UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Proposta e objetivos

Você está em: Inicial > Proposta e objetivos

HISTÓRIA E PROPOSTA

O curso de especialização “Relações de gênero e sexualidades: perspectivas interdisciplinares” foi pensando a partir das demandas advindas de diversas atividades de formação – extensão, pesquisa, ensino, eventos, etc., nas quais as/os participantes demandavam uma análise mais qualificada dos fenômenos socioculturais e históricos que envolvem as categorias gênero e sexualidade e outras delas derivadas. Tais demandas estão relacionadas ao trabalho de docentes da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), cujas ações no ensino, na pesquisa e na extensão vêm fomentando o debate e ajudando a construir um campo interdisciplinar de conhecimento – os estudos de gênero e sexualidade. A origem do curso está associada, sobretudo, à história do GESED – grupo de estudos e pesquisas em Gênero, Sexualidade, Educação e Diversidade, vinculado à Faculdade de Educação da UFJF, grupo que vem fomentando esse debate na UFJF há oito anos.

A proposta deste curso foi sendo tramada no diálogo com docentes da UFJF que atuam no ensino, pesquisa e extensão com as questões que envolvem relações de gênero e sexualidades. Portanto, o subtítulo “perspectivas interdisciplinares” diz de um movimento para articular múltiplas visões em torno das relações de gênero e sexualidades. Assim, as discussões perpassarão: educação, saúde, cultura visual, filosofia, linguagem, antropologia, turismo, interseccionalidade, religiosidade, entre outros campos/temas de trabalho.

OBJETIVOS DO CURSO

– Discutir aportes teóricos básicos para a compreensão das relações de gênero e sexualidades e suas interfaces com diversas áreas de conhecimento, considerando os aspectos sociais, culturais e históricos;

– Ampliar a formação de licenciados, licenciadas e bacharéis nas áreas de ciências humanas, sociais e saúde no que tange às relações de gênero e sexualidades;

– Discutir relações de gênero e sexualidades em suas interseccionalidades com raça, etnia, classe, religião, geração etc.;

– Problematizar as relações de gênero e sexualidades no contexto sócio-político atual.

 

Relações de gênero e sexualidades: perspectivas interdisciplinares