UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Prof. José Maria de Carvalho Filho

Você está em: Institucional > Membros das Instituições > UNIFEI > Prof. José Maria de Carvalho Filho

E-mail: jmaria@unifei.edu.br

Telefone: (35) 3629-1406

Curriculum: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4700306A6

 

Titulação:

Mestre em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Itajubá (1996) e Doutor em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Itajubá (2000).

 

Áreas de Atuação:

1. Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Elétrica / Subárea: Sistemas Elétricos de Potência / Especialidade: Transmissão da Energia Elétrica, Distribuição da Energia Elétrica.

 2. Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Elétrica / Subárea: Sistemas Elétricos de Potência / Especialidade: Instalações Elétricas e Industriais.

 3. Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Elétrica / Subárea: Sistemas Elétricos de Potência / Especialidade: Medição, Controle, Correção e Proteção de Sistemas Elétricos de Potência.

 4. Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Matemática.

 5. Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Elétrica.

 

Mini-Currículo:

Possui mestrado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Itajubá (1996) e doutorado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Itajubá (2000). Atualmente é professor associado da Universidade Federal de Itajubá. Tem experiência na área de Engenharia Elétrica, atuando principalmente nos seguintes temas: qualidade da energia elétrica, VTCDs, afundamentos de tensão, proteção de sistemas elétricos de distribuição e industriais. Atualmente é Coordenador do Curso de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica da Universidade Federal de Itajubá e coordenador do Grupo de Estudos em Qualidade da Energia Elétrica – GQEE.

 

Projetos de Pesquisa:

2010 – Atual – Proposição de Padrões de Referência para Indicadores de Variações de Tensão de Curta Duração em Sistemas de Distribuição

 

Descrição: O principal objetivo deste projeto é propor padrões de referência para os indicadores de Variações de Tensão de Curta Duração – VTCDs para os sistemas de distribuição da ESCELSA e da BANDEIRANTE. Com esta finalidade será utilizado como projeto piloto o sistema da Regional Norte da ESCELSA, constituído de 27 subestações de distribuição, 96 alimentadores e 25.769 km de linhas de distribuição e Regionais Guarulhos e São José dos Campos da BANDEIRANTE. Vale ressaltar que a proposição de tais padrões terá como base resultados de medição e de simulação de VTCDs além de registros de reclamações de consumidores..

Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Alunos envolvidos: Graduação ( 2) / Mestrado acadêmico ( 2) / Doutorado ( 2) .

Integrantes: Jose Policarpo G. Abreu – Integrante / Thiago Clé de Oliveira – Integrante / Jacques Miranda Filho – Integrante / José Maria de Carvalho Filho – Coordenador.

Financiador(es): Bandeirante Energia S/A – Auxílio financeiro / Espírito Santo Centrais Elétricas – Auxílio financeiro..

2006 – 2008 – Desenvolvimento de Novos Critérios para Análise de Desempenho de Linhas de Transmissão Baseado nas Perdas de Carga por Afundamentos de Tensão

 

Descrição: Este projeto visa propor novos critérios de avaliação do desempenho de linhas de transmissão baseado nos tipos de afundamentos de tensão (AMTs) e nas perdas de carga decorrentes. Também é objetivo do projeto quantificar tanto a perda de carga bem como os custos associados às ocorrências de AMTs no sistema de transmissão da CEMIG..

Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Alunos envolvidos: Graduação ( 2) / Mestrado acadêmico ( 2) / Doutorado ( 1) .

Integrantes: Jose Policarpo G. Abreu – Integrante / Thiago Clé de Oliveira – Integrante / Jeder Francisco de Oliveira – Integrante / José Maria de Carvalho Filho – Coordenador.

Financiador(es): Centrais Elétricas de Minas Gerais – Auxílio financeiro / Universidade Federal de Itajubá – Cooperação.

Número de produções C, T & A: 4 / Número de orientações: 1.

2002 – 2004 – Análise da Propagação de Afundamentos de Tensão em Sistemas Elétricos.

 

Descrição: Este projeto de P&D tem por objetivo realizar a análise de propagação de afundamentos de tensão em sistema elétricos tomando como base resultados de medição e de simulação. Pretende-se ao final deste projeto obter a compreensão dos mecanismos de propagação vertical e horizontal do fenômeno, bem como identificar os principais fatores/parâmetros do sistema elétrico que atenuem ou amplifiquem afundamentos de tensão. Adicionalmente, será realizada a validação dos modelos matemáticos atualmente utilizados para a simulação de afundamentos tensão. .

Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Alunos envolvidos: Graduação ( 1) / Mestrado acadêmico ( 2) .

Integrantes: Jose Policarpo G. Abreu – Integrante / Thiago Clé de Oliveira – Integrante / Eder Garcia Caetano Novaes – Integrante / José Maria de Carvalho Filho – Coordenador.

Financiador(es): Centrais Elétricas Matogrossenses – Remuneração / Universidade Federal de Itajubá – Cooperação.

Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 2.

2002 – 2004 – Desenvolvimento de Software para Execução de Estudos Estratégicos Envolvendo Afundamentos de Tensão.

 

Descrição: Este projeto de P&D tem por objetivo desenvolver um software para a realização de estudos estratégicos envolvendo a simulação de afundamentos de tensão na rede elétrica, tendo como base os dados de topologia da rede, estatísticas de taxa de falta em linhas de transmissão e distribuição, dados do sistema de proteção e sensibilidade dos equipamentos/processos industriais. A disponibilização do software ora proposto permitirá a análise de diversos cenários do conjunto suprimento-processo industrial, orientar a priorização de investimentos para aumentar a eficiência do setor elétrico, estabelecer estudos de viabilidade técnico-econômica de alternativas para solução ou minimização do impacto de afundamentos de tensão sobre consumidores tais como: Melhorias no sistema de proteção da concessionária; Melhoria da performance dos alimentadores, visando reduzir as taxas de falta; Alterações de configuração operacional do sistema de fornecimento e/ou suprimento; Proceder redespachos de carga para melhorar as condições de tensão pré-falta; Proceder a alteração de taps de operação de transformadores; Instalação de condicionadores de energia tanto por parte da concessionária, como por parte do consumidor; .

Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.

Alunos envolvidos: Graduação ( 2) / Mestrado acadêmico ( 2) / Doutorado ( 1) .

Integrantes: Jose Policarpo G. Abreu – Coordenador / Thiago Clé de Oliveira – Integrante / Otávio Augusto Salgado Carpinteiro – Integrante / Carlos Bernardes Rosa Junior – Integrante / Fábio Augusto Oliveira – Integrante / José Maria de Carvalho Filho – Integrante.

Financiador(es): LIGHT Serviços de Eletricidade S/A – Remuneração / Universidade Federal de Itajubá – Cooperação.

Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 1.

2001 – 2003 – Desenvolvimento de Uma Metodologia para Caracterização da Sensibilidade de Cargas/Processos Industriais Frente a Afundamentos de Tensão

 

Descrição: O objetivo deste projeto é o desenvolvimento de uma metodologia para caracterização da sensibilidade das cargas/processos industriais frente a afundamentos de tensão a partir de dados de medições e de levantamento de campo. O conhecimento da sensibilidade das cargas/processos industriais torna-se essencial para se estudar medidas mitigadoras para a solução dos problemas associados a afundamentos de tensão, tanto do lado da concessionária quanto do consumidor. Com base nos dados de sensibilidade das cargas/processos pode-se priorizar os investimentos, aumentar a eficiência do setor elétrico e por extensão o rendimento das atividades produtivas dos consumidores possuidores de cargas sensíveis .

Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Alunos envolvidos: Graduação ( 1) / Mestrado acadêmico ( 1) .

Integrantes: Jose Policarpo G. Abreu – Integrante / Thiago Clé de Oliveira – Integrante / Roberto Chouhy Leborgne – Integrante / José Maria de Carvalho Filho – Coordenador.

Financiador(es): Departamento Municipal de Eletricidade de Poços de Caldas – Remuneração.

Número de produções C, T & A: 4.