UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Seminários

Você está em: Eventos > Seminários

Neste primeiro semestre de 2018, as palestras ocorrerão a cada quinze dias nas terças-feiras às 13h, no Auditório do Departamento de Matemática.

 

Próximas Palestras:

Local: Auditório do DM-UFJF
Data: 14 de junho de 2018 (quinta-feira) às 14h00
Título: Como uma superficie de Anosov pode achar o caminho da curvatura negativa?
Prof. Dr. Rafael Ruggiero (PUC-Rio)
Resumo:

A teoria do fluxo de Ricci permite mostrar que existe um caminho de métricas Riemannianas entre qualquer superficie compacta de genus >1 e uma estrutura de curvatura negativa. Durante esta “viagem” porém, as metricas podem visitar várias vezes o conjunto das métricas com regiões de curvatura positiva. Se a superficie inicial tiver um fluxo geodésico de Anosov, o fluxo de Ricci não garante que todo o caminho de métricas definido pelo fluxo seja de métricas de Anosov. Em trabalho mais recente, Dan Jane e R. Ruggiero aplicaram o fluxo de Ricci-Yang-Mills para achar caminhos de Anosov a partir de uma superficie sem pontos focais, de forma a reduzir as regiões de curvatura positiva. Apresentamos uma nova forma bem mais simples de obter estes caminhos, o que permite alguns casos eliminar totalmente a curvatura positiva.

 

Local: S404 – ICE – Prédio Reuni – UFJF
Data: 19 de junho de 2018 às 13h00
Título: The Multiscale Perturbation Method for Reservoir Simulation
Prof. Dr. Felipe Pereira (The University of Texas at Dallas, USA)
Resumo:

In the formulation of multiscale methods based on domain decomposition procedures for second order elliptic equations (see MMMFEM[1], MuMM[2], MRC[3], MHM[4] and references therein), the computational domain is divided into non-overlapping subdomains and for each subdomain a set of multiscale basis function is constructed. Consider the application of one of these procedures to the numerical solution of a multiphase porous media flow problem where, through an operator splitting algorithm, the velocity-pressure and transport equations are solved sequentially. From a time step to the next the multiscale basis functions should be recomputed because of the coupling of the underlying PDEs. Instead of recomputing all multiscale basis functions every time step of a numerical solution we propose the Multiscale Perturbation Method (MPM). In MPM an approximate solution of velocity and pressure for a new time is obtained by combining regular perturbation theory with multiscale basis functions computed in an earlier time. We focus the discussion on the MuMM, but the proposed method is also applicable to the other multiscale procedures mentioned above. The connection of MPM with state-of-the-art uncertainty quantification procedures will also be indicated. This is joint work with A. Alsadig, H. Mankad (UT Dallas, USA) and F. S. Sousa (USP, Brazil).

References:
[1] T. Arbogast et.al. Multiscale Model Simul., 6(1):319–346, 2007.
[2] A. Francisco et. al. Math. Comput. Simul., 99:125–138, 2014.
[3] R. Guiraldello et. al. J. Comput. Phys., 355:1–21, 2018.
[4] R. Araya et. al. SIAM J. on Numer. Anal., 51(6):30505–3531, 2013.

 

Gostaríamos convidar a todos os interessados em apresentar um seminário de divulgação da sua área, contatar a comissão por e-mail.

 

Comissão organizadora:

Lucy Takahashi

Magno Alves

Mário Carneiro

Reginaldo Braz

Jordan Lambert

Veja também: 2018, 2017, 2016, 2015, 2014.