UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Livros

Você está em: Publicações > Livros

Arqueologia e Patrimônio da Zona da Mata Mineira: São João Nepomuceno

 

Arqueologia e Patrimônio da Zona da Mata Mineira: São João Nepomuceno / Organização de Ana Paula Loures de Oliveira — Juiz de Fora: Editar, 2004

 

——————————————————————————-

ÍNDICE

Arqueologia e Patrimônio na Zona da Mata Mineira: São João Nepomuceno

Ana Paula de Paula Loures de Oliveira

Representações Sociais, Patrimônio Arqueológico e Arqueologia Pública

Rossano Lopes Bastos

Caminhos e Descaminhos da Etnohistória na Zona da Mata Mineira

Maria Cecília dos Santos Ribeiro Simões

Os Indígenas da Zona da Mata Mineira: Contribuições Etnohistóricas, Etnográficas e Arqueológicas

Ana Paula de Paula Loures de Oliveira

Terra e Trabalho no Processo de Ocupação da Zona da Mata Mineira

Mônica Ribeiro de Oliveira

São João Nepomuceno Na História, Fazendo História

José Carlos Barroso

Primeiros Aportes Sobre as Prospecções Arqueológicas no Sítio Primavera – São João Nepomuceno/Mg

Ana Paula de Paula Loures de Oliveira

Resultados Preliminares da Tecnotipologia do Sítio Arqueológico Primavera

Ângelo Alves Correa

Reconstrução Ambiental Através de Análise Palinológica: Sítio Arqueológico Primavera, São João Nepomuceno-Mg

Márcia Aguiar de Barros; Luiz Eduardo Uberti São Thiago; Ortrud Monika Barth

Flora e Vegetação de um Sítio Arqueológico na Serra dos Núcleos, São João Nepomuceno, MG-BR

Ricardo Montianele de Castro; Arthur Sérgio Mouço Valente; Ricardo Oliveira Garcia; Daniel Salgado Pifano; Kelly Antunes; Fátima Regina Gonçalves Salimena

Programa de Educação Patrimonial: Oficinas com Crianças do Ensino Fundamental da Rede Pública Municipal de São João Nepomuceno

Alencar Miranda Amaral; Lívia Carvalho da Fonseca

Educação Patrimonial em São João Nepomuceno: da Materialidade e Experiência Estética à Autonomia

Luciane Monteiro Oliveira

Sítios Arqueológicos da Zona da Mata Mineira

Ana Paula de Paula Loures de Oliveira

APÊNDICE

Os Sertões dos Esquecidos: uma Abordagem Etnohistórica sobre os Indígenas da Zona da Mata Mineira

Alencar Miranda Amaral

Patrimônio e Identidade: as Possibilidades de Desenvolvimento Turístico na Zona da Mata Mineira – São João Nepomuceno

Ana Beatriz Borges Serpa

Estudo Tecnotipológico do Sítio Arqueológico Primavera

Ângelo Alves Correa; Vinicius Melquiades dos Santos

Geoprocessamento Aplicado à Arqueologia: um Estudo de Caso – Sítio Primavera

Danielle Gomes Samia

A Produção do Sentido: o Legado Indígena na Zona Rural do Município de São João Nepomuceno e os Discursos do Patrimônio e da Memória

Daniel Roberto dos Reis Silva

Consciência Patrimonial em São João Nepomuceno

Lívia Carvalho da Fonseca

Memórias Indígena e Negra na Zona da Mata Mineira

Verlan Valle Gaspar Neto

DEPOIMENTOS

PREFÁCIO

É com grande prazer que apresento o primeiro volume de uma série sobre arqueologia e patrimônio na Zona Da Mata Mineira, publicado pela equipe de pesquisadores do Museu de Arqueologia e Etnologia Americana da Universidade Federal de Juiz De Fora.

Com muita simpatia vejo nascer este grupo de trabalho, a segunda equipe de arqueologia a surgir em nosso estado, que ora apresenta os primeiros resultados das suas pesquisas. Minas Gerais precisa que se multipliquem os centros de pesquisa em arqueologia, num momento em que o patrimônio histórico e pré-histórico vem sendo destruído ou descaracterizado de maneira acelerada.

As autoridades do Município de São João Nepomuceno estão de parabéns por ter acolhido e encorajado os pesquisadores, que retribuíram colocando à disposição do público uma reflexão sobre as origens da população regional. Fizeram-no junto ao público infantil através de exposições, preparando uma revisão dos manuais escolares ao explicitar o papel das populações indígenas nas raízes culturais da população; e junto à comunidade científica, cercê a presente publicação.

Ao irem para as escolas, os membros da equipe inseriram a arqueologia dentro do quotidiano dos habitantes de São João Nepomuceno, retificando a idéia comum que, infelizmente, liga a disciplina a ações espetaculares em países mediterrâneos. Deste modo, atualizaram as lições da arqueologia e forneceram às crianças um recuo crítico frente aos textos escolares que teimam em desconhecer a herança pluriétnica e pluricultural do povo brasileiro.

Enquanto a maioria dos arqueólogos passa a dedicar-se à arqueologia de contrato, é fundamental que os pesquisadores universitários retomem as pesquisas com preocupação acadêmica. Desta forma, a Universidade Federal de Juiz de Fora está de parabéns por abrigar o trabalho de uma equipe jovem e dinâmica, consciente do papel que deve desempenhar na sociedade. Equipe que não pretende desenvolver apenas descrição de sítios ou artefatos, mas entender o passado dentro do meio em que viveram os primeiros habitantes da região. Unindo seu esforço aos de pesquisadores das áreas de geociências e de biologia, os arqueólogos evidenciam seu propósito de não se fechar numa perspectiva simplesmente técnica, mas de realizar uma verdadeira pesquisa científica abrangente e pluridisciplinar. ao trabalhar junto com uma nova geração de historiadores e etnohistoriadores, a equipe ajuda a questionar a arrogância dos historiadores tradicionais que se recusam a dar valor aos testemunhos orais, como se apenas os textos fossem dignos de crédito e passíveis de serem criticados ou interpretados.

Esperamos que esta publicação seja apenas a primeira de uma longa série e que o exemplo de Juiz de Fora encoraje as demais grandes universidades do estado a investir em arqueologia regional, numa perspectiva crítica e humanista.

Prof. Dr. André Prous

Museu De História Natural – UFMG

Vice Presidente Da Sociedade De Arqueologia Brasileira

——————————————————————————-

Como adquirir o livro:

Depósito em conta corrente da importância de R$ 21,00 em nome de:

Ana Paula de Paula Loures de Oliveira.

Banco do Brasil, agência nº 2995-5

Conta nº 39669-9.

Remeter cópia do recibo bancário por fax (032)3229-3785 ou pelo e-mail maea@ufjf.edu.br

Obs: Tão logo seja confirmada a realização do depósito em conta corrente, o livro será remetido ao endereço especificado pelo comprador, sem cobrança da taxa de postagem.

 

Museu de Arqueologia e Etnologia Americana