UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Presépios

Você está em: Museu > Presépios

Presépio em cerâmica pintada, autoria de Edneide Vitalino - Alto do Moura (PE)

Presépio em cerâmica pintada, autoria de Edneide Vitalino – Alto do Moura (PE)

 

Presépio na Caixa de fósforo, da Bolívia

Presépio na Caixa de fósforo, da Bolívia

Em 1988, o prof. Antônio Weitzel iniciou uma série de exposições de presépios que, ao longo dos anos, tornaram-se tradição, recapitulando o feito de S. Francisco de Assis, que buscou, com a montagem do presépio, difundir o culto ao menino Jesus e inaugurou, com esta representação, um tema popular do sagrado, que se tornou um ícone para a cultura cristã.

 

A coleção conta, hoje, com 42 conjuntos, feitos em materiais diversos. A procedência é variada. Existem presépios italianos, portugueses, bolivianos, equatorianos e de muitas regiões do brasil. O material utilizado revela a criatidade do universo popular, em especial, do brasileiro. Uns são anônimos, outros não.

 

Presépio em semente e palha de milho, autoria de Doralice Horn - Rio Negro (PR)

Presépio em semente e palha de milho, autoria de Doralice Horn – Rio Negro (PR)

De Piúma (ES) veio o presépio feito de conchas e corais, da artesã Nilce Bayert Taylor. Cícero Campos, de Divinópolis (MG), criou a Lapinha, com bolas de gude. Existem peças de muitos tamanhos, desde miniaturas, como uma obra boliviana feita em cerâmica, dentro de uma caixa de fósforos, a objetos maiores, como o de Elizabeth Silva, de Nova Era (MG) esculpida em braúna.