As obras não resistem a época de chuvas e os entulhos se acumulam nas margens das ruas sem calçamento e coleta de lixo. “A prioridade é urbanizar toda a área que, há cinco anos, sofre com a ocupação das famílias. A região precisa de asfalto e captação de água para evitar transtornos nas ruas afetadas pela chuva”, informou o presidente pró-melhoramento (spm) do bairro Milho Branco. A assessoria da Secretaria de Política Urbana (SPU) informou que aguarda a regularização da área ocupada para viabilizar a infra-estrutura. O terreno ocupado pertence à prefeitura. A assessoria da Em casa ressaltou que a regulamentação da área está sendo providenciada.
17/01/07 Vila Fortaleza Linhares Sociedade Pró-Melhoramentos da Vila Fortaleza; Gettran; Secretaria de Política Urbana; Demlurb Comunidade reivindica melhorias na infra-estrutura Jornal Tribuna de Minas; Serviços 8 Comunidade enfrenta problemas como ruas sem pavimentação, lixo acumulado, falta de ônibus e falta de rede de captação de água. Quando chove a água entra nas residências. Segundo o presidente da SPM, várias solicitações e audiências públicas já foram realizadas, mas o problema persiste.
19/01/07 Terras Altas Santo Antônio Moradores do bairro; Cesama; Cemig; Gettran Comunidade reivindica obras de infra-estrutura Jornal Tribuna de Minas; Serviços 8 Famílias vivem em condições precárias de infra-estrutura das moradias e ausência de serviços públicos básicos. As ruas não possuem iluminação pública, não há coleta de lixo e os moradores dependem do caminhão pipa para usar a água que não chega as residências.
19/06/07 Juiz de Fora _ Sindicato da Construção Civil; UFJF Construir em JF fica mais barato em maio Jornal Tribuna de Minas; Geral 6 O Custo Unitário Básico (CUB) da construção civil em JF caiu 0,88% em maio. A redução foi puxada pela queda do dólar.
23/08/07 Juiz de fora _ Ministério do Trabalho e Emprego Setor impacta emprego formal e cresce 8,16% Jornal Tribuna de Minas; Economia 7 Apesar de o setor de serviços responder pelo maior número de postos criados em 2007, a maior variação ficou com a construção civil. No país o setor bateu recorde de expansão, com crescimento de 8,62%, melhor desempenho dos últimos 15 anos.
11/11/07 Juiz de fora _ Centro de Pesquisa Social da UFJF; IBGE Submoradias saltam de 8270 para 13262 em JF Jornal Tribuna de Minas; Geral 3 A ameaça de favelização é realidade em JF. A cidade tinha 8270 habitações subnormais em 2000 e em 2006, 13262. Um salto de 62%. O dado está no mapeamento sobre déficit habitacional, apurado pela prefeitura. As áreas de especial interesse social (Aeis) ou  moradias subnormais são locais onde tem carência de água, esgoto, luz e coleta de lixo, faltando um ou todos os itens. Para o IBGE, no entanto, não pode ser consideradas favelas. A favela consiste em aglomerado subnormal ou em um conjunto de pelo menos 50 unidades habitacionais, ocupando terrenos de propriedades alheias, disposto de forma desordenada, densa e carente de serviços públicos. O estudo da UFJF mostra que mais de 13 mil famílias vivem de forma precária no município. A cidade tem quase 140 pontos distintos com submoradias; a maioria não conta com regularização fundiária.
24/04/08 Juiz de Fora _ Prefeitura de Juiz de Fora Imóveis e lotes abandonados preocupam vizinhos Jornal Tribuna de Minas; Geral 5 Casarões abandonados e lotes vagos sem manutenção tem se transformado em criadouros do mosquito da dengue em JF e preocupado moradores do entorno. Relatos de moradores de várias regiões são sempre os mesmos: casas abandonadas, lotes baldios e o temor do contágio.
01/06/08 Rua Francisco Bernardino-Centro; Bairú; Santa Luzia; Jardim Glória Centro; Bairú; Santa Luzia; Jardim Glória Moradores do entorno; Unesco; Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS); Polícia Militar Prédios e casarões abandonados levam medo a vizinhança Jornal Tribuna de Minas; Geral 5 Obras paradas e imóveis abandonados têm gerado medo e preocupação nos moradores do entorno, uma vez que estão sendo usados como abrigo para andarilhos e ponto de consumo de drogas atos ilícitos. Segundo a Unesco e o MDS, na cidade 607 pessoas estão em situação de rua. Além disso, construções abandonadas favorecem o surgimento de focos de mosquitos.
06/08/08 Juiz de Fora _ Juizforanos locatários de imóveis e estudantes universitários. IPGP-M pressiona, e alugueis sobem até 25% Jornal Tribuna de Minas; Economia 3 Os aumentos já estão chegando a 25%. Além da forte pressão da demanda, verificada com o início do período letivo em muitas faculdades, o mercado sente o impacto do Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), que serve de base para a negociação dos contratos.
20/08/08 São Geraldo; Providenciários São Geraldo Líderes comunitários e moradores; Câmara dos Vereadores Comunidade reivindica melhorias Jornal Tribuna de Minas; Geral 4 Os problemas dos bairros São Geraldo e Previdenciários foram tema de audiência pública na Câmara dos Vereadores. Moradores reclamam dos sistemas de água e esgoto, da falta de limpeza, recolhimento de lixo, segurança, reivindica mais uma linha de ônibus e uma UBS.
19/09/08 Terras Altas Santo Antônio Comunidade Comunidade do Terras Altas denuncia falta de água e de iluminação Jornal Tribuna de Minas; Serviços 10 A comunidade está insatisfeita com os serviços de água e iluminação. Famílias que moram nas partes mais altas do bairro estão sem água. Além disso, muitos postes de iluminação que foram instalados estão sem luminária.
23/09/08 Terras Altas Santo Antônio Cesama Abastecimento de água no Terras Altas depende de conclusão de obras Jornal Tribuna de Minas; serviços 3 A Cesama informa que aguarda a conclusão das obras de responsabilidade do proprietário do loteamento para realizar os últimos ajustes técnicos e liberar por completo o fornecimento de água.
30/09/08 Terras Altas Santo Antônio Cemig Iluminação pública no Terras Altas não cabe à empresa Jornal Tribuna de Minas; Serviços 8 A Cemig alega que a responsabilidade pela instalação de iluminação pública na área é do loteador e/ou da administração municipal, não cabendo à empresa a realização dessas obras.
28/09/08 Juiz de Fora _ Centro de Pesquisas Sociais da UFJF 144 áreas com infra-estrutura falha ou inexistente Jornal Tribuna de Minas; Voto e Cidadania 2 Atualmente existem 144 áreas de habitação subnormal, nome atribuído a locais onde há carência de água, esgoto, energia elétrica e coleta de lixo, além de irregularidade fundiária. O crescimento das áreas carentes está diretamente relacionado à ausência de política municipal de habitação. Por não ter vinculação orçamentária constitucional, como educação e saúde, a habitação ocupa os últimos lugares na fila de prioridades políticas.
28/09/08 Ponte Preta Benfiica Famílias que residem na ocupação Juizforanos que não sabem quem são o prefeito e o presisente Jornal Tribuna de Minas; Voto e Cidadania 2 A ocupação localizada no bairro Ponte Preta exibe um dos piores retratos da cidade. Sem iluminação pública, captação de esgoto e água tratada, as famílias residentes nos 17 domicílios vivem uma rotina de exclusão.
22/11/08 Juiz de fora _ Prefeitura de Juiz de Fora; Câmara Municipal PJF corrige IPTU em 6,25% e acaba com isenções Jornal Tribuna de Minas; Política 3 O percentual de 6,25% de reajuste no IPTU, que é referente à inflação dos últimos 12 meses calculada com base no IPCA, faz parte da planta de valores da proposta encaminhada à Câmara. O texto prevê ainda o fim da isenção de 99% concedida para imóveis localizados nos bairros Linhares, Santa Lúcia e Industrial. Foram feitas ainda outras atualizações de valores.
26/11/08 Linhares; Santa Lúcia;  Industrial Linhares; Nova Era;  Industrial Câmara Municipal; Sociedade Independente Amigos dos Bairros da Zona Norte e Distritos de Juiz de Fora; Moradores pressionam para manter isenção Jornal Tribuna de Minas; Política 7 Foi protocolado o primeiro protesto contra o cancelamento do desconto de 99% do IPTU para imóveis localizados nos bairros Linhares, Santa Lúcia e Industrial.
11/12/08 Juiz de Fora _ Câmara Municipal; Sociedade Independente Amigos dos Bairros da Zona Norte e Distritos de Juiz de Fora; Associação Pró-Melhoramentos do Linhares Câmara aumenta IPTU em 6,25%, mas rejeita isenções Jornal Tribuna de Minas; Política 3 Agora é oficial. O IPTU de Juiz de Fora estará 6,25% mais caro em 2009. Em alguns loteamentos da Cidade Alta e terrenos da AV. Deusdedith Salgado o aumento será de até 50%. A maior polêmica do assunto gira em torno do fim da isenção para 99% dos imóveis dos bairros Linhares, Santa Lúcia e Industrial.
05/01/11 Juiz de Fora _ Associação Juizforana de Administradoras de Imóveis (Ajadi) Aluguéis até 15% mais caros este ano em JF Jornal Tribuna de Minas; Economia 3 A alta do Índice Geral de Preços-Mercado (IPG-M), que fechou o ano em 11,32% está pressionando não só os contratos em vigor, mas também os preços cobrados nas novas locações. Segundo (Ajadi), mesmo com uma oferta razoável de imóveis no mercado esta época do ano, os preços já estão cerca de 15% mais altos que os praticados no último ano. O aumento pode chegar a 25% dependendo do perfil do imóvel e de sua localização.
13/02/11 Juiz de Fora _ Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci/JF); Sindicato da Indústria da Construção Civil de Juiz de Fora (Sinduscon) Terrenos valorizam mais de 100% Jornal Tribuna de Minas; Economia 3 O setor de terrenos enfrenta um momento de supervalorização. Algumas áreas da cidade tiveram um aumento de até 100% na comparação entre fevereiro deste ano e o mesmo mês do ano passado. Maiores altas do preço médio do metro quadrado ocorrem em bairros nobres. O crescimento dos preços não é linear. Os valores em bairros da periferia cresceram, mas em proporção bem menor. Os preços de terrenos já estão refletindo nos valores dos imóveis. O grande aumento, de certa forma, prejudica o setor imobiliário.

NuGea – Núcleo de Pesquisa Geografia, Espaço e Ação