UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Patente é concedida a Professores do PPG Leite e Derivados

Data: 11 de junho de 2018

Uma invenção de pesquisadores da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) teve sua patente concedida pelo Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (Inpi) nesta terça-feira, 5. O aparelho Milktech, utilizado para identificar adulteração no leite e similares, foi desenvolvido por professores do Departamento de Física, e aguardava pela concessão de patente desde novembro de 2008.

Após dez anos, foi concedida a patente definitiva do aparelho inventado pelos professores Maria José Bell, Virgílio de Carvalho e Wesley Gonçalves (atualmente Prof. no Campus UFJF-GV)

O setor de Proteção ao Conhecimento da UFJF soma 117 depósitos de patentes. Esta, primeira patente concedida, foi desenvolvida, a partir do estudo “Técnicas para verificação da porcentagem de água no leite”.

O Milktech possibilita que o comprador verifique se houve adulteração no leite por adição de água ou de outros reconstituintes. O aparelho tem um preço bem mais acessível e é portátil e conta com bateria recarregável, podendo ser levado ao tanque de expansão onde, comumente, são feitas adulterações no leite.

Até então, habitualmente se utiliza o crioscópio, que tem apenas a possibilidade de checar o acréscimo de água no leite. Já o Milktech é capaz de detectar a presença de outras substâncias tais como sal, açúcar, álcool, soda cáustica e água oxigenada.

 

 

http://www.ufjf.br/critt/2018/06/06/patente-e-concedida-a-pesquisadores-da-ufjf/

 

 

Patente

Mestrado Prof. em Ciência e Tecnologia do Leite e Derivados