UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Museu

Você está em: Museu

Água-de-beber_MCP

O Museu de Cultura Popular tem sua origem na obra do Prof. Wilson de Lima Bastos, criador do Centro de Estudos Sociológicos em 6 de junho de 1962.

Neste centro foi fundado, em 26 de janeiro de 1963, o Departamento de Folclore que criou o Museu do Folclore, em 12 de março de 1965, data do centenário do folclorista Lindolfo Gomes, patrono do Museu.

Em 12 de março de 1973, o Museu transferiu-se para o Forum da Cultura com exposição permanente do acervo. Em 30 de setembro de 1987, o museu foi doado à UFJF.

Nesta data, o Prof. Dr. Antônio Henrique Weitzel assumiu o legado, iniciando o registro de tombamento das peças, e dando continuidade a promoções de cursos, seminários e mostras.

O trabalho desenvolvido no Museu do Folclore, a partir de 1997, sob a administração do prof. José Luiz Ribeiro integrou de forma holística outras atividades realizadas no Forum da Cultura. A ação possibilitou um aumento substancial de visitas às exposições. A política de difusão cultural motivada pela extensão, aprofundou relações com escolas, com a comunidade juiz forana e de cidades vizinhas, despertando o interesse do público.Exposição-Folclore-Brasileiro

A programação anual segue a inspiração dos meses do ano e as manifestações de cultura popular celebradas topicamente. Assim, cada comemoração ritual é relembrada através das exposições e das obras expostas, permitindo ao visitante um contato com o fazer popular. Celebrando divindades, santos ou folguedos, o Museu aviva a memória de Minas Gerais e do Brasil.

Veja também: Acervo, Presépios.