UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Histórico

Você está em: Institucional > Histórico

O Departamento de Matemática (DM) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) foi criado em decorrência da Lei nº 5540 de 28 de novembro de 1968, a Lei da Reforma Universitária. A UFJF foi a primeira instituição federal de ensino superior a se adaptar às exigências da referida lei.

 

A UFJF, com um procedimento não usual em termos de serviço público, agregou a FAFILE (Faculdade de Filosofia e Letras), instituiu o regime de créditos, os Institutos básicos, as Coordenações de Cursos e unificou os diversos Departamentos nos Institutos, de acordo com as especificidades das disciplinas.

 

Assim, em março de 1969, os alunos aprovados nos vestibulares realizados pelas Faculdades foram matriculados nos Institutos básicos: Instituto de Ciências Humanas e Letras (ICHL), Instituto de Ciências Biológicas e Geociências (ICBG) e Instituto de Ciências Exatas (ICE).

 

O DM foi o produto da integração dos Departamentos de Matemática das Faculdades de Economia, Engenharia e FAFILE. O objetivo primordial do novo Departamento era ministrar as disciplinas de conteúdos matemático para outros cursos.

 

A Licenciatura do Curso de Matemática foi criada na UFJF no ano de 1975, conforme decreto nº 75512 de 19/03/1975. Em 1987, foram criados o Curso de Bacharelado em Matemática e a modalidade informática, dentro deste curso. No ano de 1995, o antigo Departamento de Matemática se desmembrou em dois: Departamento de Matemática e Departamento de Ciência da Computação; ficando, no Departamento de Matemática, apenas os professores ligados ao ensino de disciplinas com conteúdo matemático.

 

No ano de 1998, em virtude de várias aposentadorias, o Departamento de Matemática da UFJF teve uma renovação no seu quadro docente e passou a ser formado por 17 (dezessete) professores efetivos, sendo: 1 (um) Doutor, 12 (doze) Mestres e 4 (quatro) Especialistas. Diante deste novo perfil, o Departamento decidiu investir na capacitação de seus professores e, de 2000 a 2008, 11 (onze) professores obtiveram o título de Doutor, encerrando assim um ciclo de capacitação. Além disso, desde 2002, todos os concursos para a contratação de professores foram realizados na classe de Adjunto em nível de Doutorado.